A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

22/05/2016 07:15

Raquel Naveira lança antologia poética e comemora 30 anos de carreira nos versos

Naiane Mesquita
Raquel mantém produção em alta aos 30 anos de carreira (Foto: Fernando Antunes)Raquel mantém produção em alta aos 30 anos de carreira (Foto: Fernando Antunes)

Raquel Naveira, 58 anos, acredita em dom. Um chamado divino para algo que está intrínseco na alma. Foi assim, ainda criança, que ela se apaixonou pelas palavras. Adorava cada uma delas, os livros e tudo que pudesse leva-la para a escrita. Moldou toda a sua carreira para que estivesse mais perto da poesia e assim foi feito. Hoje, prestes a lançar a antologia de 30 anos de carreira, a escritora se sente realizada como uma voz do povo sul-mato-grossense.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

“Nunca imaginei que ao ler minha obra, minha antologia, eu visse tanto do Mato Grosso do Sul”, afirma. A entrevista acontece no Pousada Dom Aquino, um antigo negócio da família e onde ela cresceu. “Montamos a pousada, fiquei dez anos com ela e os outros dez arrendei. Morei no Rio de Janeiro e em São Paulo. Agora estou de volta para a minha terra, minha casa, justo quando lanço a minha antologia”, reflete.

No hotel da família, ela prepara o lançamento do próximo livro No hotel da família, ela prepara o lançamento do próximo livro

O livro “Jardim Fechado – Uma antologia poética” foi editado pela Vidráguas e tem apoio da Sectei (Secretária de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação). O lançamento e noite de autógrafos ainda não foi agendado, mas a publicação já está à venda no hotel de Raquel. “Ainda faltam alguns ajustes. Mas, teremos um lançamento com certeza”, explica.

A obra é dividida em capítulos, sendo que cada um contém uma breve introdução, com os prêmios para os quais foi indicado, além de críticas da obra. Um dos destaques é o livro de poemas Abadia, finalista do prêmio Jabuti de Poesia, da CBL, em 1996. “É a história da minha vida. É interessante observar as poesias colocadas em ordem, como elas mostram um pouco de Mato Grosso do Sul que eu nem sabia que existia. Percebi que minha obra é muito sul-mato-grossense, tem a voz das pessoas que vivem aqui”, acredita Raquel.

Formada em Letras, Raquel exerceu o magistério de 1987 até 2006. É doutora em Língua e Literatura Francesas pela Universidade de Nancy , França e Mestre em Comunicação e Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. Uma verdadeira apaixonada pelos estudos. “Eu sempre quis viver para a poesia. Foi uma escolha de vida, o meu ofício, que eu sempre quis. Eu acredito que somos eleitos para alguma coisa, que Deus nos concede um dom. E esses dons são irrenunciáveis”, afirma.

A publicação reúne todas as produções de Raquel (Foto: Fernando Antunes)A publicação reúne todas as produções de Raquel (Foto: Fernando Antunes)

Para ela, ver os 30 anos prontos e transformados em livro é um momento único. “Poder ver materializado isso é incrível. Você percebe que teve um caminho longo percorrido, sem olhar para a direita ou a esquerda. Sempre em frente”, frisa.

Mesmo assim, a escritora não vê o livro como um ponto final no trabalho árduo. “Eu espero que eu continue, que depois da antologia ainda haja mais e melhores poesias pela frente”, deseja.
O livro está à venda por R$ 40,00, na Pousada Dom Aquino, localizada na rua de mesmo nome, 1806, Centro. Informações pelo telefone (67) (67) 3384-3303.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.