A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

17/07/2015 06:34

Imagens de casal de labradores diante de uma mesa cheia são de dar dó

Paula Maciulevicius
Sophia e Hajj. Ele literalmente babando pelo bolo de chocolate. (Fotos: Arquivo Pessoal)Sophia e Hajj. Ele literalmente babando pelo bolo de chocolate. (Fotos: Arquivo Pessoal)

As fotos falam por si só e mostram que a larica também ataca os cães. Sophia e Hajj são labradores que adoram uma comida e que não podem nem ouvir o barulho de uma embalagem abrir ou ver uma mesa posta que já se achegam. O mais velho, Hajj até baba por um bolo e os olhinhos pidões da dupla quase convencem quem vê a dar um pouquinho do quibe.

Veja Mais
Guardiã de João, por uma semana repórter cuidou do Fusca sem freios de Júlia
Na novena que atrai milhares, até padre vai em busca de graça

Filhotes da casa da estudante Júlia Lopes, Hajj tem 6 anos e Sophia, 2, e muita fome desde que nasceram. "O Hajj veio de Santa Catarina, é um dos filhotes dos cães da minha tia, chegou com três meses aqui. E é o mais esfomeado, ele escuta o barulho da sacola e baba antes de ver a comida", descreve a estudante Júlia.

Sophia chegou à casa com 28 dias, como companhia a Hajj depois que a avó de Júlia morreu. Tanto a dona como o cão estavam deprimidos e foi a esfomeadinha que chegou para alegrar a casa e completar a larica. 

Alguém falou quibe? Hajj e Sophia 'secando' da janela o prato de quibe à mesa. "Alguém falou quibe?" Hajj e Sophia 'secando' da janela o prato de quibe à mesa.
Sophia mostrando como um picolé pode dar tanta água na boca. Sophia mostrando como um picolé pode dar tanta água na boca.

Júlia é categórica em afirmar que só dá, fora a ração, pão e picolé. De resto, os cães ficam só na vontade mesmo. "Tudo eles ficam em cima, mas eu não dou. Principalmente doce", frisa.

Se os cães são o reflexo dos donos, Hajj e Sophia tem a quem puxar. Júlia é lariquenta "assumida". "Eu estou sempre esfomeada, sinto fome o dia inteiro mesmo", brinca.

No início, Hajj até pulava a janela da cozinha atrás do que a dona estava degustando, hoje, os quilinhos a mais quase não o permitem nem sequer ficar em pé olhando de fora. Coisa que Sophia ainda consegue.

"Eu me divirto, não tem como. Moramos só com o meu pai, a gente passa o dia inteiro junto, quando eu abro a porta de casa, eles parecem que vão ter uma convulsão de felicidade, falta só falar", narra a relação do trio.

As fotos são bem divertidas e a dupla tem até perfil no Instagram, olhe aí:

(Curta a página do Lado B no Facebook)

Sophia, Hajj só na vontade pelo picolé. Sophia, Hajj só na vontade pelo picolé.
Filhotes do casal também serão 'lariquentos'? Filhotes do casal também serão 'lariquentos'?
Hajj vence com o olhar pidão e ganha o picolé. Hajj vence com o olhar pidão e ganha o picolé.
Júlia e um dos filhotes. Júlia e um dos filhotes.
Sophia desejando, como se estivesse na TPM, a colher de brigadeiro. Sophia desejando, como se estivesse na TPM, a colher de brigadeiro.
Hajj no picolé. Hajj no picolé.



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.