A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/10/2016 06:20

Arranjo suspenso suporta todo tipo de planta, até uma miniatura de mangueira

Kokedama pode ser feito por você mesmo e ainda traz um colorido para casa

Paula Maciulevicius
Kokedama feitos a partir de muda de manga. (Foto: Marcos Volkopf)Kokedama feitos a partir de muda de manga. (Foto: Marcos Volkopf)

Um arranjo suspenso que comporta todo tipo de planta e vai bem em qualquer ambiente. O "kokedama" é uma arte oriental que traz um detalhe à arquitetura de casa. É só separar a planta que se deseja, misturar argila, musgo e barbantes coloridos.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Paisagista, Eliane de Oliveira explica que a argila se torna massinha de modelar e depois de transformada em barro seco, dispensa a necessidade de vaso e de quebra, mantém a umidade. "Ela se transforma num vaso com a possibildiade de pendurar, tem elegância", descreve. 

Como fazer? - Você vai precisar de argila, musgo e se quiser, galhinhos de árvore e barbantes coloridos. "Faz uma bola em volta do torrão de uma planta, misturando argila e musgo. Essa argila é toda amarrada e faz as vezes de um vaso", descreve Eliane.

Suspenso com arame, kokedama vira um belo detalhe em qualquer ambiente. (Foto: Marcos Ermínio) Suspenso com arame, kokedama vira um belo detalhe em qualquer ambiente. (Foto: Marcos Ermínio)

Foi ela quem fez o kokedama de manga na varanda gourmet da Casa Cor, depois de ver a ideia de uma jabuticabeira na edição da mostra em São Paulo. E as plantas? Eliane diz que pode ser qualquer uma. "Não precisa ser só plantas frutíferas, podem ser só floríferas, a samambaia, ervas, qual você quiser", explica.

O local a ser escolhido para ficar vai depender do tipo de planta. Um pé de manga, por exemplo, precisa de sol, já uma samambaia ou outra planta de sombra pode ser colocada embaixo de uma árvore e até mesmo na sala, dentro de casa.

"O que vai mandar no local é a tipologia da planta e os cuidados são os que você tem que ter com qualquer outra planta. Se é frutífera, molhar todos os dias", atenta Eliane.

Depois de feita a bola, se passa os fios, arames, cordas ou o que preferir e esse mesmo material é o que vai dar sustentação na hora de pendurar o arranho. Quanto à durabilidade, Eliane explica que tendo os cuidados necessários, fica para a vida inteira.

"Se for frutífera, vai começar a crescer e tem que ir aumentando o torrão, o musgo e a argila para que fique maior e a raiz sempre tenha onde se apegar", ressalta a paisagista.

Ambientes indicados - Jardins, pergolados, pátios e até mesmo interiores. "Dá um destaque super bonito, porque não tem a necessidade do vaso, então fica um aspecto mais natural, de ninho de passarinho, onde você vê a terra exposta ali. É isso que faz ficar bonito", resume.

Curta o Lado B no Facebook.

Veja alguns exemplos: 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.