A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/03/2016 07:12

Família mantém tradição que veio da Alemanha e tem até árvore de Páscoa

Thailla Torres
Aline e a pequena Ana Beatriz, contemplam o colorido que dá boas vindas a renovação (Foto: Alan Nantes)Aline e a pequena Ana Beatriz, contemplam o colorido que dá boas vindas a renovação (Foto: Alan Nantes)

“Jesus morreu e nasceu”, é a explicação de Ana Beatriz Kraemer, de apenas 3 anos, para o real sentido da Páscoa. Ao lado da mãe e da avó, a pequena se diverte com colorido que sempre dá boas vindas à renovação que significa a data.

Veja Mais
Astrologia védica mostra o futuro, mas também ensina a aceitar o destino
Como mágica, o amor encontrou o palhaço e romance vive liberdade em belas fotos

A família do Rio Grande do Sul, descendente de alemães, trouxe a tradição de Páscoa para o Estado há cerca de 30 anos. É na Quarta-Feira de Cinzas que os preparativos começam, com a expectativa para montar a tradicional "Osterbaum", conhecida como árvore da Páscoa, costume que nasceu na Alemanha.

Foi Carmem Beatriz Kraemer, de 60 anos, que passou a tradição familiar para as três filhas. Ela conta que não lembra de como tudo começou. “Isso vem de longe, é tradição dos meus pais ou avós. Mas sempre fiz questão que as meninas também participassem”.

Em vez de ovos industrializados, a família produz um ninho cheio de guloseimas. (Foto: Alan Nantes)Em vez de ovos industrializados, a família produz um ninho cheio de guloseimas. (Foto: Alan Nantes)

Assim que termina o Carnaval, Carmem e as três filhas começam as preparações para decorar as casas. Além dos enfeites, a família prepara casquinhas de ovos recheados com amendoins, bolachas de Páscoa e guloseimas que são consumidas no decorrer da quaresma, até o domingo de Páscoa. A Osterbaum é feita com galho seco e decorada com ovos e símbolos que representam a nova vida.

A filha Aline Kraemer Kohl conta que a tradição é tão importante para a família quanto as de Natal. “ O Natal é lindo e é nascimento de Jesus cristo. Mas a Páscoa foi o sofrimento e ressurreição de Jesus. Ele sofreu tudo aquilo e ressuscitou pra salvar a gente”, diz Aline.

Para cada detalhe, há um significado. “A Osterbaum é feita com galho seco, que representa o sofrimento vivido por Jesus Cristo. Os ovos coloridos representam alegria da nova vida e o coelho a fertilidade”, lembra.

Pela casa, o colorido encanta. Guirlandas, decorações com ovos e coelhos nas mesas, na cozinha e até no banheiro. Aline conta que a família começa a juntar cascas de ovos cerca de seis meses antes, para colorir e rechear com amendoins, que também são colocados dentro dos ninhos pascais, onde há doces entregues no Domingo.

“Tentamos mostrar principalmente para criança a importância em manter a renovação da fé e família unida. O chocolate é ultima coisa”, comenta Aline, que há três anos não compra mais ovos de Páscoa em supermercado e produz os chocolates em casa.

Na próxima segunda-feira, a família começa a retirar a decoração, também unidos, como a tradição manda.

Coelhos e cores representam a vida e a fertilidade. (Foto: Alan Nantes)Coelhos e cores representam a vida e a fertilidade. (Foto: Alan Nantes)
Toda produção logo após a quarta-feira de cinzas  (Foto: Aline Kraemer) Toda produção logo após a quarta-feira de cinzas (Foto: Aline Kraemer)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.