A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/06/2013 15:15

Bandas Chá Noise e Canarrots se apresentam no Som da Concha hoje

Paula Maciulevicius

O Som da Concha deste domingo será com o pop dançante do grupo Chá Noise e o reggae raiz da banda Canaroots. As apresentações começam às 18 horas, no Parque das Nações Indígenas. A entrada, como sempre, é franca.

Veja Mais
Parque das Nações terá Jota Quest de graça, além de Curimba e Bella Xu
Morre ator e comediante Guilherme Karan aos 58 anos

O primeiro grupo a subir ao palco surgiu através da vontade de se fazer música pop e dançante sem deixar de lado a qualidade e profundidade das letras, que descrevem relações e intimidades. O compositor campo-grandense Xáras Gabriel, mistura influências do reggae e do rap com a produção musical de Adrian Okumoto, baixista e ex-integrante da banda Curimba, que contribui com suas influências do samba, MPB e Pop internacional.

A banda ainda conta com Jorge Jungle, tecladista e arranjador que integrou o Louva Dub e que deixa suas raízes mais undergrounds fluírem, Gleyton Berbet, que usa seus equipamentos eletrônicos com muita intuição, temperando o som do grupo e Anédio Japão, baterista influenciado pelo groove simples e forte da música rap e Hip Hop, dando peso e corpo ao Chá Noise.

Canaroots é uma das poucas bandas de Mato Grosso do Sul que se aventuram nas ondas do reggae. É formada por Lincoln Gouveia (voz e violão), Alex Domingos (teclados), Marco Lopes (guitarra), Ricardo Maisato (guitarra), Daniel Geleilate (baixo), Vlad Barbosa (bateria) e Caio Robaldo (percussão e efeitos digitais).

Composta por músicos de várias influências, o som da Canaroots se torna uma miscelânea musical de estilos, com pitadas de rock e jazz, todos eles adequados ao reggae roots. O grupo existe desde 2004 e já se apresentou em diversas cidades do interior de Mato Grosso do Sul, como Dourados, Corumbá, Ponta Porã, Bonito e Três Lagoas. Além de interpretar em seu repertório os grandes sucessos do reggae, aposta em músicas próprias, como “Jah Reinou”, “Caramuru” e “Eu Vivi”.

A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na rua Antonio Maria Coelho, 6000. A entrada para os shows é franca.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.