A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/07/2015 06:34

Imagens de casal de labradores diante de uma mesa cheia são de dar dó

Paula Maciulevicius
Sophia e Hajj. Ele literalmente babando pelo bolo de chocolate. (Fotos: Arquivo Pessoal)Sophia e Hajj. Ele literalmente babando pelo bolo de chocolate. (Fotos: Arquivo Pessoal)

As fotos falam por si só e mostram que a larica também ataca os cães. Sophia e Hajj são labradores que adoram uma comida e que não podem nem ouvir o barulho de uma embalagem abrir ou ver uma mesa posta que já se achegam. O mais velho, Hajj até baba por um bolo e os olhinhos pidões da dupla quase convencem quem vê a dar um pouquinho do quibe.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Filhotes da casa da estudante Júlia Lopes, Hajj tem 6 anos e Sophia, 2, e muita fome desde que nasceram. "O Hajj veio de Santa Catarina, é um dos filhotes dos cães da minha tia, chegou com três meses aqui. E é o mais esfomeado, ele escuta o barulho da sacola e baba antes de ver a comida", descreve a estudante Júlia.

Sophia chegou à casa com 28 dias, como companhia a Hajj depois que a avó de Júlia morreu. Tanto a dona como o cão estavam deprimidos e foi a esfomeadinha que chegou para alegrar a casa e completar a larica. 

Alguém falou quibe? Hajj e Sophia 'secando' da janela o prato de quibe à mesa. "Alguém falou quibe?" Hajj e Sophia 'secando' da janela o prato de quibe à mesa.
Sophia mostrando como um picolé pode dar tanta água na boca. Sophia mostrando como um picolé pode dar tanta água na boca.

Júlia é categórica em afirmar que só dá, fora a ração, pão e picolé. De resto, os cães ficam só na vontade mesmo. "Tudo eles ficam em cima, mas eu não dou. Principalmente doce", frisa.

Se os cães são o reflexo dos donos, Hajj e Sophia tem a quem puxar. Júlia é lariquenta "assumida". "Eu estou sempre esfomeada, sinto fome o dia inteiro mesmo", brinca.

No início, Hajj até pulava a janela da cozinha atrás do que a dona estava degustando, hoje, os quilinhos a mais quase não o permitem nem sequer ficar em pé olhando de fora. Coisa que Sophia ainda consegue.

"Eu me divirto, não tem como. Moramos só com o meu pai, a gente passa o dia inteiro junto, quando eu abro a porta de casa, eles parecem que vão ter uma convulsão de felicidade, falta só falar", narra a relação do trio.

As fotos são bem divertidas e a dupla tem até perfil no Instagram, olhe aí:

(Curta a página do Lado B no Facebook)

Sophia, Hajj só na vontade pelo picolé. Sophia, Hajj só na vontade pelo picolé.
Filhotes do casal também serão 'lariquentos'? Filhotes do casal também serão 'lariquentos'?
Hajj vence com o olhar pidão e ganha o picolé. Hajj vence com o olhar pidão e ganha o picolé.
Júlia e um dos filhotes. Júlia e um dos filhotes.
Sophia desejando, como se estivesse na TPM, a colher de brigadeiro. Sophia desejando, como se estivesse na TPM, a colher de brigadeiro.
Hajj no picolé. Hajj no picolé.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.