A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

13/10/2016 06:25

Banda de blues resgata história do gênero em MS com canções em português

Naiane Mesquita
Show de estreia será hoje na Morada dos Baís Show de estreia será hoje na Morada dos Baís

O blues em Mato Grosso do Sul tem mais do que estilo. Referência no País com nomes como Bêbados Habilidosos e Zé Pretim, o gênero musical busca inspiração nas expressões fronteiriças, do samba de raiz e do som caipira. Foi no rastro dessa história que o projeto MPBlues realiza o primeiro show, hoje, às 19h30, na Morada dos Baís.

Veja Mais
Com bugrinhos de Conceição, galeria reúne arte de MS e área ainda atende eventos
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital

Com Luis Ávila, na guitarra e nos vocais, Renan Heimbach, na bateria e nos vocais, Jorge Costa no baixo e Willian Justi na guitarra, o projeto pretende valorizar a música sul-mato-grossense na estreia. “Tivemos a ideia porque desde a morte do Renato Fernandes, vocalista da Bêbados Habilidosos eu notei que estavam cantando muito pouco blues em português. Hoje, eu sei que tem outra banda que toca misturado, mas não tinha um tempo atrás”, afirma Luis, 40 anos.

Ex-integrante da Bêbados Habilidosos e de outras bandas do gênero em Campo Grande, Luis juntou os amigos para iniciar um novo trabalho, dessa vez só com canções em português. “Na minha opinião o blues que é feito em Mato Grosso do Sul, que é daqui, é normalmente em português. Há três pioneiros na cidade, Zé Pretim, que veio de Minas Gerais e tem influência da música caipira, o José Boaventura e o Renato Fernandes, que gostava muito de samba de raiz, de Chico Buarque, eu sei porque convivi com ele”, explica o músico.

Dessa mistura de influências surgiu o blues da cidade. “A primeira gravação de blues daqui é do Geraldo Espíndola, com Deixei meu Matão, depois o Boaventura que gravou um disco inteiro de blues e o Renato, que foi talvez o maior expoente do gênero aqui”, acredita.

A banda durante o ensaio para a apresentação A banda durante o ensaio para a apresentação

Produtor de Zé Pretim, Luis quer movimentar o cenário. “Ainda não compomos porque a banda é muito nova. Você tem que ter aquele momento que foca no som, que fica pirado e depois vai surgindo as composições”, frisa.

Por enquanto, no setlist da banda estão canções do Barão Vermelho, Blues Boy, Raul Seixas e claro, o pessoal daqui. “Basicamente é a música brasileira”, indica.

No dia do show, os músicos também lançam o Bonito Blues e Jazz Festival, que acontece anualmente na cidade turística de Mato Grosso do Sul. A primeira edição do evento ocorreu em 2013 e desde então reúne os expoentes do gênero no Estado.

Na programação estão confirmados Adriano Grineberg, Zé Pretim, Mestre Blues, Anderson Rocha, Simão Ghandy, Lancaster, Projeto MPBlues, Gessy e Rhivo Trio. Informações sobre o evento na página do Facebook. 

Já curtiu o Lado B?




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.