A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

08/03/2016 06:45

Com 18 anos de diferença do "sim" no cartório, irmãs agora vão dividir o altar

Paula Maciulevicius
Aline e Vanessa estão nos preparativos finais para o casamento duplo. (Foto: Alan Nantes)Aline e Vanessa estão nos preparativos finais para o casamento duplo. (Foto: Alan Nantes)

Vanessa disse sim 19 anos atrás. Aline, há um ano. Irmãs, elas se casaram no civil com uma diferença de 18 anos e agora sobem juntas ao altar para a cerimônia religiosa. O casamento delas promete ser duplo também na emoção. As duas vão cruzar o corredor lado a lado até o altar, onde o pai as espera para conduzir aos maridos que voltaram a ser noivos.

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

Foi num almoço de família num domingo do ano passado que surgiu a ideia do casamento duplo. Vanessa, a mais velha, sempre quis casar de noiva na igreja. O sonho reacendeu depois que a irmã, Aline, dois anos mais nova, foi pedida em casamento.

"O noivo dela queria planejar um casamento em dois meses, mas não dá. Então conversando, a gente se perguntou: por que não casar junto?", conta a estudante de Medicina Veterinária, Vanessa Adolfo Ferreira, de 35 anos. O primeiro passo foi fechar quem faria o cerimonial para então a data na igreja e o buffet.

Convite tem as iniciais das irmãs. (Foto: Alan Nantes)Convite tem as iniciais das irmãs. (Foto: Alan Nantes)

Por serem parecidas, Vanessa conta que não houve tanta divergência. De início, Aline sugeriu uma cerimônia de dia, mas prevaleceu a ideia inicial da irmã, que queria uma festa à noite seria mais glamourosa. Juntas, quando se encontram, o assunto é só casamento. A caçula abriu mão do horário, mas não do fotógrafo e assim cada uma faz um esforço pelo coletivo.

Elas chegaram também a procurar o vestido nas mesmas lojas, mas cada uma fechou numa por gostarem de modelos diferentes. Às vésperas da cerimônia, a lista de convidados é o que mais tem pesado. De início seriam 150, mas agora o número chegou a 260. Os familiares são os mesmos, mas os amigos mudam. No orçamento, o convidado "em comum", elas dividem. Já o que for só de uma, é arcado pela noiva que chamou. 

Não é só pela "economia" que o casamento se tornou diferente. Contando com a festa, a cerimônia deve sair, em média, R$ 30 mil para cada uma. Nas contas de Vanessa, sozinha ela não teria condições de fazer um casamento como está planejando. 

O que deixa especial é a entrada. Depois do pai ter sofrido dois AVC (Acidente Vascular Cerebral), andar ficou mais difícil, ter equilíbrio também. Então será o patriarca que vai esperar as duas à frente do altar, enquanto elas andam de mãos dadas pelo corredor da Igreja Perpétuo Socorro.

Juntas elas escolheram tudo, até entrada diferente. (Foto: Alan Nantes)Juntas elas escolheram tudo, até entrada diferente. (Foto: Alan Nantes)

"O mais emocionante é isso, nós somos amigas e muito unidas. Meu casamento ganhou outro significado ao ser com ela, de dividir, compartilhar, essa é a palavra. Eu nunca imaginei que fosse conseguir realizar esse sonho e nem tampouco que seria com ela", resume Vanessa.

Entre os padrinhos, serão nove de cada lado e cabe aos filhos delas levarem as alianças. Vanessa tem um casal, Aline, apenas uma menina. Para a mais nova, a felicidade está também em compartilhar. "Não teve dor de cabeça de uma querer rosa e outra verde. Estou muito feliz, ainda mais de me casar com a minha irmã", comenta a estudante de Direito, Alinne Adolfo, de 33 anos.

Ter duas noivas na mesma cerimônia facilita na divisão de tarefas, além de ser muito mais prazerosa. "É diferente você casar e chamar sua madrinha para te acompanhar, ver o vestido. Irmã sabe de todos os perrengues que você passou na vida", compara Alinne. 

Na família, a emoção e a expectativa estão a mil. "Para os nossos pais é uma emoção muito grande, porque não foi nada combinado. Eu já tinha sido pedida em casamento e ela sonhava com isso", descreve Alinne. A mais nova prepara uma surpresa no grande dia para Vanessa. Algo que apenas elas e os pais vão entender o significado. 

Curta o Lado B no Facebook. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.