A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

29/10/2012 09:58

Em Campo Grande, o privilégio de escolher os vizinhos

Ângela Kempfer e Anny Malagollini
Nome escolhido para o condomínio criado por 5 amigos.Nome escolhido para o condomínio criado por 5 amigos.

Sair e deixar a casa aberta e sem preocupação, não é para qualquer um. Uma vantagem de quem consegue escolher os vizinhos, o que também não é para qualquer um. O privilégio em Campo Grande é de cinco amigos que decidiram comprar um grande terreno e formar um condomínio particular.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Mas a história é bem mais difícil de ocorrer, porque depende também de uma amizade que parece ser para a vida toda. Eles se conheceram ainda estudantes e depois de tanto tempo de convivência perceberam que poderiam sobreviver como bons vizinhos.

Cada um pagou 12 mil reais pelo terreno, parcelado em 12 vezes. Em 2002 começaram a construção e 3 anos depois iniciaram a mudança.

“A ideia era de quando estivessemos velhos cuidaríamos um do outro”, conta a fotógrafa Vânia Jucá, uma das moradoras do Condomínio “Sem Domínio”.

A vizinha, Elis Regina, lembra que, como as melhores ideias, tudo começou em uma mesa de bar. “Tínhamos uma amiga que vivia de forma parecida em Corumbá, e decidimos fazer o mesmo. Nos domingos, por exemplo, nos reunimos para almoçar juntos, cada um leva uma coisa”.

Um entra na casa do outro sem nenhum problema, todo mundo tem a chave e assim dá para ir ao vizinho, pegar um café, um ovo e depois avisar.

“Aqui, além de vizinhos somos parceiros, um quebra o galho do outro. Se um sai e deixa a janela aberta e vai chover, vou lá e fecho”, diz Vânia.

A parceria é tanta que até a faxineira é dividida, é a mesma nas cinco casas do condomínio.

 

Gostar do verde é um dos pontos que identifica os moradores.Gostar do verde é um dos pontos que identifica os moradores.

Mas nada é 100% perfeito. Como em qualquer universo particular, a turma não conhece praticamente ninguém que mora na mesma rua.

Também há alguns conflitos domésticos. Um dos problemas a ser administrado foi a bicharada. “Tenho muito bicho e tive que cercar toda a casa. Isso incomoda um pouco os vizinhos e para isso até arranjei um adestrador”, diz Vânia.

Eles não têm sindico e de forma natural vão delegando tarefas. Um cuida do jardim, outro da administração e outro das contas.

Também há “um pacto não formal” de que se alguém for vender a casa, que seja para pessoas que tenham afinidade com o grupo.

“Tem de ter a mesma parceria, o que te facilita. Tudo aqui é divertido, parecemos aqueles vizinhos de antigamente, daqueles que fazem bolo e dividem”, justifica Vânia.

Para ela, o que faz a amizade continuar preservada mesmo com um convívio tão intenso é manter a “cuca fresca”.

Outro requisito é conhecer bem o outro. “Apesar de morarmos um ao lado do outro, temos a nossa privacidade, respeitamos o espaço do outro, sabemos quando alguém está cansado e não tá a fim de papo”, comenta Elis.

Como querem continuar na paz, as moradoras pediram para não ser fotografadas e também não vamos informar o endereço do condomínio por questões de segurança.

Filó, uma das guardiãs do condomínio.Filó, uma das guardiãs do condomínio.



Amei a ideia!
 
Sâmela Lima em 31/10/2012 14:24:14
Adorei...
 
Ana Araujo em 29/10/2012 18:31:49
Acho muito bacana essa idéia de compartilhar, de repartir um espaço entre amigos.
Sou a mais nova moradora do "Sem Domínio" e estou adorando essa experiência, pq sempre tive vontade de de viver de uma forma "mais alternativa " no sentido de comunidade, de troca, de liberdade de ser quem vc é, sem se preocupar com o que os vizinhos vão pensar.
 
Geovana Andrade em 29/10/2012 18:00:27
Parabéns pela linda reportagem. Saudades de tomar um café com pão de queijo na casa de minha amiga Vânia Jucá no condomínio.
 
Marcia Maria de Brito em 29/10/2012 14:34:54
Bacana o sistema, cooperativismo desde os primórdios foi a chave da boa convivência e até de sobrevivência, o crescimento das cidades, fez com que isso se tornasse escasso, mas é muito bom termos com quem compartilhar espaço sem nos sentirmos invadidos na privacidade, se existe amizade verdadeira,existirá também o respeito mútuo cada um pode ter seu castelo e reinar conforme gosta.
 
Rodolfo de Toledo em 29/10/2012 13:56:51
Tomara que outros grupos de amigas venham copiar essa opção só assim tornarão ambientes mais seguros e agradáveis, pois viver na solidão e com insegurança ... Ninguém merecem!!! Parabéns e felicidades a vcs pela iniciativa.
 
nilzete santos em 29/10/2012 13:09:52
A amizade é a luz que não deixa escurecer a vida ! Parabéns pela iniciativa e que essa amizade perdure para todo o sempre. Amém.
 
vania ligia gutierrez em 29/10/2012 12:21:55
Misericórdia...... Onde será esse lugar? Louvável e admirável. Que essa amizade permaneça por muito tempo. Estão todos de parabéns.
 
Darci Rocha em 29/10/2012 12:06:34
Parabéns pela iniciativa do grupo. Meu sonho é viver assim também, cercado de gente amiga e de confiança. Campo Grande ta se tornando muito violenta. Moro no Resd. Flamingos e uma noite dessas dormi fora, fizeram um arrastão e roubaram 6 (seis) apartamentos, inclusive o meu. Nossa linda cidade tem uma cara meio provinciana, mas no quesito violência não deve nada aos grandes centros, infelizmente.
 
Rubens Souza de Deus em 29/10/2012 12:01:51
Deus me livre morar num lugar deste, nos finais de semana não gosto de receber ninguém em minha.....Minha casa é a minha caverna .....
 
Adailton Queiroz em 29/10/2012 11:38:25
Parabéns pela iniciativa...que a amizade ( o melhor dos sentimentos humanos) perdure para sempre!
 
Marcos Silva em 29/10/2012 11:13:23
Interessante esta ideia, com certeza, além de morar bem, há a possibilidade de reduzir
custos no condominio, sem contar a felicidade de morar entre verdadeiros amigos...; Afinal, nos dia de hoje ter amizade com vizinhos é tão raro. Grande ideia do grupo.

Adm. Cristóvão M. de Oliveira
 
Cristovão M. de Oliveira em 29/10/2012 10:46:10
Boa prática. Falta esse tipo de convivência nos grandes centros. Parabéns ao grupo, pela iniciativa.
 
Lenice de Lima e Silva em 29/10/2012 10:30:22
Amei a ideia! fico feliz em saber que existem pessoas sinceras, amigas, meu esposo tem essa ideia, só que não pois em prática! parabéns há vocêis.......
 
maria inacia rocha em 29/10/2012 10:14:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.