A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/07/2013 07:01

Banda Dombraz arruma as malas para deixar Capital e cair na cidade do samba

Anny Malagolini
Banda Dombráz, criada em 2008, vive a ânsia de conquistar espaço na mídia nacional. Este ano eles se mudam para o Rio de Janeiro. (Foto: thamires Mulatinho )Banda Dombráz, criada em 2008, vive a ânsia de conquistar espaço na mídia nacional. Este ano eles se mudam para o Rio de Janeiro. (Foto: thamires Mulatinho )

Em terra de sertanejo universitário, quem quer se dar bem com outro ritmo tem que pegar a estrada. E pensando nisso, o sambista e vocalista da banda “Dombraz”, Chris Haicai, de 33 anos, decidiu se aventurar na terra genuína do samba, o Rio de Janeiro.

Veja Mais
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais
Da droga à reabilitação, Zé Pretim sobe ao palco com banda e repertório afiado

Brasiliense de nascimento e campo-grandense de coração, devido aos 17 anos na Capital, Chris já tentou projetos solos e até com outras bandas, mas desde 2008, segue como vocalista da banda “Dombraz”, que criou um estilo próprio, fugindo dos padrões sonoros tradicionais e inovando no “Rock Samba”.

Cinco anos é pouco tempo, mas na ânsia de conquistar espaço na mídia nacional e quem sabe, internacional, este ano a banda se muda para o Rio de Janeiro e para “abrir” os caminhos, Chris foi o primeiro a se mudar.

Há seis meses morando no bairro carioca de Laranjeiras - antigo endereço da cantora Cássia Eller, Chris tenta conquistar um espaço entre as tantas outras bandas que tem o mesmo objetivo, de se tornar famosa. “O Rio é a terra das oportunidades”, garante.

O grupo tem dois álbuns lançados, Mandando Brasa em 2010 e Dombráz - Ao Vivo em 2012. (Foto: Divulgação)O grupo tem dois álbuns lançados, "Mandando Brasa" em 2010 e "Dombráz - Ao Vivo" em 2012. (Foto: Divulgação)

Para o músico, a mudança tem explicação que vai além do cenário perfeito para o samba. Segundo ele, Campo Grande suporta sim novos ritmos musicais, mas é inegável a supremacia do Sertanejo. Ritmo que atinge 80% do Brasil, enquanto outros sons produzidos aqui dificilmente conseguem alcançar outras terras. “A proposta de contrato que me fizeram aqui foi para tocar sertanejo, agradeci, mas recusei, não é minha vibe”, conta.

Nas próprias palavras, Chris explica o porquê da mudança de cidade. “Já temos um público cativo, mas isso é normal, querer cair na estrada, é precedente de outros grupos. Campo Grande sempre será minha casa, mas a grande mídia está no Rio, penso em programa do Luciano Hulk, Fátima Bernardes, lá existe uma visibilidade que aqui não tem”.

Mas antes que toda a mudança aparente ser apenas uma aventura, o músico reforça que a ida ao Rio também é uma forma de especialização, já que ele está estudando “Produção Musical”, no Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação.

Dombraz – As músicos Bruno Chencarek, Dhonattas Oliveira, Rodrigo Shimabukuro, Mateus Yule e Chris Haicai, tinham no histórico insucesso com antigas bandas, mas o encontro dos garotos virou músicas autorais, com elementos do rock, samba, funk, reggae, da música popular brasileira e com um público fiel.

O grupo tem dois álbuns lançados, "Mandando Brasa" em 2010 e "Dombráz - Ao Vivo" em 2012.

A perda para o cenário local é grande, mas Chris garante que a casa da banda é Campo Grande. Quem ainda não conhece ou quer participar da última apresentação da banda neste ano, o Dombráz vai se apresentar no Hangar, no dia 27 de julho. Após a data, a banda vai dar uma pausa, para aprontar as malas e, até 2014 se mudarem para o Rio.

Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson
As atrações acontecem no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Confira outras dicas da Agenda Cultural....
Filhos e netos, os artistas mais importantes no palco
Escolas particulares de Campo Grande investem em grandes espetáculos para marcar o fechamento do ano letivo....



Valeu, boa sorte rapaziada, mas voces não criaram o rock samba..... tem outra banda aí famosa que toca até na abertura da novela, aliás, ninguem criou nada, alguem resolveu unir dois ritmos que já existem há um bom tempinho ...
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 15/07/2013 17:47:56
Valeu Chris, Rodrigo e toda a galera, sucesso na realizações de vocês é claro, fazer o que gosta e com seriedade, com certeaza o resultado é um só, sucesso meus amigos...abs.
 
Sidelvan Macedo em 15/07/2013 13:28:12
Parabéns Chris, estimo sucesso à vocês, um abraço.
 
Priscila Camargo em 15/07/2013 08:59:36
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.