A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

19/11/2014 13:36

Festival de Cinema terá 44 filmes e continua com exibição em drive-in

Aline Araújo
Feste Cine acontece de 3a de novembro a 6 de dezembro no UCI. (Foto: Marcos Ermínio)Feste Cine acontece de 3a de novembro a 6 de dezembro no UCI. (Foto: Marcos Ermínio)

As poltronas confortáveis, a pipoca quentinha, o suspense do filme que está para começar, mas na telona nenhuma produção hollywoodiana e sim filmes sul-mato-grossense e dos hermanos da América do Sul, tudo de graça. Assim vai ser o 2° FestCine Vídeo América do Sul, lançado na manhã de hoje no UCI, cinema do Shopping Bosque dos Ipês onde a mostra é realizada.

Veja Mais
Final de semana tem romance, comédia, animação e três filmes nacionais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações

O festival, promovido pela Associação de Cinema e Vídeo de Mato Grosso do Sul, nasceu no ano passado para fomentar a nossa produção cinematográfica e dar ao público a oportunidade de conhecer o que é criado aqui.

A mostra reúne 44 produções brasileiras e sulamericanas que serão exibidas em salas do UCI e em um drive-in montado no estacionamento do shopping, entre os dias 30 de novembro e 7 de dezembro. As sessões terão sempre um longa convidado, seguido pelos curtas.

“A gente abre uma janela para as pessoas poderem conhecer as produções independentes”, comenta Orival Mendes Junior, presidente da Associação de Cinema e Vídeo de MS.

Orival Mendes Junior é presidente da Associação de Cinema e Vídeo de MS.Orival Mendes Junior é presidente da Associação de Cinema e Vídeo de MS.

Para alavancar a produção local, também será realizada uma mostra competitiva, o Curta MS, com seis curtas na disputal, os três mais votados pelo público serão premiados com R$ 6 mil reais para o primeiro lugar, R$ 4 mil para o segundo e R$ 2 mil ao terceiro.

“É muito bom ter um espaço em uma sala de cinema apropriada, para poder mostrar nossas produções na melhor maneira delas serem consumidas. È gratificante saber que mais pessoas vão conhecer nosso trabalho”, diz o diretor Helton Perez, de 30 anos, que teve o curta “Nós, Outros” selecionado.

Foram mais de 21 curtas inscritos, mas apenas seis escolhidos para a competição. Os outros ganham um espaço no drive in. “Ano passado teve 14 inscritos e esse ano já aumentou significativamente, é uma pena não ter espaço para mais curtas concorrerem”, avalia Airton Raes, um dos curadores da mostra.

Helton Perez, diretor do curta “Nós, Outros”.Helton Perez, diretor do curta “Nós, Outros”.

Entre os classificadas também estão produções feitas no interior do Estado como "Tempooral", de Três Lagoas e "Cordilheira da Amora II", de Amanbaí.

O filme que abrirá o festival é o metra metragem inédito "Planuras", do sul-mato-grossense Maurício Copetti. A produção apresenta um olhar poético sobre as paisagens do Pantanal e redesenha a cultura singular do homem pantaneiro.

O festival também homenageia Abboud Lahdo, Helio Camerieri e José Octávio Guizzo (in memoriam), por conta do trabalho prestado ao cinema de Mato Grosso do Sul. Além das exibições o festival terá debates e exposição fotográfica de registros ligados ao cinema.

O FestCine América do Sul foi viabilizado com recursos do FIC (Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul).

Foto do filme Planuras que abre o festival. Foto do filme Planuras que abre o festival.



Aí, só passa filme ruim e depois reclamam que tá indo dois carros só pra assistir, ano passado acho que a maior bilheteria foram 8 familias, tinha que passar filme da terra e tambem filme bom né?
 
Max em 19/11/2014 15:48:17
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.