A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

01/05/2016 08:16

Com 17 cães em casa, estudante faz campanha para produzir casinhas pet

Thailla Torres
A estudante já tirou 17 cachorros da rua e 5 estão para adoção. (Foto: Marcos Ermínio) A estudante já tirou 17 cachorros da rua e 5 estão para adoção. (Foto: Marcos Ermínio)

Para dar abrigo aos cães e gatos nos dias de frio, Paola Brizuena, de 23 anos, criou em Campo Grande uma campanha de arrecadação de bacias de plástico, para fazer casas que serão doadas às famílias e ONGs para proteger os animais nos dias gelados. Apesar de lançada na semana passada, Paola está com dificuldades de conseguir as bacias.

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

"Até o momento nada foi doado e a gente se preocupa com o sofrimento deles" diz.  Ela é acadêmica de Medicina Veterinária e ressalta que mesmo que eles sejam resistentes a baixas temperaturas, por conta da pelagem, também estão sujeitos a hipotermia e sentem a necessidade de um abrigo em noites muito frias. 

Izabela, Nathalia e Paola estão arrecadando bacias para fazer casinhas. (Foto: Marcos Ermínio) Izabela, Nathalia e Paola estão arrecadando bacias para fazer casinhas. (Foto: Marcos Ermínio)

Pensando nisso, ela e um grupo de amigas que sempre fizeram partes de ONGs na cidade, decidiram se unir para conseguir doações. Também são aceitos panos, cobertores e roupinhas que as pessoas não utilizam e que podem servir para aquecer os peludos.

"Nós estamos visitando bairros e batendo de casa em casa pedindo doações. Também estamos vendo quais áreas têm mais cachorros na rua e que precisam de abrigo", esclarece Paola.

A confecção das casinhas fica por conta de Paola, sua irmã e mais três amigas que caminham juntas na empreitada. Não há limite de doações, quanto mais recursos forem arrecadados, mais animais serão protegidos. Mas o objetivo é que até o início dos dias mais frios, elas consigam entregar o máximo de casinhas e cobertores pela cidade.

Paola sempre foi apaixonada por animais, tanto que decidiu seguir na profissão para contribuir ainda mais. Ela fundou a ONG Guarda Animal e está aberta a receber voluntários que queiram ajudar com doações para os cães que ela pega na rua. "Nós não temos uma sede fixa por enquanto, mas estamos sempre resgatando e cuidando de cães abandonados para que possam ser adotados".

O objetivo é proteger os animais nos dias mais frios. (Foto: Marcos Ermínio) O objetivo é proteger os animais nos dias mais frios. (Foto: Marcos Ermínio)

Atualmente ela tem 17 cães dentro de casa. Todos foram encontrados na rua e adotados por Paola. Destes, 5 estão para adoção. Ela milita na causa desde 2014. "Eu sentia muita necessidade de ajudar. As pessoas também recebem ajuda, mas eles também precisam de amor e carinho. E todos os dias vemos cães abandonados e sofrendo pelas ruas", lamenta.

Quem deseja contribuir com doações, pode entrar em contato com a ONG Guarda Animal pelo facebook, Instagram ou pelo telefone (67) 9854-3108.

E para quem não tem uma bacia em casa, mas deseja ajudar algum animalzinho na rua ou até mesmo proteger o cão que não tem casinha pronta em casa, o Lado B encontrou opções com materiais que muitas vezes há dentro de casa. Veja que fofo:

Curta a página do Lado B no facebook




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.