A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

19/11/2013 06:18

Facebook vira dedo duro e entrega o ouro durante brigas na Vara de Família

Paula Maciulevicius
Na revisão da pensão alimentícia, ao mesmo tempo em que o pai pede para diminuir o valor, alegando estar desempregado, aparece na rede viajando para Carnaval e Cruzeiro. (Foto: Cleber Gellio)Na revisão da pensão alimentícia, ao mesmo tempo em que o pai pede para diminuir o valor, alegando estar desempregado, aparece na rede viajando para Carnaval e Cruzeiro. (Foto: Cleber Gellio)

Na audiência da Vara de Família, chega cabisbaixo, com problemas financeiros e desempregado. Porta a fora da sala da juíza tem no álbum “eu na minha casa nova”, fotos do Carnaval de camarote em Corumbá, cervejas caras e viagens até de Cruzeiro. O Facebook virou prova nas audiências de assuntos de família, em disparado nos casos de pensão alimentícia e briga de bens em união estável. As redes sociais norteiam os acordos ou não, diante da 1ª Vara de Família de Campo Grande.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

A juíza da Vara, Saskia Elisabeth Schwanz, explica que a Justiça leva em consideração duas situações ao fixar os valores de pensão alimentícia a serem pagos aos filhos: a condição financeira do pai e as necessidades da criança.

Com um trabalho voltado à conciliação, em 90% dos casos em que aparece o ‘Facebook’ entre as provas, a juíza termina ação em comum acordo entre as partes. “Normalmente eles nem negam, porque no Facebook você mesmo pôs a prova. Ele mesmo postou”, exemplifica.

Os processos correm em segredo de justiça e imagino cá que debaixo de muito barraco e cara de pau. Na revisão da pensão alimentícia, ao mesmo tempo em que o pai pede para diminuir o valor, alegando estar desempregado, aparece nas fotos viajando.

Um episódio a ex-mulher apontou a prova: uma foto na rede social em que ele aparecia, dias antes de entrar com o pedido de revisão, tomando um uísque de R$ 600. Outra situação envolveu o pai da criança, que alegava não ter condições de pagar o valor, pulando Carnaval em Corumbá.

“Espera aí, pode ir no Carnaval e não pode pagar pensão para a sua filha?” questionou a juíza. A magistrada afirma que o foco não é a briga entre o casal e sim atender às necessidades da criança. E que todo mundo pode pular o Carnaval, desde que depois não deixe faltar nada aos filhos.

Ela mesmo brinca que ninguém que vai ao Carnaval resiste de postar no Facebook, mas admite que na audiência se passa de coitado e no perfil é diretor. “A pessoa se entrega, mostra várias viagens. Teve um que dizia que só podia pagar tanto, a hora que você via a lista de trabalhos dele, dava um salário enorme”, completa.

Em outro caso, ao pedir para pagar menor valor, foi surpreendido com revelações que ele mesmo postou: uma viagem no Cruzeiro com a atual mulher. “Geralmente eles só se dão conta disso depois que já virou processo. A Justiça vai se adequando à modernidade e está sempre antenada no que há de novo”, ressalta.

E não adianta espertinho sair da audiência e apagar a conta porque não vai escapar. A Justiça pode, embora a juíza entrevistada nunca tenha precisado pedir, aos provedores de internet que forneçam as informações excluídas.

Nos casos de união estável, a prova pode estar na foto daquele Natal passado juntos ou então na data de relacionamento sério. “Eles discutem a data de união estável, um diz que não estava junto em janeiro, quando comprou um imóvel, mas lá aparece a foto do Natal do ano anterior”, cita.

Como nas redes sociais o exagero impera, um dos episódios em que o pai postou “eu na minha casa nova”, a argumentação foi de que na verdade era a residência de um amigo. A saída foi provar o contrário. 

 




Essa questão da pensão alimentícia é complexa. Tive 2 filhos com o ex marido, me separei qdo meus filhos tinham 2 e 3 anos e os criei sem ele nunca ter pagado a pensão. Nunca fiquei em cima enchendo o saco. Se não quis pagar, problema dele e da consciência dele. Hoje os meninos são adultos, um é advogado, casado, bem sucedido, e o pai é bem presente na vida dele. O outro lado da moeda é que meu marido teve uma filha com uma malandra, que sempre o explorou... Só eu sei o que vivemos... Ela internava a filha em hospitais particulares só p perturbar, escolas particulares, além de uma mesada alta, que se atrasasse 3 dias ela ja tumultuava. Era jovem, saudável e nunca trabalhou, aliás teve outra filha e tb vivia da mesada desta. E a justiça apoia uma pouca vergonha dessas....
 
Stela Soares em 02/01/2014 13:12:11
Bem feito pra esses pais malandros, só poque separa da mulher, não tem mais responsabilidades para com os filhos? porque só a mãe tem que arcar com tudo e o pai só na farra, nada contra o pai ter outra mulher sair e distrair, desde que ele primeiro arca com todas suas responsabilidades, sou separada e o bonito do meu ex marido não paga pensão e posta no facebook o padrão de vida que tem, só viagens encontros de motos, restaurantes caros e alega na justiça que ganha um salario minimo, peguei todas as fotos e coloquei nos processos, agora tem gente aí que vem falar que isso é errado,que estamos bisbilhotamos a vida do outro, interessante que ele posta justamente pra dizer que está muito bem e na justiça quer dar um de coitado, queria ver se fosse com ela o que ela faria.
 
patricia santos em 26/11/2013 12:46:06
E digo mais... Meu amigo durangão fez viagem no valor de 5 mil reais pago pela namorada que o ama muito e as fotos estão todas no face dele... E ai? O outro financiou 10 milera pra arrumar o carro, e as fotos antes e depois ta no face tb... E ai? As coisas não são por ai não mulherada. Mulher toca o terror sem dó e depois quer ficar aqui no face martirizando a rapaziada... E o fera ai em baixo que paga pensão pro filho que esta morando com ele... Ai ficam quietinhas né? Na boa... Vai na justiça formaliza os 30% do minimo se for 1 filho, e vai trabalhar meu... e se ficar ruim as coisas, se espelhe em seus companheiros que ocupam cargos superiores e que ganham mais e corra atras do conhecimento deles, e deslanche no seu trabalho. É assim que homem faz.
 
Frank William em 20/11/2013 23:54:41
Ok. então após a separação os filhos devem passar a frequentar escolas particulares, consultas medicas particulares e praticar lazer apenas em lugares pagos? Me poupa vai. Você deixa a mulher com a casa e o carro. Não pode comprar nada que já vem pedido de revisional de pensão. Me poupeeeem. O custo real é com alimentação, medicamentos, vestuário, material escolar, transporte e lazer. Sendo que, o vestuário da pra comprar em locais mais em conta e se estiver em faze inicial onde perde muito, investir em números um pouco maiores que a criança. Para transporte, não preciso dizer use ônibus ou o carro do namorado novo. Lazer, use pracinhas de bairro são excelentes, visite outros bairros tb. Alimentação entra na compra mensal da mae, criança fica doente em epocas especificas. E ai?
 
Frank William em 20/11/2013 23:38:21
... Acontece que muitos homens nem sequer convivem com os proprios filhos e nem sabem do que eles precisam e já saem falando besteiras.
Não se deve generalizar os fatos, existe sim muita mãe honesta que luta contra pais que não pagam pensão, que atrasam ou sequer depositam o valor correto. A pensão não é para sustentar o filho, é para ajudar nas despesas, criação e educação a que este filho esta sendo criado, a mãe tambem colabora com a parte dela diariamente, seja fisicamente e financeiramente. Sou prova disso, trabalho e cuido do meu filho sozinha, não gasto com balada pois tenho consciencia que meu filho tem necessidades.
Alexanderson Pinto, se quer dizer que mta mae por ai faz estas coisas, diga que ALGUMAS mulheres agem desta forma e não que TODAS o fazem.
Conheça mais e julgue menos
 
Lidiane Vianna em 20/11/2013 11:25:07
Acho muito justo toda essa iniciativa da justiça em ajudar a identificar o que é mentira e o que é fato dentro de um processo de pensão alimentícia.
Caro Alexanderson Pinto, com todo respeito a sua pessoa, digo que voce não deveria generalizar os fatos. Quer exemplo? Sou formada em administração, tenho minha micro empresa, não dependo de "bolsa-governo", porem tive um relacionamento com o pai do meu filho, íamos nos casar, estava gravida, morando juntos e descobri varias traições dele. Nos separamos e ele NÃO quis ficar com o filho, a guarda ficou comigo, ele teve que pagar pensão. Para sua informação todo dinheiro que ele paga VAI TODO para o meu filho, fraldas, leite, consulta medica, alimentação, remédios, enfim tudo que ele precisa e eu completo com muito mais...
 
Lidiane Vianna em 20/11/2013 11:20:20
Eu entendo que há abusos de todos lados ( já testemunhei vários casos abusivos do pai , do(a) filho (a), mãe e geralmente todos abusam em algum momento por causa da pensão ) mas cabe a justiça julgar e cabe a cada uma das partes reclamar os seus diretos seja de guarda , reavaliação de valores e até msm restituição da pensão já paga . Facebook é só uma várias formas de prova ou/e evidencia dos abusos sejam de filhos maiores que recebem pensão msm já trabalhando, de mães q n trabalham e usam a pensão para seu uso e beneficio e ou pais que pagam pouco e/ou atrasado para poder gastar em e próprio beneficio
 
Meyre Akemi Beppu Ota em 19/11/2013 23:23:21
Acho que toda prova é válida para que se garanta os direitos de uma criança. É bem verdade que uns e outros, que nem pode se dizer que é homem, se fazem de coitadinhos, pobrezinhos, ganham tão pouco, pagam aluguel, etc, etc,para que se estipule uma pensão miserável para o filho ou filha, no entanto é uma baita mentira, e com certeza isso é visível no facebook. Mas ainda tem mais, para não estender uma briga tediosa a mulher aceita o valor mas nem esse valor miserável é pago!!! Penso da seguinte forma,não interessa se a mãe ganha bem ou mal, o que é certo é que ela não fez sozinha e o pai tem sim que ajudar a arcar com as despesas do filho. Tem uns que pagam uma miséria e acha que é tanto que até sobra para a mãe gastar com ela mesma, qdo na verdade não dá p pagar nem o lanche da escola
 
Marcilene maciel em 19/11/2013 22:21:21
Resumindo... o pai não pode comprar uma casa, carro ou moto então?? Tem que ser o eterno pobrezinho? Não pode juntar um troco e trocar de bem? O que é isso? Me parece uma empresa onde os filhos tem que ter participação nos lucros... Depois de tudo isso não quer que some depois de uma audiência? Faz favor né...
 
Frank William em 19/11/2013 20:03:31
Interessante. Sou pai e pago pensão e o que vi até hj é que, quem sacaneia a mulherada tem dó. E quem é correto a mulherada quer meter a faca. Não adianta pensão é roleta... ou vc se ferra ou não. E digo mais... camisinha é um saco e só quem usa sabe, portando a opinião de mulher não conta. Agora se eu como homem pudesse tomar um comprimido que inibia filhos, eu tomaria todos os dias, agora a mulher nem isso consegue controlar... e ainda quer da desculpa que não fez filho sozinha... Ou seja, nós temos que monitorar isso também? A vá...
 
Frank William em 19/11/2013 19:30:51
mais interessante que pagar uma pensão,e um juiz condenada uma mãe com dois filhos menores a sair de uma residencia onde essa foi construída no lote do avo paterno....condena a pagar uma custa de 1.000,00 e a desocupar o imóvel em 30 dias,se quiserem essa reportagem, eu sou a ré condenada a sair do lugar onde eu e meu ex-marido construirmos é fato. fato esse acontecido aqui em campo grande,nesse mesmo mês.
 
marli borges em 19/11/2013 18:26:05
A lei diz que a pensao é para suprir as necessidades da crianca.
Mas, muitas vezes a mulher é o motivo da separacao e exige diante da lei, nao a garantia da necessidade da crianca, mas que ELA, a ex, continue com a mesma condicao de vida que o pai da crianca vive.
Tem pontos que precisam ser analisados com atencao ...
 
Jose da Silva em 19/11/2013 16:35:39
Por essas e outras que não tenho facebook, e nem tenho qualquer outra rede social. Não sinto falta alguma. Acho que não servem para nada de útil. Facebook é apenas uma vitrine que as pessoas usam para se exibir, chamar a atenção e ostentar uma vidinha falsa, de faz de conta, de todo mundo feliz, ou outros usam como divã para pensamentos vazios, outros usam pra mandar indiretinhas para ex e inimigos. E ainda tem aqueles que ali são os politicamente corretos, todos certinhos, sequer admitem erros de português, são a favor das manifestações, mas são os primeiros a cometerem erros e transgressões na sociedade. Povo hipócrita.
 
rafael santos em 19/11/2013 16:19:15
Engraçado!Os homens reclamam tanto de ter que pagar pensão, horas essa... essas mulheres não fizeram filhos na proveta.Arquem com suas responsabilidades.Pensem bem e utilizem preservativos.Se previnam , pois quando um não quer,dois não faz.Na hora de pagar pensão viram anjos de candura.Eu só tenho dó das crianças.
 
Marcia França em 19/11/2013 15:33:27
Parabéns a Justiça. tem que evoluir sim. Para os Papais e madrastas desavisadas hoje existe a guarda compartilhada, para os defensores dos pobres pais indefesos, não é a questão tirar ninguém da farra, apenas dentro da legalidade garantir uma participação financeira na criação dos filhos, já que muitos e eu digo com conhecimento de causa não fazem sequer questão de participar da vida dos filhos, geralmente o papai termina o relacionamento com a mamãe e com o filhinho também, depois quer curtir a vida e ser espertão, pagar o mínimo de pensão e a mamãe que trabalhe, eduque e cuide dos filhos sozinha ... Quem mandou fazer né... até parece que fizemos sozinhas... Eu entendo que o que foi apresentado nessa reportagem é a iniciativa de coibir a mentira e não de extorquir... Parabéns
 
Valquíria Barbosa Canete em 19/11/2013 14:49:09
Moro em MS estou tentando cancelar uma pensão a 1 ano no RJ para meu filho de 24 anos que é casado ,tem curso superior,não temos contato e não consigo,.....porque cada advogado fala uma coisa,não sei mais a quem recorrer,desconto 1.100,00 reais de meu contra cheque,vivo de consignado , agiota e não consigo...detalhe a mãe é Assistente Social da comarca onde esta o processo ,como acreditar na justiça....aceito sugestões.99014077
 
augusto barbosa em 19/11/2013 13:47:02
Porque sempre parece que a guarda "tem" de ficar com a mãe?
"Justiça leva em consideração duas situações ao fixar os valores de pensão alimentícia a serem pagos aos filhos: a condição financeira do pai e as necessidades da criança."
o pai então nunca fica com a guarda? E se ficar, a mãe não paga pensão? Fala sério...
 
Erick Pereira de Oliveira em 19/11/2013 13:46:50
Pena q isto vem acontecendo somente agora, pois quando a descarada veio pedir pensão para meu marido ela alegava que não tinha condições de sustentar a própria filha sendo que na intimação ela mesmo diz ser enfermeira e meu marido nem diploma tem! enquanto ela posta as fotos das baladas q ela frequenta sendo camarote a carnaval e por ai vai!! E teve a cara de pau de dizer que ele nunca ajudou em nada, pois todo mês ajudava conforme podíamos mas ela sempre queria mais!! Por fim o juíz homologou uma pensão que não é justa pois teria que se diminuir o valor que se desconta em folha do inss e isto não ocorreu! mas acredito no ditado, aqui se faz aqui se paga!
 
Aletany Nunes em 19/11/2013 12:45:57
kkkkkkkkkk, alexanderson pinto, tá achando ruim em ter 58% de rua renda destinado a pensão, é simples: pare de fazer filho.
 
Nice Soares em 19/11/2013 12:25:06
Agora entendi porque meu processo não anda deve ser muito Facebook da juíza e de seus assessores.
Senhores distribui uma ação de Guarda no dia 27/08/2013 onde a mãe do meu filho deixou ele comigo e sumiu , ainda tem pedido liminar e até o presente data nada. O processo encontra-se concluso para despacho, já perdi o numero de vezes que fui até a assessoria da mesma e até agora nada, acho até interessante a iniciativa do cartório porem desde que olhe todos os casos com agilidade e dedicação.
 
Dienes do Vale em 19/11/2013 12:14:46
Interessante essa nova utilidade das chamadas Redes Sociais!
Não é o fato do pai viajar, pular carnaval ou ter uma casa nova...
mas, por conta disso, querer diminuir a "atenção" que ele dá aos filhos.
E é para cuidar deles: comida, luz e água, escola, roupa e calçado, brinquedo...
é nisso que se gasta a pensão, pai que reclama que o seu dinheiro não vai para o filho!
A Justiça tem sim que usar tudo o que estiver ao seu alcance para cumprir o seu papel.
Muito boa matéria, Paulinha e LadoB!
 
beth saltão em 19/11/2013 11:31:16
"a condição financeira do pai e as necessidades da criança", De que vale nossa constituição (Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;) se já exite uma discriminação até mesmo entre os magistrados. A sociedade tem uma cultura errada e ultrapassada de que para o bem da criança ela deve ficar com a mãe e o pai pode vê-la umas poucas vezes como se fosse uma compensação por um pagamento, uma mercadoria. Pai tem o mesmo peso na criação de um filho e deve estar presente em sua criação...
 
Alessandro Oliveira em 19/11/2013 10:48:08
Por que o judiciário não usa também a internet pra solicitar a investigação de políticos corruptos, marginais de facções e por aí afora, afinal, nas redes sociais também tem muitas informações destas pessoas que eles poderiam utilizar.
 
Kaio Gleizer em 19/11/2013 10:37:52
Ótimo trabalho desta juíza.... Enquanto ela faz audiência de revisão de pensão, meu irmão teve sua filha sequestrada pela mãe a 2 anos, ainda não tem previsão para primeira audiência na 1° vara da digníssima.
 
Ricardo Oliveira em 19/11/2013 10:32:17
É LAMENTAVEL MAIS ACHO QUE O COMENTARIO DO ALEXANDERSON ESTÁ CORRETO EU PAGO 43% DE PENSÃO AGORA PERGUNTO SE PELO MENOS 20% DISSO VAI PARA OS MEUS FILHOS, JAMAIS E TEM MAIS PAGO PENSÃO PRA TRES FILHOS E UM DESSES TRES FILHOS MORA COMIGO E NAUM COBRO NADA POR ISSO OU SEJA ESTOU PAGANDO A PARTE DA PENSÃO DELE EM DOBRO. ESSA LEI DA PENSÃO É MUITO INJUSTA SE O CARA JÁ PAGA A PENSÃO NÃO INTERESSA O QUE ELE FAZ COM A PARTE DELE.

 
MARCIO INACIO LIMA em 19/11/2013 10:14:47
Fazer filho para receber pensão virou profissão para muitas mulheres.
 
NATALHA ARAUJO em 19/11/2013 10:11:26
Engraçado como algumas mulheres defendem os maridos, e se fosse a situação ao contrario, vcs defenderiam da mesma forma?. Existem homens diferentes sim, conheço alguns, que cuidam dos filhos muito mais do que as mães. Mas ñ é esse o assunto aqui, o assunto é que alguns homens que se dizem pai, ñ ajudam em nada, dão uma merreca e se acham. E concordo plenamente que mulher tem que trabalhar essa historia de ficar em casa e alegar que ñ pode trabalhar porque ñ tem com quem deixar o filho. Por isso existem escolinhas e creches. Se eu posso cuidar da minha filha e trabalhar pra ensinar ela a ser digna, prq as outras mulheres ñ podem? Mas as despesas tem sim que serem dividas por ambas as partes.
 
Liliane Moreira em 19/11/2013 10:01:37
É isso aí juíza, não importa se a pensão será cobrado dele ou dela o que importa é o bem estar da criança e se a tecnologia pode ajudar eu apóio sua iniciativa!
 
Mara silva em 19/11/2013 10:01:05
Concordo sim que o pai tem a obrigação de pagar pensão para seus filhos, mas cadê a obrigação da mãe também. Dia deste foi audiência do meu marido para pagar pensão, enquanto a mãe da criança não trabalha e diz porque não tem com quem deixar a criança e pior alegar que o pai tem condições porque os pais dele tem uma pequena empresa e cheia de divida. Não é justo determinar uma pensão absurda para um pai que trabalha na empresa dos pais cheia de divida e a juiza aceitar uma criança de 7 anos na sala de uma audiência. Me poupe os avos não fizeram os filhos dos filhos. Há também muita injustiça.
 
Caroline Ferreira em 19/11/2013 09:48:01
O que eu acho injusto é apenas o pai garantir o sustento do filho.
A juíza dessa reportagem disse que leva em consideração a situação financeira do pai, e as necessidades da criança. Mas essas necessidades não é responsabilidade só do pai, mas da mãe também. Se uma criança precisa de 800,00 pra viver por mês, cada um deve arcar com 400,00. Mas não é o que acontece. Geralmente sobra pro pai pagar o valor total.
Dessa maneira... fazer filhos está se tornando uma profissão. Trabalhar pra que??
 
Dany Souza em 19/11/2013 09:38:58
Interessante, culpam as mães que pedem pensão como se fossem oportunistas, sou casada e não preciso de pensão, mas se colocarmos na ponta do lápis, alimentação, vestuário, lazer, e escola, pode-se ter a certeza que o valor é sempre bem mais alto que a pensão paga. Se somarmos então o valor de uma consulta particular que custa em torno de R$ 200,00 visto que os postos de saúde geralmente não resolvem nada, aí veremos a desproporção da situação. O pior é que os pais se separam e os anjinhos que sofrem... Filho é preciosidade, e quem tem um e casa sabe o valor inestimável que ele tem e que ele merece o melhor...
 
Helen Rangel em 19/11/2013 09:36:05
A Justiça, para alcançar os anseios de um povo, deve evoluir, não se limitando, somente, a "técnicas jurídicas". Para à aplicação correta da lei ao caso "sub judice", deve-se conhecer os fatos reais, onde quer que esteja. Dessa forma, facilitará o encontro da razoabilidade e do bom senso, o que reflete também: uma interpretação da lei fria de forma a gerar o calor da justiça desejada.
 
Osmar Cozzatti em 19/11/2013 09:34:32
Sra. Maria do Rosario, realmente existe todas essas necessidades que a sra. citou, mas que a grande maioria dos homens, quando se separam se fazem de coitadinho isso é verdade. Fui casada por 7 anos quando me separei no dia da audiencia o pai da minha filha se fez de tão coitadinho que quase o juiz mandou eu pagar pensão pra ele. Ele todo mes reclama de pagar 100,00 pra filha dele, vive viajando, tem uma casa com piscina, paga 750,00 de parcela de uma moto e diz que 100,00 é muito. A sra. acha isso correto? Eu graças a Deus, sou mulher o suficiente pra criar a minha filha e ñ deixar faltar nada pra ela. Mas refaço a pergunta, isso é justo, somente a mãe arcar com os custos de criar um filho, enquanto o homem esbanja dinheiro por ai, e so reclama na hora de ajudar a criança?
 
Liliane Moreira em 19/11/2013 09:08:27
Acho esse tipo de bisbilhotagem, com intuito de aumentar valor de pensão um baita recalque da mulherada....
Trabalhar não quer... quer é ficar com os rebentos pra poder viver de pensão alimentícia e bolsas do governo... ridículo isso....
A lei, que deveria ser para todos, protege as mulheres e forçam a dilapidação do patrimônio da própria criança.
Se antes de arbitrar a pensão o Juiz perguntar a um pai se ele quer ficar com a guarda da criança... certamente ele aceitará de muitíssimo bom grado e não cobrará pensão das mães.... eu pago horrores de pensão... chega a 58% dos meus rendimentos.... mas vê se a mãe quer me entregar meu filho.... vê se o juiz sabe as condições q meu filho vive.. na casa de estranhos para ela sair pra balada... ele só quer saber de ferrar o pai... cretino...
 
alexanderson pinto em 19/11/2013 08:56:45
Engraçado que na hora de fazer o filho é bom, mas na hora de cumprir com as obrigações cai fora. É isso mesmo! Esta certíssima a atitude da magistrada, os filhos não tem culpa dos atos dos pais.
 
Mary Saggioratto em 19/11/2013 08:47:26
A justiça só enxerga o que quer. A filha de meu irmão anda em festas badaladíssimas e extorque todo mês 1 salário mínimo de minha mãe que é pensionista e tem 79 anos. Acho que o juiz que deu a sentença tem horror a tecnologia....
 
elisabete da silva em 19/11/2013 08:18:27
a maioria dos homem faz isso eu tenho dois filhos e recebo 340 e so não da amor nem carinho nem atenção nem liga pra saber se eles estão bem e o pai ta construindo dois andar o filho que ele tem com a outra vive viajando a mulher come três prato de sala em cada refeição, ainda bem que meus filhos tem eu que vivo pra eles graças a deus meu filhos tem saúde
 
beia alves souza em 19/11/2013 08:05:03
a realidade é que certas pessoas estão usando principalmente o facebook como uma forma de dedo-duro, tem fatos que são úteis á sociedade, agora bisbilhotar a vida das pessoas com intuito de pensão?, me poupem, utilizem isso em prol da sociedade que esta necessitando realmente de ajuda, pois não existe segurança pública, saúde, saneamento, etc, dezenas de realidade para o povo brasileiro, cade o ministério público que vê uma rua sem asfalto, sem saneamento, povo sem médicos nos postos de saúde? cade? isso sim o facebook deveria servir mas ninguém utiliza para esses modos.
 
maria do rosario em 19/11/2013 07:41:02
Hahaha.
Uma otima iniciativa!
Curti 10x.
 
Kelly Onishi em 19/11/2013 07:34:14
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.