A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

04/03/2013 08:29

“Maravilha de Kinkan” é a melhor em concurso de receitas com laranjinhas

Helton Verão
Com três camadas e uma trufa, a vencedora pretende incluir o prato em seu cardápio a partir de agora (Fotos: Helton Verão)Com três camadas e uma trufa, a vencedora pretende incluir o prato em seu cardápio a partir de agora (Fotos: Helton Verão)

O concurso começou no Facebook, mas virou coisa séria. Depois do “apelo” da artista plástica Ana Ruas, por receitas para aproveitar a colheita abundante no quintal de laranjinhas Kinkans, um grupo de "especialistas" elegeu no domingo (03) a "Maravilha de Kinkan”, da Chef Suzane Vismara, como o melhor prato com a fruta.

Veja Mais
Fruta sobra no quintal e dona do pé lança concurso para aprender receitas
Parque das Nações terá Jota Quest de graça, além de Curimba e Bella Xu

A ideia surgiu após a postagem da foto com a seguinte dúvida: “O que fazer com 6 kg, ou seja, 462 laranjinhas kinkans?”, minutos depois, muitas receitas e recomendações de amigos, em seguida o concurso foi bolado.

“Criei o regulamento e está aqui o resultado, seis concorrentes foram julgados por cinco jurados nos quesitos apresentação do prato; harmonia dos sabores e ingredientes; preservação da Kinkan e o mais saboroso”, explica Ana Ruas.

 

Todas as receitas apresentadas pelos participantes.Todas as receitas apresentadas pelos participantes.

Além do prato vencedor, a “Maravilha de Kinkan”, também concorreram a “Compota a Risoleta de Kinkan”, o “Doce Kinkan e Anis”, o “Kinkan em Caldas”, a “Laranjinha Maravilha” e o “Cup Cake de Kinkan”.

Entre os autores dos pratos, somente a vencedora Suzane é especialista na produção de doces. Os demais concorrentes trouxeram experiências e lembranças de família para o concurso.

“Vi a foto e comentei para a Ana para fazermos o doce e racharmos, em seguida veio o concurso. Lembrei da receita de minha avó, que usava a calda da laranjinha, mas acabei errando. Então aproveitei a casca para fazer uma receita muito boa para apreciar com sorvete de creme”, conta o engenheiro civil, autor do prato “Compota a Risoleta de Kinkan”, Aroldo Abussafi Figueiró.

Outra participante, a empresária Maria Elisa Marques, diz ser especialista em salgados, mas gostou da ideia do concurso e pesquisou para fazer a “Laranjinha Maravilha”. “Eu não tinha a mínima ideia do que fazer. Conversei com pessoas especialistas em doces e me recomendaram o melhor a fazer com as Kinkans. Deixei três dias de molho para tirar a acidez da fruta”, descreve.

Se incluir ao seu cardápio, Suzane calcula o custo de cada porção do prato de R$ 8 e para comercializar entre R$ 15 e R$ 20Se incluir ao seu cardápio, Suzane calcula o custo de cada porção do prato de R$ 8 e para comercializar entre R$ 15 e R$ 20

A vencedora Suzane, conta que ficou sabendo do concurso pelo Lado B e que pensou em um prato com três camadas que envolvesse a Kinkan. “A última camada pensei em algo semelhante a um brownie, a do meio de bavarois, que é parecida com a textura de pudim. A camada de cima é uma espécie de geléia, todas com o sabor da laranjinha e por fim uma trufa de chocolate”, apresenta a Chef, que pretende incluir a receita em seu cardápio a partir de agora.

Com 530 pontos a “Maravilha de Kinkan” venceu com boa diferença para os demais concorrentes. Em segundo ficou o “Kinkan em Caldas”, de Cláudia Pael, com 480 pontos e em terceiro a “Laranjinha Maravilha” de Maria Elisa, com 470 pontos.

O prêmio do concurso foi uma tela produzida pela dona do pé de laranjinhas Kinkans, Ana Ruas. Também foi sorteado entre os participantes um exemplar do livro “Sabores do Serrado e do Pantanal”.

Um dos autores do livro foi, inclusive, jurado, o biólogo Paulo Róbson de Sousa. Ele ficou entusiasmado com a iniciativa de Ana Ruas e considera a gastronomia uma das formas principais de se fazer cultura. “É uma forma de promover a interação entre as pessoas. Ninguem veio aqui por prêmio”, celebra o biólogo.

A “Fortunella Margarita S.” é mais conhecida por laranjinha “Kinkan” tem origem da Ásia. As flores são semelhantes às das laranjeiras. Podem se apresentar solitárias ou em conjunto com até quatro flores, durante a primavera até o verão.

O quilo da Kinkan em Campo Grande é comercializado por cerca de R$ 40 a R$ 45. O Lado B irá sortear no Facebook um quilo da fruta para quem quiser reproduzir a receita. O modo de preparar e a lista de ingredientes é repassada pela própria Suzane. Veja:

RECEITA: MARAVILHA DE KINKAN
SUZANE VISMARA

1ª ETAPA: Doce de Kinkan
200 g de kinkan
200 ml de água
100g de açúcar
2 cravos (opcional)

Modo de preparo
1) Higienizar as kinkans, secar e flambar com um pouco de álcool, deixar de molho por 2
horas;
2) Coe e faça um corte no centro;
3) Colocar as kinkans em uma panela com 200 ml de água até que fiquem macias;
4) Coar as kinkans acrescentar o açúcar e 50 ml de água, deixar cozinhar em fogo baixo
até virar um doce;
5) Para virar geleia bata no liquidificador as laranjinhas já prontas e leve para cozinhar
até aparecer o fundo da panela.

2ª ETAPA: Base de Brownie de Kinkan

Ingredientes
80g de manteiga
50 g de chocolate derretido
70 g de açúcar mascavo
20 g de açúcar refinado
2 gemas
25 g de farinha de trigo
5 g de chocolate em pó
2 claras em neve
40g de doce de kinkan em pedaços
Manteiga para untar

Modo de fazer:
1) Preaquecer o forno a 180°;
2) Misturar com o batedor a manteiga e o chocolate, depois acrescentar os
dois açúcares e as gemas;
3) Acrescentar a farinha e o chocolate em pó;
4) Incorporar as claras em neve em três etapas, em seguida acrescentar as
kinkans. Misturar ligeiramente;
5) Untar uma forma rasa, assar em média por uns 20 minutos (cuidado para
não queimar, CUIDE do forno). Deixar esfriar antes de cortar. Cortar com
um cortador redondo (se fizer individual);
6) DICA:se preferir faça-o dentro de uma travessa de vidro e monte a
sobremesa nessa travessa.

3ª ETAPA: Bavaroise de Kinkan

Ingredientes
15 g de gelatina em pó (hidratada em 5 colheres de água)
1 receita de creme inglês: 500 ml de leite, 6 gemas, 150g de açúcar, 100 ml de creme
de leite e 1 colher de sopa de essência de baunilha
150 g do doce de kinkan com calda triturada no mixer
225 g de creme de leite fresco (nata)

Modo de fazer:
1) Faça o creme inglês: Ferver o leite, enquanto isso bater as gemas com o açúcar
até a mistura ficar clara e cremosa, juntar a baunilha;
2) Verter o leite sobre mistura de gemas, voltar para a panela e cozinhar em fogo
baixo até começar a engrossar, não deixar ferver;
3) Tirar do fogo e juntar o creme de leite e a gelatina hidratada, misturar e coar.
4) Incorporar nele ainda quente o doce de kinkan triturado;
5) Deixar esfriar;
6) Quando começar a endurecer e ficar com textura de calda grossa, bata o creme
de leite e incorpore ao creme inglês.

ATENÇÃO: separe uns 50 ml do creme inglês antes de colocar a gelatina, para usá-
lo como decoração. Misturar esse 50ml de creme inglês com geleia de kinkan para
saborizar (se fizer a receita em porção individual).

4ª ETAPA – Cobertura gelificada de kinkan
200g de kinkan sem casca
150g de açúcar
150 ml de água
1 colher de amido de milho

Modo de fazer:
1) Retirar as casca da kinkan e guardar para fazer cascas cristalizadas;
2) Bater no liquidificador as kinkans com açúcar, coar e levar ao fogo até virar
uma geleia;
3) Dissolver o amido na água e juntar à geleia, voltar ao fogo até engrossar.

ATENÇÃO: separar uma colher de chá da geleia para misturar nos 50ml de creme inglês
para decoração do prato (se fizer a receita em porção individual).

5ª ETAPA – Trufa de Kinkan com nozes

Ingredientes
100g de chocolate meio amargo derretido
50g de creme de leite
50g de nozes
50g de cascas de kinkan cristalizadas picadas
50g de chocolate em pó com 50% de cacau

Modo de fazer:

1) Derreter o chocolate e misturar com os demais ingredientes, exceto o
chocolate em pó;
2) Levar à geladeira;
3) Enrolar e passar no chocolate em pó.
7ª ETAPA – Montagem
1) ATENÇÃO: para montagem individual: montar diretamente nos aros (cortadores
redondos ou quadrados), ou monte 1 porção grande em um refratário.
2) Coloque a Base de brownie;
3) Em seguida a Bavaroise (nessa etapa leve a sobremesa na geladeira);
4) Assim que a bavaroise ganhar consistência coloque a cobertura gelificada e leve
para gelar;
5) Quando for servir decore a parte superior com: mini trufa, kinkan seca cortada
e casca cristalizada de kinkan.
6) Decoração do prato individual: creme inglês com geleia de kinkan e kinkan
seca.


RENDIMENTO: 9 PORÇÕES INDIVIDUAIS

 




Puxa vida, que bacana!Como não fiquei sabendo do apelo e do concurso? Não iria participar, pois infelizmente os meus préstimos não chegam a tanto. Mas como jurada, eu adoraria experimentar as receitas...Parabéns a todos os envolvidos
 
Edimara Rita em 05/03/2013 00:43:47
.só na degustação né Beth? =D nhami... parabéns aos concorrentes!
 
Marília C Kameya em 04/03/2013 21:38:20
Parabens a artista plástica Ana Ruas pela iniciativa, fui uma feliz provadora dos doces que estavam maravilhosos!
 
Elisabeth Arndt em 04/03/2013 12:25:58
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.