A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

18/07/2016 07:15

Cadelinha cresceu junto com namoro e leva alianças em cerimônia simples

Naiane Mesquita
Bull terrier Akira levou as alianças com direito a véu na cabeça (Foto: Fernando Antunes)Bull terrier Akira levou as alianças com direito a véu na cabeça (Foto: Fernando Antunes)

De véu na cabeça, alianças penduradas e uma coleira rosa, Akira era o centro das atenções pouco antes do casamento. Mais ansiosa que os convidados, ela andava de um lado para o outro com seu guardião, enquanto o noivo corria para ajeitar os últimos preparativos do casamento. A cerimônia simples, porém, do jeitinho que os dois queriam, teve como momento especial a entrada da cachorrinha, que levou o símbolo do matrimônio para os “pais”.

Veja Mais
Guardiã de João, por uma semana repórter cuidou do Fusca sem freios de Júlia
Na novena que atrai milhares, até padre vai em busca de graça

 

Comportada entrando no salão (Foto: Fernando Antunes)Comportada entrando no salão (Foto: Fernando Antunes)

Akira tem um ano e oito meses de idade, mais ou menos o que Marcel e Isabely têm de namoro. “Eu sempre quis um cachorro da raça Bull Terrier. Quando começamos a namorar eu falei para ela desse desejo e um tempo depois nós compramos. A Akira acabou se tornando a nossa filhinha, não podia deixar de incluir ela na cerimônia”, afirma Marcel Cavalheiro, 28 anos, funcionário púbplico.

Apesar de agitada, Akira seguiu todo o protocolo e fez direitinho na cerimônia. Na hora de encontrar os noivos, ela aproveitou e ganhou um abraço. Isabely não resistiu, as lágrimas foram inevitáveis. Para Marcel, o casamento se tornou um sonho para os dois ao longo dos meses.

“Eu sempre quis me casar, encontrar uma pessoa que fosse importante para mim e eu achei. Ela é perfeita, maravilhosa, tudo que eu sempre desejei”, acredita o noivo.

Foi Marcel que colocou os últimos detalhes da decoração no salão de festas do condomínio da avó de Isabely. O restante foi tudo muito simples. Almoço e um bolo foram servidos, o último inclusive contou com o desenho dos noivos, de Akira e do gato da família, Bart.

Noiva chorou ao abraçar a filhinha (Foto: Fernando Antunes)Noiva chorou ao abraçar a filhinha (Foto: Fernando Antunes)
Noivo era só alegria ao retirar as alianças (Foto: Fernando Antunes)Noivo era só alegria ao retirar as alianças (Foto: Fernando Antunes)

Os anéis entregues por Akira uniram o que estava certo no coração há muito tempo. Os votos escritos pelos próprios noivos mostram muito sobre o sentimento. Ajoelhado e com bom humor, Marcel não teve medo de dizer que o amor por Isabely foi a primeira vista.

“Desde o dia em que eu vi na igreja, imprimindo os convites de uma festa, eu pensei, meu Deus é essa”, confessa.

Já Isabely, contrariando o senso comum, diz que nunca quis uma festa ou um casamento formal, mas que hoje é o melhor dia da sua vida.

“Eu te amo muito, você é muito além do que eu sonhei. Sabe que nunca quis um festa, casar, mas você me convenceu e hoje eu vejo o quanto é especial. Vamos ter dias ruins e dias bons, talvez alguns a gente nem queira olhar um na cara do outro, mas em nome de Jesus, o vento vai vir sempre e vai ser suave, como hoje, e o nosso amor vai florescer”.

Cadelinha cresceu junto com namoro e leva alianças em cerimônia simples
Cadelinha cresceu junto com namoro e leva alianças em cerimônia simples
Cadelinha cresceu junto com namoro e leva alianças em cerimônia simples
Cadelinha cresceu junto com namoro e leva alianças em cerimônia simples



sejam felizes, e foi perfeito a escolha da dama de honra, para levar as alianças.
 
Sergio Ferreira de Lima em 18/07/2016 11:54:28
imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.