A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

20/11/2016 12:19

Depois de virar notícia, Rafa ganha prêmio, reforma de cyber e até viagem

Ângela Kempfer
Rafaela no palco, recebendo o Destaque Lado B do  do presidente da CDL Hermas Renan Rodrigues (direita) e do gerente executivo do Campo Grande News, Samuel  Echeverria (direita). (Foto: Marcos Ermínio)Rafaela no palco, recebendo o Destaque Lado B do do presidente da CDL Hermas Renan Rodrigues (direita) e do gerente executivo do Campo Grande News, Samuel Echeverria (direita). (Foto: Marcos Ermínio)

Quando a equipe do Lado B encontrou Rafaela Laureano, na manhã do dia 25 de novembro de 2015, ela ainda estava com os olhos inchados, depois de horas de choro diante da necessidade de fechar o negócio que havia criado com muito sacrifício ao lado do ex-marido. Um ano depois, Rafa tem outro brilho nos olhos. Não para de sorrir e é homenageada como exemplo de superação em um bairro esquecido na poeira, mas colocado como prioridade na vida da moradora de 30 anos de idade.

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

Em meio aos representantes das maiores empresas de Campo Grande, Rafaela ganhou status de guerreira na noite de sábado (19), durante a entrega do Prêmio Mérito Lojista. Foi uma das últimas a subir ao palco, onde recebeu o Destaque Lado B, homenagem criada pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) em reconhecimento ao trabalho do Campo Grande News na divulgação de pequenos negócios que vingam na periferia da cidade, na base da perseverança e de muito suor.

O “Cyber da Rafa” conquistou o destaque depois de ter a história contada no maior portal de notícias de Mato Grosso do Sul e de concorrer com outros casos que também viraram reportagem no Lado B nos últimos 12 meses. “A Rafa foi escolhida por mostrar uma força inspiradora. Na dura realidade que enfrenta, é um estímulo para os empresários”, justifica o presidente da CDL, Hermas Renan Rodrigues.

Após a reportagem, Rafaela conseguiu comprar um imóvel muito maior, ampliou o negócio e ganhou coragem para avançar. “Vocês me encontraram no dia que eu tinha resolvido desistir. Tinha chorado muito e ia fechar. Mas aquela reportagem mudou tudo. As pessoas do bairro começaram a me ajudar e hoje eu sou outra mulher, tenho força para resistir a tudo”, garante.

Em uma esquina do Jardim Noroeste, região do complexo penitenciário de Campo Grande, ela continua fazendo a diferença. Ajuda vizinhos a encontrarem emprego, mantém o serviço de lan house em um bairro onde a maioria não tem acesso à internet e vende de tudo um pouco, de ração a suco emagrecedor.

O ex-marido ficou no passado, com fama de caloteiro que saiu da vida de Rafa deixando dividas de cerca de R$ 40 mil, referentes aos computadores comprados para a abertura da lan house. Agora, ela divide o serviço com o novo companheiro e a sogra.

Festa ocorreu ontem à noite, premiando os melhores do varejo em Campo Grande.Festa ocorreu ontem à noite, premiando os melhores do varejo em Campo Grande.

Antes da festa de ontem, ela preparou cabelo, unhas e providenciou a maquiagem em salão de beleza do Jardim Noroeste. “Faço tudo lá. É um bairro de gente muito lutadora, que batalha para melhorar. Tem tudo quanto é tipo de comércio ali. Tenho orgulho de viver no Noroeste”, comenta ela sobre o bairro que escolheu para viver e trabalhar, como costuma fazer sempre que tem alguma oportunidade.

Preparou o visual sem conhecer a dimensão da homenagem que receberia. "Não sabia o que era o Prêmio Mérito Lojista. Sou pequeninha, né. Até que uma amiga que trabalha no Sebrae me contou que era o máximo que o comércio pode receber. Fiquei feliz demais", comenta.

Mas nem a organização sabia o que a história de Rafa despertaria nos outros empresários que participaram do evento na noite de sábado. Depois de receber o troféu Destaque Lado B, começaram as surpresas.

O burburinho natural de uma festa do porte do Mérito Lojista foi aos poucos virando silêncio e muita gente resolveu colaborar com o negócio criado no Noroeste.

 

Rafa há um ano, no dia em que virou matéria no Lado B.Rafa há um ano, no dia em que virou matéria no Lado B.

A CDL criou logomarca, página no Facebook e site para o Cyber da Rafa. Sicredi entregou uma caderneta de poupança no valor de R$ 1 mil. A Sertão garantiu todas as tintas para reforma da fachada que hoje tem apenas um vermelho descascado e a Alvorada doou material de construção para resolver o que tira o sono da mulher batalhadora. "Consegui o forro para o cyber! Lá, quando chove, a gente fica maluco, com medo de perder os computadores. Já perdi uma maquininha de passar cartão na última chuva", conta.

E quando as surpresas programadas terminaram, começou a reação espontânea de gente que viu ali no palco um pouco dos medos que todo empresário enfrenta quando decide ser dono do próprio nariz.

Duas empresas de segurança residencial resolveram ajudar. Uma garantiu todo o sistema de segurança e monitoramento para o cyber, outra vai repassar R$ 2 mil em dinheiro para Rafa investir no que achar melhor.

De uma casa especializada em produtos naturais, Rafaela ganhou mais R$ 1 mil. De pet shop foram outros R$ 700,00. Loja de informática se comprometeu em entregar computador e mesa de escritório e uma agência de turismo concluiu a felicidade de Rafaela com crédito de R$ 5 mil para merecidas férias, depois de um ano de trabalho sem pausa.

"Não tô acreditando ainda. É muita coisa. Imaginei que viria aqui para receber um troféu e já estava muito grata por isso. Agora, com tanto presente, não tenho como agradecer. É alegria demais. Vocês mudaram a minha vida. Obrigada", comemora Rafaela, pronta para investir no que até então era uma luta diária, sem expectativa de evolução a curto prazo.

Parabéns Rafa!

Agora o Lado B começa mais uma empreitada para contar histórias de pessoas que não baixam a cabeça diante de tempo ruim e merecem virar notícia boa. Quem tiver alguma sugestão, pode contar pra gente no Facebook.

 

Rafa durante visita da diretoria da CDL, que há cerca de um mês foi até o novo cyber anunciar que ela receberia a homenagem. (Foto: Alcides Neto)Rafa durante visita da diretoria da CDL, que há cerca de um mês foi até o novo cyber anunciar que ela receberia a homenagem. (Foto: Alcides Neto)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.