A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

03/12/2013 16:48

Governo libera R$ 1,8 milhão para construir sede da academia de Letras

Lidiane Kober
Solenidade de assinatura do convênio contou com a presença de colaboradores e membros da Academia (Foto: Edemir Rodrigues)Solenidade de assinatura do convênio contou com a presença de colaboradores e membros da Academia (Foto: Edemir Rodrigues)

O governador André Puccinelli (PMDB) assinou, nesta terça-feira (3), convênio e liberou R$ 1,8 milhão para a edificação da sede da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (ASL). O prédio, de 559,51 metros quadrados, será construído em terreno no Bairro São Francisco. A obra deverá iniciar até a primeira quinzena do mês de janeiro de 2014 com previsão de término em novembro.

A solenidade de assinatura do convênio contou com a presença de colaboradores e membros da Academia que, há pelo menos 42 anos, aguardavam a construção do espaço. “Significa um dia de glória, porque finalmente a Academia terá a sua sede”, disse a professora e escritora Glorinha de Sá Rosa. “A gente só vale na vida se valorizar os bens como a cultura e a educação”, completou.

A alegria foi compartilhada pelo colega e membro da Academia, Abrão Razuk. “É um momento de rara felicidade. Um sonho muito antigo porque vai mudar tudo, uma vez que a nossa sede, na Rua Rui Barbosa, é precária e não dá para receber nem o grande público. Só o auditório que nós vimos na planta receberá tranquilamente 200 pessoas, bem como terá um estacionamento para proteção dos veículos”, destacou.

Para o governador André Puccinelli, o fato de a solenidade ser prestigiada por tantas pessoas demonstra a expectativa de todos na construção da sede própria da Academia. “Tem coisas que o simbolismo é maior”, comentou.

Na opinião do diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros, a “obra ficará para a história e edifica a literatura, os nossos escritores, aqueles que são responsáveis pela codificação da nossa história e que se responsabilizam pela memória do nosso Estado”. “A literatura e a leitura são caminhos fundamentais para a consolidação da cidadania, então esse momento é plenamente histórico para o Estado”, completou.

Grupos de teatro se mobilizam no Paço pela implantação do Sistema de Cultura
Coletivos da Cultura de Campo Grande protestaram no final da manhã desta quarta-feira (11), em frente ao Paço Municipal, pela implantação do Sistema ...
Fundação abre inscrições para atrações de MS no Festival de Bonito
A Fundação de Cultura do Governo do Estado abriu inscrições para selecionar espetáculos musicais e cênicos de Mato Grosso do Sul para compor a progra...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions