A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

22/10/2013 12:21

Procuradora de Justiça lança livro sobre violência na juventude

Luciana Brazil
Livro conta história de uma adolescente que passa a se envolver com o mundo do crime. Livro conta história de uma adolescente que passa a se envolver com o mundo do crime.

A procuradora de Justiça Ariadne Cantú, conhecida pela sensibilidade em escrever sobre temáticas ligadas a infância e juventude, lança amanhã, às 19 horas, no Marco (Museu de Arte Contemporânea), em Campo Grande, a obra “Mãos ao Alto! Passa o Boné!”, publicada pela editora Alvorada.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

Com mais de sete publicações, entre obras e crônicas, Ariadne lança mais um trabalho que discorre sobre violência e problemas sociais.

“O tema sempre é muito atual, pois a violência e os problemas de conduta antissocial do adolescente fazem parte de um dos maiores problemas enfrentados pelos pais e professores”.

Ariadne atuou durante muitos anos à frente da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, e lá, ela diz ter encontrado histórias, como a de Diana, a personagem do livro. Uma menina linda que mora na periferia, tem dificuldades financeiras, sofre com a falta de carinho da mãe e que acaba conhecendo o mundo do crime.

A autora acredita que possui hoje um “prisma privilegiado de toda problemática” já que permaneceu anos à frente da Promotoria.

“Acompanhei muitas ‘Dianas’ na vida real, na minha vivência na área da infância e juventude e, portanto, a história é cheia de realismo. Diana é uma menina pobre que sonha em ter uma vida melhor para si e sua família. Ela vive conflitos familiares típicos de sua idade. Para se proteger, usa a violência como instrumento e acaba se dando mal. No meio do trajeto existem tramas familiares que abordam situações reais criadas pelo desespero, por dificuldades econômicas e desagregação familiar”.

 

Escritora Ariadne lança livro “Mãos ao Alto! Passa o Boné!”, da editora Alvorada. (Foto:Divulgação)Escritora Ariadne lança livro “Mãos ao Alto! Passa o Boné!”, da editora Alvorada. (Foto:Divulgação)

Sobre a linguagem do livro, a autora ressalta a verdade como ponto crucial para atrair os jovens, não só para a leitura. “O jovem está em uma fase à flor da pele. O adolescente não aceita mentira. Usar perfumaria para falar de um assunto tão sério seria duvidar da capacidade e inteligência desse jovem”.

Ela diz ainda que o texto da obra é usado para adolescentes, informal, para que o jovem se identifique de forma natural. “A adolescência é caracterizada por ser um período de muitas transformações físicas e emocionais e os contextos sociais e familiares compõem um universo muito potencializador de conflitos para eles”, defende.

Ela conta que a idéia do livro está guardada desde 2009, quando nasceu também o nome da obra. “Queria escrever esse livro desde 2009. Tive a idéia e junto já me veio o nome do livro. Comigo é sempre assim”.

A preocupação da autora é provocar no leitor uma proposta de mudança e esperança. “Acho que a leitura proporciona uma reflexão que sempre aponta um caminho e este caminho pode ter muitas direções. No caso do livro, pretende provocar uma reflexão sobre todas as nuances que envolvem a vida do adolescente exposto a certas situações de violação de direitos, como os familiares, sociais e econômicos”.

Ariadne garante que a intenção é trilhar junto aos adolescentes um caminho para o “autoconhecimento e a ampliação de uma consciência de responsabilidade sobre seu futuro”.

Serviço: o Marco fica na Rua Antônio Maria Coelho, 6000 – Carandá Bosque.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.