A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

15/09/2015 09:35

Tradicional restaurante japonês gera renda na cidade e no campo

Pequeno negócio de Dourados torna-se fonte de empregos e desenvolvimento local. O Movimento Compre do Pequeno Negócio busca ampliar essas redes que criam bem-estar social

Da Redação
Família Utida (Foto: Divulgação)Família Utida (Foto: Divulgação)

Até alguns anos atrás, apreciar a culinária japonesa era algo restrito aos shoppings centers e restaurantes que pareciam “doer no bolso” só de olhar. Foi então que ocorreu o boom dos estabelecimentos especializados em temakis, sushis e sashimis, oferecendo uma imensa variedade de combinações e, especialmente, a modalidade de rodízios. Hoje, a impressão é que se pode encontrar um desses estabelecimentos em cada rua ou esquina, cenário que não é mais exclusivo das grandes cidades.

Veja Mais
Dia das Crianças vai movimentar R$ 146 milhões com R$ 119 por presente
Endividamento das famílias cresce e atinge 58,2%, mostra pesquisa

Como em todo boom econômico, há sempre os pioneiros que acreditam em uma ideia e arriscam para construir um negócio cujo mercado ainda não está consolidado. Há sete anos, em Dourados-MS, a culinária oriental passava longe de se popularizar quando a família Utida decidiu investir no setor e inaugurou o Utida Sushi Bar e Restaurante, alicerçado em um novo conceito de serviço, com pratos criados do jeito tradicional, mas com um toque moderno da alta gastronomia.

Produtos de qualidade que encantam (Foto: Divulgação)Produtos de qualidade que encantam (Foto: Divulgação)

O gerente comercial Douglas Utida conta que o negócio começou atendendo a cerca de 500 pessoas por mês, com o serviço apenas no próprio restaurante. “Hoje atendemos de 3 mil a 4 mil clientes, inclusive com os serviços de entrega em domicílio e buffet em eventos. Temos pratos que fazem muito sucesso, como o uramaki Utida e grelhados como salmão ao molho de maracujá e salmão na crosta de amêndoas”, diz.

De negócio familiar, do qual vivem seis pessoas, o restaurante emprega atualmente mais 25 pessoas, além de outros pequenos negócios que se beneficiam com o empreendimento. “Compramos nossos hortifrúti de pequenos produtores rurais da região e nossa carne também é adquirida de estabelecimentos localizados nos arredores do restaurante”, afirma Douglas, enfatizando a dimensão da rede de compra e venda criada pelos menores negócios, envolvendo pessoas da cidade e do campo.

Utida Sushi Bar - Dourados (Foto: Divulgação)Utida Sushi Bar - Dourados (Foto: Divulgação)

Depois de acreditar em um negócio enquanto ainda estava longe dos holofotes e ver sua empresa familiar crescer junto com um segmento inteiro, o gerente não tem dúvida: “No cenário atual, são os pequenos negócios que têm sustentado os números da economia brasileira, pois somos nós que ainda estamos contratando e mantendo os empregos. Os pequenos negócios se ajudam mutuamente”. Para ele, iniciativas como o Movimento Compre do Pequeno Negócio, do Sebrae, são fundamentais para manter firme a disposição dos proprietários de pequenos empreendimentos para ampliar os negócios.

Compre do Pequeno

Se você também é um micro ou pequeno empresário, assim como a família Utida, participe do Movimento Compre do Pequeno Negócio e ajude a difundir a importância dessa escolha para a economia de seu bairro ou região. Acesse www.compredopequeno.com.br e cadastre-se gratuitamente para receber o material completo da campanha e ainda divulgar sua marca.

Incentivando as pessoas a fortalecer cada vez mais os negócios de sua própria região, a iniciativa do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) busca também encorajar outras pessoas a empreender e manter viva a economia brasileira. A data oficial do movimento é 5 de outubro, quando se comemora o Dia da Micro e Pequena Empresa.

Endividamento das famílias cresce e atinge 58,2%, mostra pesquisa
O endividamento das famílias brasileiras aumentou 0,2 ponto percentual de agosto para setembro deste ano, atingindo 58,2%. Apesar do ligeiro crescime...
Taxa de juros do cheque especial bate novo recorde: 321,1% ao ano
A taxa de juros do cheque especial subiu em agosto. De acordo com informações do Banco Central (BC), divulgados hoje (28), em Brasília, a taxa do che...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions