A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

02/04/2014 06:46

Trailer tem ares de casa de luxo, com varanda coberta e espaço para o cachorro

Paula Maciulevicius
De carpete, trailer tem armários embutidos, sofá, mesa e cadeiras como qualquer casa tradicional. (Fotos: Elverson Cardozo)De carpete, trailer tem armários embutidos, sofá, mesa e cadeiras como qualquer casa tradicional. (Fotos: Elverson Cardozo)

A Arquitetura é presente até no circo, transforma trailers em moradias para lá de confortáveis. De fora não parece, mas a casa sob rodas tem tudo do bom e do melhor, incluindo um cachorro para dar as boas-vindas.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Há 35 anos, o mágico Richard Massoni, deixou o imóvel em Buenos Aires, na Argentina, como parada de férias. Durante as temporadas do circo Tihany, ele mora e trabalha no mesmo endereço. Sai de casa para o trabalho dando poucos passos.

O trailer não tem motor próprio, depende de outro veículo para se locomover. Mas isso é um mero detalhe. Onde se instala, junto dele vem um tablado, mesas, cadeiras e plantas para compor a varanda. Três degraus levam os visitantes até a porta de entrada. O modelo, por ser americano, faz jus às casas vistas nos filmes, com duas portas, uma como se fosse ‘tela’ e a outra toda fechada.

A regra primordial da casa é deixar os calçados lá fora. Isso porque o chão é de carpete. Os primeiros passos já dão na sala. Espaçosa, quem entra nem se dá mais conta de estar num trailer. Com televisão, sofá, mesa, cadeiras e repleta de armários, o móvel é idêntico ao de uma casa tradicional.

Há 35 anos morando sob rodas, o trailer de agora do mágico Richard Massoni é de 2012.Há 35 anos morando sob rodas, o trailer de agora do mágico Richard Massoni é de 2012.

“É um modelo 2012, estou nele há um ano e meio e é bastante confortável. Tem lava roupa, secadora, cozinha com fogão”, descreve Richard ao apresentar sua casa com rodas.

A sala é conjugada à cozinha. Degraus acima, do lado direito e já se está na suíte. O banheiro é dividido em duas partes, um lado está o chuveiro e a pia e do outro o vaso sanitário com espelho, fazendo companhia para as máquinas de lavar e secar roupa que ficam escondidas em armários.

“Já vem tudo armado e se expande”, observa o mágico ao se referir aos armários embutidos. Com o apertar de botões, a casa se abre ou se fecha. No tamanho normal, de trailer, são 2,40m de largura por 14m de comprimento. Mas depois de dada a ordem, a casa ganha largura para dar espaço de movimentação e fica com 4m, explica o morador. “Fecha e é totalmente o espaço de um trailer”, completa.

Como vizinho, Richard tem o diretor artístico do Tihany, Francis Demarteau. Já os 60 artistas que compõe o espetáculo não moram em trailers, param de cidade em cidade e ficam em hoteis.

Do trailer para uma casa tradicional, Richard diz que não sente falta de nada. “É muito confortável. E tem o lugar de trabalho ao lado da sua casa”. E assim ele segue com o circo, morando uma casa sob rodas há três décadas.

Parte do banheiro se divide em pia e vaso de um lado e chuveiro de outro. Parte do banheiro se divide em pia e vaso de um lado e chuveiro de outro.
Armários escondem no quarto as máquinas de lavar e de secar roupas. Armários escondem no quarto as máquinas de lavar e de secar roupas.
De fora, trailer tem até varanda coberta e com mesas, cadeiras e plantas. De fora, trailer tem até varanda coberta e com mesas, cadeiras e plantas.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.