A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

03/06/2015 06:34

Sem portas, loft abre por controle remoto e piscina divide garagem da sala

Paula Maciulevicius
Em seis meses, projeto ganhou a forma da liberdade de uma casa toda aberta. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Em seis meses, projeto ganhou a forma da liberdade de uma casa toda aberta. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)

A casa se abre inteiramente com o clique do controle remoto. Sem porta e com apenas duas paredes, um loft projetado para um homem solteiro conseguiu fazer com que a residência fosse integrada por completo, em todas as áreas. Na Vila Nascente, região do Parque dos Poderes, em Campo Grande, o projeto do arquiteto Daniel Moura nasceu de um rascunho num guardanapo e em seis meses ganhou a forma da liberdade de uma casa toda aberta.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

"O dono falava: 'meu sonho era morar num loft', e eu fui visualizando uma casa que não tivesse porta e se entrava por dois controles. Da rua para a casa e na parte interna", explica o arquiteto Daniel da DL Arquitetura e Construção. 

Os três portões de elevação podem ser abertos de acordo com a necessidade do morador. "O primeiro módulo abre a garagem, depois a sala e o home", descreve Daniel.

O pé direito duplo e todas as áreas integradas possibilitam a liberdade de se viver de forma escancarada, dando entrada para a luz natural que alimenta os ambientes e até a palmeira que fica na sala. "Existe a abundância de luz e isso só foi possível porque a orientação solar permitia, uma vez que era voltado para o sul, que não pegasse sol", reforça o profissional.

Portões se abrem conforme necessidade do morador. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Portões se abrem conforme necessidade do morador. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)
Pé direito duplo possibilita a entrada de luz natural. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Pé direito duplo possibilita a entrada de luz natural. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)
Em vermelho Ferrari, escada funciona como escultura e flutua acima da piscina. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Em vermelho Ferrari, escada funciona como escultura e flutua acima da piscina. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)

Criados para um morador que gosta de receber amigos e promover festas, os ambientes sociais são divididos pela piscina com 15m de raia que vem da área de lazer até a sala. O destaque ficou por conta da escada que além da funcionalidade de ligar os ambientes ao quarto acima, no mezanino, também servia de escultura.

Em vermelho Ferrari, o arquiteto explica que a escada como escultura flutua acima da piscina e a escolha da cor foi justamente para chamar atenção.

As únicas duas paredes da casa estão no closet do quarto e entre o lavabo e a dispensa. Até na hora de tomar banho, o vidro temperado permite que o morador acompanhe tudo, mas sem ser necessariamente visto. "E quando ele quer privacidade, tem uma cortina de teatro que isola a parte do quarto", conta Daniel.

Na sala, a lareira automática acende por controle os filetes à gás junto das rochas vulcânicas. "Essa rocha vulcânica se torna incandescente", explica o arquiteto.

"A ideia geral era de que não tivesse um único ponto que não fizesse parte das áreas de convívio", resume Daniel. No terreno de 12x30, a casa ocupa 200m². "Usamos muito vidro e alumínio composto na platibanda. A cobertura foi feita de telha galvanizada e poliuretano para dar conforto térmico", sustenta Daniel.

O valor médio da construção sai a partir de R$ 360 mil. É casa para quem curte a liberdade de fazer dos portões, janelas e portas.

Piscina com 15m de raia vem da área de lazer à sala. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Piscina com 15m de raia vem da área de lazer à sala. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)
Todos os pontos fazem parte das áreas de convívio. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)Todos os pontos fazem parte das áreas de convívio. (Foto: Daniel Moura/DL Arquitetura e Construção)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.