A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/09/2013 06:16

Cansado do “vou estar transferindo”, cliente leva caso às últimas consequências

Paula Maciulevicius
Refém de uma ligação de 43 minutos, Paulo de Tarso vai entrar na Justiça pela falha na internet e pelos R$ 100 de bônus prometidos pela operadora. Agora ele quer azucrinar. (Foto: Cleber Gellio)Refém de uma ligação de 43 minutos, Paulo de Tarso vai entrar na Justiça pela falha na internet e pelos R$ 100 de bônus prometidos pela operadora. Agora ele quer azucrinar. (Foto: Cleber Gellio)

Quem nunca xingou a operadora de telefone celular que atire o primeiro protocolo. Isso, pra quem anota. Às vezes a conversa demora tanto que o cliente é vencido pelo cansaço. É do “vou estar transferindo o senhor” até repetir a história, os documentos e a mesma reclamação. Haja paciência para a central de atendimento das telefonias. Principalmente nos últimos dias, quando está mais fácil o sinal de fumaça do que o da própria operadora.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

O problema não é exclusividade da Claro, Tim, Oi, Vivo e o que mais aparecer. Do outro lado da linha, além dos gerúndios, que piadas à parte, ainda existem, estão a repetição de documentos. Como se alguém tivesse a paciência de ligar na operadora para se passar por outra pessoa. Nem quem tem em mente a pior vingança, apelaria para um pedido de redução do plano de internet, por exemplo.

Foi justamente num dos episódios de falha no pacote de internet que o químico industrial, Paulo de Tarso Pinheiro Resende, de 57 anos, resolveu apelar. Claro que ele já previa o tempo que iria gastar na ligação e aproveitou uma parada obrigatória durante uma viagem para, no meio tempo, tentar resolver o problema com a Tim.

Resultado: ficou refém da ligação. Ele, como qualquer cliente, não pode desligar até finalizar o processo e ter o número do protocolo. “Eu estava reclamando de um problema, a internet que não funciona. Aí eles pedem 1 minuto. Você fica 3, 4, 5 minutos e eles falam realmente tem uma dificuldade na sua área, mas vai ser resolvida até amanhã. Ok. Posso deligar? Não, tem que esperar o número de protocolo. E a cada ligação vão 30, 40 minutos, nesta foram 43. Pensa você com o celular na orelha 43 minutos?”

O relato da ligação que hoje está nas mãos do cliente é feito calmamente. O oposto do rumo que a chamada foi tomando. “O que me irritou foi a estupidez do tratamento. É uma imbecilidade em cima da outra. Eles falam que vão resolver e não resolvem. Aí eu lembrei que no início eles falam que a conversa será gravada e você pode pegar a cópia. Eu falei, agora quero a gravação e para conseguir foram mais 10 minutos”.

Paulo não só não teve o problema resolvido, em relação à internet, como também não recebeu os dois bônus no valor de R$ 50 oferecidos pela operadora na tentativa de ‘amenizar’ os problemas que ela mesma não conseguiu resolver.

“Veio a nota fiscal duas vezes, mas não veio o crédito. Eu reclamei isso também. Mas a gente falar e não falar é a mesma coisa. E é um absurdo quando eles dizem que você não pode desligar. Mas eles já sabem meu nome, meu CPF e a gente é obrigado a falar tudo. Eu dizia deixa eu viver a minha vida, não precisa, não quero protocolo”. No entanto, do outro lado da linha a resposta era que se ele desligasse, nada ia acontecer porque o sistema não permite finalizar a reclamação sem que o cliente ouça a conversa até o final.

Irritação a mais que chega até a bater o arrependimento em quem não tem a determinação que Paulo teve. “Eu vou pedir na Justiça que eles paguem o que me devem. São R$ 100, não é nada, eu vou gastar muito mais com advogado, mas agora eu quero azucrinar eles”.

Com a cópia da gravação em mãos, Paulo de Tarso vai acionar a Justiça. Ele só queria reclamar do pacote de internet. Nada resolveu até agora e ele continua na operadora, já que todas apresentam, no fim das contas, os mesmos problemas.

Se a saga para conseguir os R$ 100 de bônus dados pela operadora vai parar nos tribunais. Pobre do cliente que tenta cancelar a linha pela central. Os “vou estar transferindo o senhor” podem demorar bem mais que os 43 minutos da ligação de Paulo. O protocolo acaba sendo até um “parabéns”, dos clientes que conseguiram chegar até aqui.




estou neste momento a exatos 51 minutos no telefone tentando resolver uma cobrança indevida do UOL
 
JOÃO CARLOS NOCERA em 04/09/2013 18:03:43
A CLARO TA UM LIXO . LIXO .
 
jucelia regina em 04/09/2013 17:48:14
Tenho tido constantes problemas com a Claro, a conexão cai constantemente, vc tenta ligar para qualquer telefone nem toca porém cobram a chamada normalmente. Fora quando esta conversando no telefone e do nada cai a ligação, ai vai vc besta ligar novamente e gastar seus créditos novamente. Já liguei várias vezes reclamando e a única informação que me passam que estão passando por dificuldades técnicas porém o problema vai ser resolvido o mais rápido possível.
Isto já se passou vários meses e percebi que várias pessoas que usam a Claro estão reclamando do mesmo problema.
 
Ana Paula G. da Silva em 04/09/2013 17:26:15
Eu já aprendi. No primeiro contato anoto o protocolo. Se não cumprem no prazo, eu ligo para a ANATEL. É uma instituição que funciona. Sempre dá certo.
 
Cibely Lima em 04/09/2013 15:04:51
Sugiro a todos que tiverem alguma reclamação a fazer a rede de telefonia,comece falando que se não resolverem o motivo de sua reclamação de imediato,ligara na ANATEL,verá como resolvem rápido, mas se for preciso não deixe só na promessa, ligue mesmo.
 
Lucas da Silva em 04/09/2013 14:20:47
Se os clientes soubesse o tanto que é prejudicial para as operadores um protocolo aberto na ANATEL e o quando mais prejudicial ele se torna se ele for reaberto por não resolução. Todos os clientes deveriam abrir uma reclamação se a feita na operadora não solucionar. As operadores possuem setores específicos que tratam reclamações na ANATEL que tem metas rigorosas quanto a esses tipos de reclamações. Um caso dessas metas não cumpridas foram as proibições de vendas de novas linhas tempos atras.
 
Pedro Enzo em 04/09/2013 13:35:59
O que eu tenho a dizer sobre tudo isso, é que estamos num País de bandidos, corruptos, somos roubados diariamente e descaradamente pelo governo e vem essas empresas estrangeiras tripudiar no povo brasileiro. Essa vergonha só parará quando pararmos de pagar impostos, darmos um basta no recolhimento. Mas, esse processo tem que ser de todos, ao mesmo tempo. Simplesmente parar todos os recolhimentos de impostos, e exigir um mudança ou vão ter que ficar sem dinheiro. Essa é o único jeito de atacar esses corruptos, ficar fazendo balburdia na rua não adianta nada. VAMOS FAZER UM PROTESTO SILENCIOSO, PARAR DE RECOLHER, PARAR DE SERMOS ROUBADOS.
 
JOHN ARTMANN em 04/09/2013 13:17:29
é desse jeito mesmo, é um absurdo. Estou com problemas com a claro tv que cobra em minha fatura duas mensalidades. Diz que vai fazer a compensação dos valores mas no outro mês vem a fatura e...nada. Como sempre. Não sei mais o que fazer.
 
valesca gonçalves em 04/09/2013 12:17:19
Na realidade, se batermos todas as Operadoras no liquidificador, não dá meio copo. Tenho todas as operadoras, mas satisfeita com NENHUMA.
Em Março de 2012, tive problema sério com a VIVO, não cumprem NADA que prometem. Entrei na justiça, pedi a gravação estou até hoje aguardando. Por outro lado, após meses indo e vindo de audiência sem solução, resolvi ligar para a Anatel, que resolveu meu problema em UM dia, é mole?
Concordo, que os pobres atendentes são obrigados a enrolar o cliente. Isso é CRIMINOSO, ninguém FAZ ABSOLUTAMENTE NADA. Cade!!! O MPE, que nessa área no MS, NÃO é atuante como no PR. Falo com conhecimento de causa, PROCON e JUIZADO não resolve muita coisa, depende do caso.
Seria interessante, fazer uma matéria com ex funcionário dessas operadoras ou mesmo com
 
Neyde de Oliveira em 04/09/2013 11:27:03
Dica de quem já trabalhou com telefonia (fixo, celular e internet):
Ligue 1 vez, faça sua solicitação e pegue o protocolo. Aguarde os dias solicitados e ligue para verificar se teve solução. Não teve??
Abra sua proxima solicitação direto na Anatel com todas as informações prestadas na operadora, não se desgaste com atendente que não resolvem nada.
Em no máximo uma semana tá resolvido seu problema (será uma pessoa muito prestativa que vai te ligar), se arrumarem mas na próxima fatura acontecer novamente, reclame direto na Anatel novamente.
As operadores possuem índices há cumprir com Anatel, é ótimo ajudar o índice a demostrar a porcaria de serviço deles.
 
Fabyeni Lopes em 04/09/2013 10:54:39
Isto é mais uma das INÚMERAS coisas que não funcionam neste país.
E pra somar, temos uma qualidade de gente brasileira, encontrada a rodo, que não vale nada.
 
Ivonei Schultz em 04/09/2013 10:37:16
Eu sempre digo que telefone celular é um "mal necessário".
Mas não merecemos ser tão mal atendidos pelas operadoras.
Á poucos dias resolví cancelar um telefone celular da Claro, e passei muita raiva, foram diversas tentativas e horas escutando abobrinhas.
O Ministério Público, o Procon, a Anatel, e outros órgãos que dizem defender o consumidor, precisam tomar sérias providências no assunto.
Não podemos continuar sendo tratados como idiotas.
 
VALDIR VILLA NOVA em 04/09/2013 09:41:04
Já prestei consultoria a respeito da relação Consumidor/ Empresas. Não podemos culpar os atendentes. Eles estão realizando a tarefa que a eles foram delegadas. Todos nós somos em algum momento empregados e empregadores. Ditamos o que queremos e obedecemos o que nos é exigido. Por isso não culpe um atendente de callcenter por algum problema que você tenha com a operadora. A função dele é apenas anotar o registro da chamada e passar para o setor responsável. Ele é obrigado a confirmar dados e pedir para ser avaliado. Se ele não realizar estes procedimentos é penalizado. E o que pesa muito é o fato do cliente nunca prestar atenção no que é oferecido, não ler o regulamento das promoções e contratos do que lhe é oferecido. E se nada resolver, não discuta, registre chamado na Anatel.
 
Diego Sebastian em 04/09/2013 09:29:39
É por essas e outras que eu estou reabrindo sucessivamente a mesma reclamação na ANATEL contra a TIM, desde Julho... Eles dizem que vão resolver o problema do meu telefone que está sempre ligado, mas quem me liga recebe a mensagem da gravação afirmando que está " desligado ou fora de área" ... E a cada vez que o problema aparece eu refaço a queixa na ANATEL e repito que a TIM está mentindo para ambos, eu e a ANATEL... Já estou na quarta repetição... E também não recebi nenhum dos dois "créditos" de R$ 50 prometidos...
 
claudio fernandes em 04/09/2013 09:26:05
Tenho tido constantes problemas com a Claro, a conexão cai constantemente, e só melhora quando ameaço de procurar o Procon, mas, passa alguns dias e voltam os problemas.
 
Hilda França em 04/09/2013 09:19:06
O sistema inteiro é feito para sanear com o cliente, quando você inicia o atendimento eletrônico, a primeira coisa que pedem é o CPF, se não digitá-lo ou digitar de forma incorreta o atendimento não dá prosseguimento, ai depois de umas "enezimas" alternativas e aquela musiquinha ridícula e irritante, que foi gravada justamente para isso, você é atendido a pessoa que lhe atende pede seu CPF, sem ele claro não se dá prosseguimento ao atendimento, mais então se o atendente vai pedir para que você precisa digitar no inicio, como sempre esta pessoa não pode resolver seu problema e vai lhe transferir a quem deveria, novamente a espera e a terrível musiquinha, você é atendido e o atendente pede o que? o maldito do CPF, isso só pode ser sacanagem...
 
Marco Aurélio em 04/09/2013 09:14:32
Concordo com o Ricardo Piazza em partes! Ja trabalhei de atendente e quando pegávamos um ligação e íamos verificar os pedidos feitos pelo clientes, eram muitos! Acabava o prazo para solução e os setores técnicos(da área do respectivo pedido) deixava a mesma sem conclusão(e eramos obrigados a enrolar o cliente pois a gravação do atendente eles gravam sempre para saber se você fez o melhor para "empresa"!) ou colocava como concluído(mas o cliente dizendo que não havia nada resolvido!). Com isso nós atendentes ouvíamos cada uma de cliente e não podíamos fazer nada porque somente registramos os pedidos. As operadoras pagam um merreca para os atendentes encobrirem seus erros e ouvir por aquilo que não é sua culpa. Na próxima pede para falar com o coordenador(nada de supervisor)!
 
Alexandre de Souza em 04/09/2013 08:45:42
Falta achar um Juiz corajoso para proibir novas adesões às operadoras enquanto não forem resolvidas todas as pendências com os antigos usuários...
Esta medida já foi adotada e somente assim as operadoras tratam de agilizar seus problemas...
Tomara que alguém do judiciário leia esta reportagem e pense na possibilidade legal de fazer isto...
Parece que está virando rotina... A população está colocando nas mãos do posicionamento do Poder Judiciário tendo em vista a inoperância do Poder Executivo...
Assuntos como este é para o PROCON, Agências Reguladoras agir com presteza e rapidez e debelar de imediato!
 
Josceli Pereira em 04/09/2013 08:25:26
Com a experiencia que tenho hoje, digo que, em se tratando de serviço telecomunicações, como telefone, internet e tv por assinatura, não vale a pena reclamar e tentar corrigir os problemas, quando ocorrem, e infelizmente com frequencia.
O que sugiro, a todos, é fazer o cancelamento e procurar sempre a concorrencia. Mesmo que precise mudar de operadora 2 ou 3 vezes por ano.
No cancelamento, eles perguntam o motivo, então diga e seja determinado a manter a decisão de cancelar.
Não vale a pena tentar resolver problemas, exceto que for alguma cobrança com valor abusivo.
 
Romeu Luitz em 04/09/2013 08:23:30
Trabalho em uma empresa de Callcenter do setor de telecomunicações aqui em Campo Grande. Todos sabem como é difícil para um cliente entrar em contato com a operadora e resolver seu problema. Mas ninguém sabe como é difícil e complicado trabalhar nessas empresas. Todos os procedimentos são confusos. Todo atendimento nada mais é que um registro da reclamação do cliente que é passado para outro setor em outra cidade e que também é confuso e muitas vezes demorado. Há também os problemas técnicos pois a maior parte dos equipamentos não possuem manutenção adequada e investimentos para melhoria. Outro ponto é a jornada estressante de trabalho, veja bem NÃO É FÁCIL ATENDER CLIENTES QUE ACREDITAM EM CONTOS DE FADAS. O CÂNCER das empresas é o setor de vendas.
 
Daniel Camargo em 04/09/2013 08:13:15
Sorte do Paulo que conseguiu a gravação, um tempo atrás solicitei para a Unimed - CG uma cópia da gravação e me informaram que eu só poderia obtê-la com mandado judicial....pensa na burocracia. DESISTI...
 
Carlos Henrique em 04/09/2013 08:06:43
Para desligar uma linha na OI, gastei também um hora conhecendo todos os planos da empresa.
Você já mandou suspender um plano do debito em conta?
O dia que você mandar , nunca mais voce põe a conta para ser desconta na conta correte.
É fácil demais autorizar. difícil é suspender o pagamento.
Não vale a pena tentar pagar para ver.
 
jose oliveira em 04/09/2013 07:47:53
Eu vivi uma situação parecida com a Claro, quem já tentou cancelar um serviço pela central de atendimento sabe o que estou falando, no meu caso tentei cancelar a internet pq pelo site não tem nenhum atalho para isso, bom eu tenho 12 números de protocolos inúteis é claro (kkkkk até rimol) e sabe o que aconteceu???? Nada, tive que pagar 02 meses ainda pra conseguir cancelar. Vai em frente seu Paulo e parabéns pela iniciativa.
 
cristiana rosa em 04/09/2013 07:43:39
Realmente, é um verdadeiro absurdo essas operadoras em geral, tratam os clientes como verdadeiros idiotas. Não tem respeito nenhum. O dinheiro gasto com celebridades nas propagandas e comerciais, deveriam ser investidos em infra estrutura e capacitação. #Revolta
 
Patricia Alves em 04/09/2013 07:28:57
Dica> ao iniciar a conversa, PEÇA sempre e sempre o nome do sujeito que lhe atende e sua identificação. Faça como eles: Pausadamente repita enquanto anota, assim o teleatendente perceberá que o trem é sério.
E após pegar o número do protocolo, peça para o sujeito repeti-lo pausadamente.
Antes de desligar solicite a gravação da conversa, falando claramente o número do protocolo que deseja que seja gravado.
Com problemas ocasionados pela porcaria de uma empresa, eles após os 10 dias, enviavam via email a desculpa que por problemas técnicos não foi possível gravar. Ponto para mim, pois foi utilizado essa desculpa (que na verdade é uma AMEAÇA inicial para nós - de que estamos sendo gravados).
Protocole o protocolo na ANATEL, ligue e coloque também no Reclame Aqui. Ponto.
Demora. É um saco
 
Ricardo Piazza em 04/09/2013 07:20:04
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.