A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

20/05/2013 07:21

Crianças ganham musical sofisticado com “Um Chorinho pra Dona Baratinha”

Elverson Cardozo
Rica, dona Baratinha sai a procura de um pretendente. (Foto: Reprodução/Internet)Rica, dona Baratinha sai a procura de um pretendente. (Foto: Reprodução/Internet)

Os atores da peça teatral “Um Chorinho pra Dona Baratinha”, que chega a Campo Grande no dia 26 deste mês, vão, além de atuar, dançar e cantar no palco. A preparação para a performance exigiu meses de preparação, mas o destaque vai para a “linguagem” do espetáculo, que incluiu chorinho, “música de adulto”.

Veja Mais
"Um Chorinho pra Dona Baratinha" vai falar sobre honestidade às crianças
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

“Ainda não vi um espetáculo para o público infantil com clássicos da Chiquinha Gonzaga e Ernesto Nazareth. A gente adaptou essas músicas com melodias e letras atuais”, disse o diretor, Gabriel Cortez.

O resultado, ele espera, deve encantar não só os pequenos, mas os pais. A intenção, nas palavras do diretor, não é conquistar as crianças com uma história já vista na televisão ou no cinema, mas despertar o interesse do público para um “espetáculo de qualidade, com um trabalho diferenciado”.

Além das músicas, oito no total, a produção inclui um cenário ambientado em 1920, na Lapa do Rio de Janeiro antigo, e figurinos cuidadosos. O trabalho dos aristas também merece destaque. “Tem um ator, o Bruno Macedo, que faz cinco personagens e troca de roupa em 10 ou 20 segundos”, contou.

Apesar modificação, à referência ao clássico infantil permanece. “A história é mesma. A modificação são as músicas e ambientação, a Lapa como pano de fundo”, ressaltou Corteza.

Atores cantam e dançam no palco. (Foto: Reprodução/Internet)Atores cantam e dançam no palco. (Foto: Reprodução/Internet)

Sinopse – Rica e solteira, dona Baratinha está decidida a casar. Em busca de um companheiro ela sai pela floresta – ambientada na Lapa - à caça do marido ideal. Cinco pretendentes aparecem.

Para impressionar a protagonista, eles vão incorporar “vícios morais” e falar de vaidade, ganância, amizade e amor. O roteiro, com texto de Pedro Murad, também aborda valores como honestidade, caráter, respeito e amizade.

Dona Baratinha será interpretada pela atriz Carla Diaz, que viveu a Khadija da novela “O Clone”, da Rede Globo.

Serviço - A peça, que chega à Campo Grande no dia 26, será encenada, uma única vez, no Palácio Popular da Cultura, às 16h.

Ingressos podem ser adquiridos na Gelateria Sézamo, localizada à rua Antônio Maria Coelho, 3.443, em Campo Grande. Setor B custa R$ 80,00 e R$ 40,00 (inteira e meia entrada). Demais setores saem por R$ 60,00 e R$ 30,00.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (67) 9177-2460/9912-8544.




Meu Deus como é caro!!!!!!!!
 
luiz marques em 20/05/2013 21:05:36
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.