A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

05/09/2011 08:28

Cantores sul-mato-grossenses têm 12 indicações para o Prêmio Multishow

Marta Ferreira
Luan no Brazilian Day New York, sua primeira apresentação nos Estados Unidos, no final da tarde do domingo.  Foto: Globo Internacional.Luan no Brazilian Day New York, sua primeira apresentação nos Estados Unidos, no final da tarde do domingo. Foto: Globo Internacional.

Na terça-feira, quando o Brasil vai conhecer os vencedores da 18ª edição do Prêmio Multishow, há uma possibilidade razoável de os apresentadores chamarem o nome de artistas com origem em Mato Grosso do Sul.

Juntos, Luan Santana, Michel Teló e Di Ferrero, o vocalista da banda NX Zero, têm 12 indicações à premiação, definida pelo voto do público. Isso sem contar as indicações da banda de Di, 6 ao todo, incluindo a dele como melhor cantor.

Aos 23 anos, Di nasceu em Campo Grande, mas deixou a cidade ainda criança, por causa do trabalho do pai. Morou em Brasília, na Argentina, e fixou-se em São Paulo, onde vive desde os 12 anos e iniciou a carreira artística.

Na categoria de melhor cantor, ele vai concorrer com Michel Teló, e com Luan Santana, tido como o artista de maior cachê da música brasileira no momento. Os três, aliás, estão disputando o prêmio com nada menos que Caetano Veloso.

Luan, com o maior número de indicações, consolida no prêmio deste ano um novo patamar na carreira. No ano passado, ele foi o artista revelação.

Em 2011, não é mais novidade no mercado. O cantor, de 20 anos, agora concorre 7 vezes: melhor cantor, melhor artista sertanejo, melhor show, melhor DVD, melhor álbum e melhor música, com duas canções.

Ele disputa com Adrenalina e com Química do Amor, dividida com Ivete Sangalo no disco “Ao vivo no Rio”, espetáculo com direito a parafernálias do cinema americano para fazê-lo voar no palco. A mesma estrutura foi usada neste domingo, durante o Brazilian Day, show promovido anualmente pela Rede Globo para a comunidade verde-amarela em Nova Iorque, dessa vez com Luan como atração principal.

Michel, indicado em seu terceiro ano de carreira solo. Foto: Divulgação.Michel, indicado em seu terceiro ano de carreira solo. Foto: Divulgação.

Na categoria melhor música, Michel Teló também está concorrendo, com Fugidinha, que caiu no gosto popular, tanto na gravação do sertanejo quanto dos pagodeiros do Exaltasamba.

Teló, paranense de 30 anos criado em Campo Grande, tem mais 3 indicações: melhor cantor, melhor artista sertanejo e artista revelação.

Nada mal para o terceiro ano de carreira solo, após quase uma década no grupo Tradição. Se Michel tiver tantos votos quanto sua mais nova música “de trabalho” está na boca do povo, tem chances. “Nossa, assim, você me mata' está entre as mais tocadas no País e já ganhou a fama daquee tipo de música que, quando gruda, é dificil parar de cantar.

A dupla Maria Cecília e Rodolfo completa a lista, disputando o premio de artista sertanejo do ano.

Di Ferrero, de vermelho, indicado a melhor cantor, com a banda NXZero. Foto: Divulgação.Di Ferrero, de vermelho, indicado a melhor cantor, com a banda NXZero. Foto: Divulgação.



Nossa , como estamos pobres de musica boa.
 
Antonio Quebrado em 05/09/2011 09:42:42
Agora só falta eles voltarem a Campo Grande e fazer shows... Luan Santana é de Campo Grande ou Jaraguari???
 
Luiz Alfredo de Toledo em 05/09/2011 07:19:53
Fico muito feliz em saber que nossa cidades estará representada. Parabéns.
 
Silvia Ribeiro em 05/09/2011 01:25:08
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.