A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

21/11/2013 22:49

Em MS, Letícia Sabatella incentiva cinema regional e diz que foco é a música

Vinícius Squinelo e Anny Malagolini
Atriz revelou planos para o futuro (foto: João Garrigó)Atriz revelou planos para o futuro (foto: João Garrigó)

Em Campo Grande para a abertura do FestCine Vídeo América do Sul, a atriz Letícia Sabatella fez questão de incentivar o cinema regional, se mostrou conhecedora das produções de Mato Grosso do Sul, e ainda debateu a polêmica questão indígena no Estado.

Veja Mais
Letícia Sabatella é madrinha de Festival que também terá Ney Matogrosso
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

“Esse festival é uma iniciativa muito boa, que fortalece o cinema regional, independente do tamanho da cidade, sempre há locais a serem ocupados”, defendeu Letícia, em reunião com jornalistas, no Cinepólis, no Shopping Norte Sul Plazza, onde ocorre o evento.

A atriz aproveitou a ocasião para elogiar os curta metragens regionais. “Conheço várias promessas do cinema nacional que são daqui, como o Bertalo, e não só atores, como cineastas e produções”, comentou.

Conhecedora da polêmica questão indígena em MS, Letícia não hesitou a deixar pública sua opinião. “Fiz um documentário sobre a questão indígena no norte do País (Hotxuá, sua estréia como diretora), e conheço a polêmica aqui em Mato Grosso do Sul”, garantiu.

Letícia se disse uma “grande defensora” da causa indígena.

Questionada sobre o futuro após a novela Sangue Bom, a atriz revelou que deve se dedicar a música. Com a última personagem que interpretou, ela pode mostrar ao público mais um talento artístico, o de cantar . “Quero me dedicar à música, e vou trabalhar um CD com minhas composições”, revelou. Letícia garantiu que é também compositora, e que criou a música que apresentou na novela.

Novos ares – Para o cineasta sul-mato-grossense Breno Benetti, de 27 anos, diretor do local “Não eu”, que foi gravado na capital, a exibição do filme em uma tela de cinema comercial é além de uma ambição como profissional. “É muito valioso pra qualquer um que faz cinema”, afirma. E continua “E em uma rede que tem um longo alcance, o valor é inestimável”, finaliza.

Mas esperançoso, o cineasta conta que apesar de parecer um sonho distante, a ideia era levar o filme para as grandes salas. ”Eu não imaginava que seria tão fácil e rápido, e ainda em campo grande e na retomada de um festival”.

Segundo Breno, o longa começou a ser gravado no início do ano, e foi finalizado ainda neste mês, junto com o convite para a exibição no festival. “A intenção é percorrer o mundo. Distante não é, mas lutaremos para isso”.

Grupo chamou atenção para o festival (foto: João Garrigó)Grupo chamou atenção para o festival (foto: João Garrigó)
Sabatella mostrou conhecimento sobre produções regionais (foto: João Garrigó)Sabatella mostrou conhecimento sobre produções regionais (foto: João Garrigó)

Divulgação – Mesmo com tantas atrações, o festival causou estranhamento a pessoas presentes no shopping. “Não sabia da existência do festival”, resumiu a supervisora comercial Keila Huppis, 39 anos, que estava na fila para ver um filme comercial.

Já a economista Mariana Recalde, 28, foi ao shopping só para participar do festival, e integrar as oficinas de maquiagem e roteiro.

“Não tem nada a ver com a profissão, mas sou curiosa e gosto muito de escrever, não rpecisa fazer cinema para vir aqui, e sim ter interesse”, comentou.

Veja a programação completa do festival:

21/11 Quinta / Cinépolis
21h - Não Eu – Breno Benetti
24/11 Domingo / Cinépolis
19h - Ela Veio Me ver – Essi Rafael
Curta MS (16min)
O Som ao Redor – Kleber Mendonça Filho
Brasil - Longa-metragem (135min)

25/11 Segunda / Cinépolis
20h – Do Sul, Mato Grosso do Sul – Fábio Flecha
Brasil - Curta MS (18min)
Amigos – Lina Chamie
Brasil - Longa-metragem (89min)

25/11 Segunda / Drive – in
19h – Maria Fumaça, Chuva e Cinema – David Cardoso
Brasil - Curta MS (15min)
O Caso de Joanita – Reynaldo Paes de Barros
Brasil - Curta MS (30min)
20h– Infância Clandestina – Benjamin Ávila
Argentina - Longa-metragem (110min)
21:50h– Psicoses de um homem – Wilyan Nicolay
Brasil - Curta MS (15min)
Filme para poeta cego - Gustavo Vinagre
Brasil - Curta sul-americano (25min)

26/11 Terça / Cinépolis
20h – O Florista – Filipi Silveira
Brasil - Curta MS (18min)
Uma História de Amor e Fúria - Luiz Bolognesi
Brasil - Animação longa-metragem (75min)

26/11 Terça / Drive-in
19h – Sonho - Rafael Abarca
Peru - Curta sul-americano (2min)
Refém – Rogério Castilho e Guedes Junior
Brasil - Curta MS (4min)
Role # 2 – Rafael Mareco
Brasil - Curta MS (5min)
Corixo: A Mulher de Branco – Marcelo Moreira Santos
Brasil - Curta MS (15min)
O bebê de Maria - Miguel Horta
Brasil - Curta-MS (19min)
20h – Las Acacias –Pablo Giorgelli
Argentina - Longa metragem (85min)
21:30h – Hotxuá - Letícia Sabatella
Brasil - Documentário (70min)

27/11 Quarta / Cinépolis
20h – Hydrochoeruspaedia 3D–Hélio Godoy,Ludger Pfanz
Brasil - Curta MS (5min)
Smile – Camila Machado e Steffany Santos
Brasil - Curta MS (8min)
Wakolda – Lucia Puenzo
Argentina - Longa metragem (93min)

27/11 Quarta / Drive-in
19h – Memórias de Luz – Farid Fahed
Brasil - Curta-metragem MS (6min)
It's in your Eyes - Sergio Garcîa Locatelli,Sean Schoenecker
Peru - Curta sul-americano (6min)
El Revés - Gonzalo Perdomo
Peru - Curta sul-americano (7 min)
Projeto Big Fun - O Filme – Gabriela Silva Dias
Brasil - Curta MS (7min)
Sanda - O Box Chinês – Ulísver Silva
Brasil - Curta MS (8min)
Etá – Alan Caferro
Brasil - Curta MS (10min)
20h – Honra – Alexandre Couto
Brasil - Longa metragem MS (128min)
22h – Red Hookers – Larissa Anzoategui
Brasil - Curta MS (18min)

28/11 Quinta / Cinépolis
19h – Olho Nú – Joel Pizzini
Brasil - Documentário (101min)
21h –Tatuagem – Hilton Lacerda
Brasil - Longa-metragem (110min)

28/11 Quinta / Drive-in
19h – Carmo - Murilo Pasta
Brasil - Longa-metragem (98min)
21h – Gigante – Adrian Biniez
Uruguai - Longa-metragem (90min)

29/11 - Sexta / Drive-in
19h – Smile – Camila Machado e Steffany Santos
Brasil - Curta MS (8min)
Ela Veio Me ver – Essi Rafael
Brasil - Curta MS (16min)
O Florista – Filipi Silveira = 18min
Brasil - Curta MS (18min)
Do Sul, Mato Grosso do Sul – Fábio Flecha
Brasil - Curta MS (18min)
20h – No – Pablo Larraín
Chile - Longa-metragem (115min)




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.