A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

10/01/2017 17:50

Morenão está 90% pronto e espera 30 mil pessoas na abertura do Estadual

Paulo Nonato de Souza e Amanda Bogo
Marcos Tavares, dirigente da FFMS, aposta na liberação do Estádio Morenão para o Estadual 2017 (Foto: Alcides Neto)Marcos Tavares, dirigente da FFMS, aposta na liberação do Estádio Morenão para o Estadual 2017 (Foto: Alcides Neto)

O vice-presidente e diretor de Competições da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Marcos Tavares, disse esta tarde ao Campo Grande News que o Estádio Morenão, interditado desde setembro de 2014 pelo Ministério Público Estadual, está com 90% das obras de readequação já concluídas e deverá ser reaberto na próxima semana para receber jogos do Campeonato Estadual de 2017 com início no dia 28 deste mês.

“Vamos ter 30 mil ingressos à venda, 15 mil para o jogo do Operário no dia 28, sábado, contra o Clube União, e mais 15 mil para o jogo do Comercial no dia 29, contra o Novoperário, e todos serão vendidos”, prevê Tavares.

Segundo ele, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar vistoriaram o estádio nesta terça-feira e as duas instituições ficaram de entregar seus laudos no máximo até sexta-feira.

Marcos Tavares destacou que 35 pessoas estão trabalhando das 7h da manhã as 22h desde o dia 2 de dezembro de 2016 para atender todos os itens das exigências do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária.

“Está faltando apenas a numeração das cadeiras e da arquibancada, porque agora tudo tem que ser numerado, e a colocação de grandes para separar as torcidas. Estamos mexendo também no gramado, trabalhando no nivelamento com a colocação de areia, dedetizando para matar formigas e cupins, e molhando a grama pelo menos duas vezes por semana”, comentou Marcos Tavares.

O dirigente da FFMS garantiu que todos os itens das exigências do Corpo de Bombeiros e da PM foram avaliados hoje por seus representantes, como as condições dos hidrantes, altura de corrimão e dos guarda-corpos, iluminação e sinalização de segurança.

“O Bombeiros deve fechar o laudo em 48 horas, e a PM ficou de voltar na sexta-feira para verificar a instalação das grades que separam torcidas e o funcionamento das câmeras de segurança, mas deve fechar o lauda dela no mesmo dia”, disse.

Interditado pelo MPE desde 2014, o Estádio Morenão está recebendo nova roupagem (Foto: Alcides Neto)Interditado pelo MPE desde 2014, o Estádio Morenão está recebendo nova roupagem (Foto: Alcides Neto)

Amanhã, será a vez da vistoria da Vigilância Sanitária nas condições dos vestiários, banheiros dos torcedores e imprensa, cestos de lixo, saboneteira e equipamentos para papel higiênico.

“Com todos os laudos em mãos a nossa intenção é fazer o encaminhamento para o Ministério Público Estadual na segunda-feira. Como tudo está sendo feito dentro das normas de segurança previstas no Estatuto do Torcedor, conforme exigências do MPE, nós estamos seguros da liberação do Morenão já na próxima semana”, afirmou Tavares.

Pelo cronograma das obras, anunciado no dia da assinatura do acordo de parceria entre a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) e Fundesporte, dia 01 de dezembro de 2016, a previsão é liberar 16 mil lugares no estádio (quatro mil cadeiras e 12 mil arquibancada).

Esperando a liberação do Morenão, mandantes têm plano B para o Estadual
As obras de reparo no Estádio Morenão seguem o cronograma, e a meta é que tudo esteja pronto até o início do Campeonato Estadual do próximo ano. Mesm...
Santos tropeça outra vez e fica só no empate sem gols com o Ituano
Após duas derrotas seguidas, o Santos voltou a tropeçar jogando pelo Paulistão e ficou apenas no empate sem gols contra o Ituano, no estádio Novelli ...
No Morumbi, São Paulo vence o São Bento por 3 a 2; Pratto faz dois
O São Paulo se isolou na liderança do Grupo B do Paulistão ao ganhar do São Bento por 3 a 2 na noite desta terça-feira (21), no estadio do Morumbi. O...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions