A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

30/10/2016 07:30

Divas, Maiara e Maraisa mostram poder e afinação em gravação de novo DVD

Naiane Mesquita
Maiara e Maraisa tem simpatia e talento de sobra no palco (Foto: Marcos Ermínio)Maiara e Maraisa tem simpatia e talento de sobra no palco (Foto: Marcos Ermínio)

Exuberantes como as roupas que usaram na noite de ontem, Maiara e Maraísa fazem jus a todo o sucesso que conquistaram. Com canções que falam sobre o amor de uma ótica feminina, as meninas encantam a todos pela autenticidade em um mercado que antes era dominado completamente por homens. De recompensa, a alcunha de divas e 15 mil pessoas reunidas no Shopping Bosque dos Ipês.

Veja Mais
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital
Fim de semana tem Naiara Azevedo e contação de histórias

A voz é surpreendente. As duas tem um poder vocal impressionante, o que as já diferenciam de outras duplas em que normalmente um leva o outro nas costas. No caso de Maiara e Maraisa, ambas são talentosas. O maior público presente no DVD é de mulheres, casais, grupos de amigas. Elas cantam, dançam, se identificam, se entreolham com admiração e identificação com o que escutam.

Em um mundo em que antes a mulher era representada apenas como objeto, ter a oportunidade de se identificar é emocionante. “Elas defendem as mulheres, nos sentimos representadas. As músicas são muito boas, gosto de todas”, acredita a estudante, Beatriz Ortega, 17 anos.

Meninas trocaram de roupa uma vez (Foto: Marcos Ermínio)Meninas trocaram de roupa uma vez (Foto: Marcos Ermínio)

A estudante de engenharia civil, Regina da Silva, 23 anos, concorda. “O que eu mais admiro é a simpatia, humildade, elas são demais de humilde, segunda vez que eu tiro fotos com elas, uma educação que eu nunca vi na vida. Elas falam com certeza para as mulheres, a questão de relacionamento, ela representa tudo que a gente já viveu, que a gente vive”, diz.

Para Maiara, cantar para as mulheres é um privilégio. “Claro que a gente quer sempre cantar para as mulheres, para os homens, cantar para todo mundo. Mas, as mulheres sempre vão ser o gostinho a mais, que faz a gente querer um trabalho bonito. As mulheres que abraçaram Maiara e Maraisa a gente tem o maior respeito por isso, maior respeito para essas mulheres que estão surgindo no mercado, fazer parte da vida dos brasileiros, das mulheres, ser referência é muito bom, é maravilhoso que a gente sempre seja uma boa referência, que tenha gente que se identifica”, afirma.

Estrutura do palco foi de impressionar com telas de LED (Foto: Marcos Ermínio)Estrutura do palco foi de impressionar com telas de LED (Foto: Marcos Ermínio)

A escolha de Campo Grande como palco dessa grande festa, que teve uma estrutura de dar inveja foi pelo cenário sertanejo.

“A gente já tinha feito o primeiro DVD em Goiânia que é referência sertaneja e quando fechamos o escritório com a Work Show, fizemos um show em Campo Grande. A recepção foi ótima e viemos namorando a cidade. Campo Grande é uma capital sertaneja, a gente ama cantar sertanejo. Não resta dúvida que deu certo, mais de 15 mil pessoas nos receberam com muito carinho”, explica Maiara.

Maraisa é multi-instrumentista e mostrou talento no piano e violão (Foto: Marcos Ermínio) Maraisa é multi-instrumentista e mostrou talento no piano e violão (Foto: Marcos Ermínio)

Gravação – A primeira vista, o que impressiona é a estrutura. Cerca de 200 pessoas trabalharam na realização do DVD, que contou com vários painéis de LED. A cada canção, o nome e ilustrações davam um ar de novidade a produção.

É lógico que a música de abertura foi “10%”, mas as duas quase não cantaram. O coro foi alto e emocionou as meninas. Em seguida, as canções “Disk Sex e Casalzinho Botequeiro” foram as novidades da produção.

Entre uma música e outra, Maiara avisava. “Vou falar para vocês. Homem que é carniça, não adianta não, não muda”.

As cantoras não tiveram convidado, mas brincaram durante a gravação. Com direito a garçom bonitão, as duas brincaram sobre um licor de amora e chegaram a beber uma garrafa de uma das fãs.

Depois Maraisa emocionou ao tocar no piano uma de suas canções novas. O momento antecedeu um dos pontos altos, “Medo Bobo”, outro coro emocionado do público.

Ao todo foram mais de três horas de show. Mesmo depois de estourar a champanhe e fugir de dois intrusos no palco, um deles conseguiu um beijo no rosto e outro só saiu com a escolta de seguranças, Maiara e Maraísa continuaram no palco por mais 20 minutos. Cantaram sucessos de outros músicos sertanejos e afirmaram que fariam a festa para o público e não no camarim. O carinho com o público de quem começou cedo, longe de terras sertanejas, contra o sistema da época, é de encantar quem vê de perto o sucesso merecido.

Confira a galeria de fotos do show:




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.