A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

01/04/2014 11:00

Campo-grandense faz lista de qual mentira seria uma "boa notícia"

Viviane Oliveira
Edna Vieira mostra os exames que foram solicitados há 1 ano e três meses. Até hoje ela não conseguiu fazer pela rede pública. (Foto: Marcelo Victor) Edna Vieira mostra os exames que foram solicitados há 1 ano e três meses. Até hoje ela não conseguiu fazer pela rede pública. (Foto: Marcelo Victor)

Tem coisa que está tão difícil de ir para frente, que se acontecesse a população iria achar que tudo não passava de uma grande mentira, como por exemplo, a melhoria nos serviços básicos: saúde, educação e segurança pública.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

No dia da mentira, comemorado hoje, o Campo Grande News foi para as ruas saber que verdade contada seria mentira por estar fora da realidade da maioria das pessoas.

A vendedora ambulante Edna Vieira Teixeira, 53, diz que não acreditaria se alguém chegasse e falasse que a partir de hoje todas as pessoas vão conseguir fazer todos os exames que precisam na rede pública de saúde.

O secretário de saúde, Jamal Salém, vem anunciando que vai fazer um mutirão para normalizar a situação de pelo menos 18 mil pacientes que esperam para conseguir um exame de raio-x nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento). “Para mim isso tudo é balela, mas vamos ver no que vai dar”, diz Edna, acrescentando que a mentira tem perna curta.

Isso porque ela aguarda há 1 ano e 3 meses para fazer um exame de raio-x na coluna. “Há 3 anos não consigo dormir com problema na coluna. Fiz exame em um posto de saúde e o médico pediu vários exames, o principal ainda não conseguir fazer”, reclama.

Maria Lúcia esqueceu que hoje era comemorado o dia da mentira, mas entrou na brincadeira. (Foto: Marcelo Victor) Maria Lúcia esqueceu que hoje era comemorado o dia da mentira, mas entrou na brincadeira. (Foto: Marcelo Victor)

Compartilha da mesma opinião a depiladora Thais Grazielle Quintino, 22. Para a jovem, cada vez que passa a situação está piorando por falta de vontade dos governantes. “A grande mentira hoje é dizer que existe político honesto”, destaca.

Aos 39 anos, a auxiliar de limpeza Maria Lúcia da Cruz, prefere não comentar questões políticas. “Seria uma grande mentira se eu chegasse ao banco hoje e tivesse a notícia que nome está limpo na praça”, brinca.

Dia da Mentira - A brincadeira para o dia 1º de abril ter transformado no dia da mentira, surgiu na França. O Ano Novo era festejado no dia 25 de março, as festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de abril.

Depois de anos, foi adotado o calendário gregoriano determinando que o Ano Novo seria comemorado no dia 1º de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano iniciaria em 1º de abril.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.