A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

10/01/2015 07:42

Homenageando Manoel de Barros e Glorinha, feira literária acontece em fevereiro

Paula Maciulevicius
Planejado desde 2011, evento foi lançado final do ano passado. (Foto: FLIMS)Planejado desde 2011, evento foi lançado final do ano passado. (Foto: FLIMS)

A Feira Literária Internacional de Mato Grosso do Sul saiu do papel. Projeto da escritora Delasnieve Daspet, depois de quatro anos, se conseguiu recursos para ser colocado em prática. Do dia 26 de fevereiro ao dia 1° de março, o Armazém Cultural, na Esplanada Ferroviária, recebe representantes daqui, dos estados vizinhos e de pelo menos 25 países.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

O evento quer colocar no mesmo espaço a literatura, artes, apresentação de teatro, dança e música. Aprovado pelo Ministério da Cultura desde 2011, a ideia era de ainda conseguir homenagear o poeta Manoel de Barros em vida, ao lado da professora Maria da Glória de Sá Rosa, a Glorinha.

Ao Lado B, Delasnieve argumenta que não conseguiu, ao longo do tempo, fazer a captação de recursos. Mas agora uma parceria fixa foi fechada e o projeto vai vingar. Dos 25 países confirmados estão Marrocos, Suécia, França, Estados Unidos, Noruega, Equador, entre tantos outros. "São autores que são luminários nos seus países", diz Delasnieve. 

Em toda Feira estarão reunidos escritores de romance, poesia e ficção. "Na programação, dividimos e setorizamos a parte do Congresso Literário, onde vão ter palestras para discutir com estudantes de Jornalismo, Direito e áreas afins com a literatura, além da literatura inclusiva, com libra e braile e palestras de autores de Ecologia", resume a organizadora. A literatura infantil também terá espaço, assim como as mostras de poesia virtual.

Na programação, Delasnieve fala ainda de incluir a 'cápsula do tempo', mensagens que serão escritas e plantadas por alunos da rede municipal de ensino. "Quero guardar por 30, 40 anos, para que no futuro, se abra e veja o que se imaginava em 2015", descreve. 

A Feira Literária Internacional de Mato Grosso do Sul está também no Facebook

Feira vai homenagear a querida professora Glorinha. (Foto: FLIMS)Feira vai homenagear a querida professora Glorinha. (Foto: FLIMS)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.