A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

25/10/2015 08:08

Lava jato coloca varal para doação de roupas na grade do estabelecimento

Lucas Arruda
Doações de peças de roupas podem ser feitas por qualquer pessoa anonimamente (Foto: Gerson Walber)Doações de peças de roupas podem ser feitas por qualquer pessoa anonimamente (Foto: Gerson Walber)

Para ajudar de alguma foram, o proprietário do Lava Jato Alegrete copiou uma ideia que viu no Rio Grande do Sul e anda ganhando espaços públicos de Campo Grande, a campanha Amor de Cabide. Gabriel Toledo Tavares fez uma espécie de varal para que pessoas deixem roupas e quem precisar de alguma peça pode pegar sem pagar nada.

Veja Mais
Astrologia védica mostra o futuro, mas também ensina a aceitar o destino
Como mágica, o amor encontrou o palhaço e romance vive liberdade em belas fotos

O lava jato funciona há cinco anos e o dono afirma sempre ter ajudado quem precisa. “Nós sempre fazíamos doações para igrejas e instituições. Tenho família no Sul, numa viagem que fiz uma vez pra lá vi essa campanha e achei sensacional, então resolvi começá-la por aqui”, conta.

Ele afirma que todos os dias muita gente deixa roupa lá e sempre tem alguém para levar para casa. “A maior parte das doações são feitas por nossos clientes, mas tem bastante gente que está passando e deixa também. Aqui é um lugar de bastante fluxo de pessoas”, diz.

Gabriel começou a campanha há alguns meses depois de vê-la no Rio Grande do Sul (Foto: Gerson Walber)Gabriel começou a campanha há alguns meses depois de vê-la no Rio Grande do Sul (Foto: Gerson Walber)

A campanha é para reforçar que ainda há muita gente boa por aí. As doações são anônimas, ninguém sabe quem doou ou para quem vai a peça de roupa.

Gabriel conta que até de madrugada deixam roupas por lá. “Uma vez um toldo rasgou e fomos olhar as gravações para ver o que tinha acontecido. Estávamos assistindo e vimos que durante uma chuva, às 4h30 da madrugada, parou uma pessoa e saiu correndo para o varal e deixou algumas calças jeans, foi algo muito bonito”, relata.

As peças que mais são retiradas do varal por quem está precisando são roupas de bebê e infantis, além de calças. Já no frio. a maior parte é de casacos. “Qualquer pessoa pode deixar o que quiser aqui”, afirma.

A troca é mútua. Quem quiser pegar qualquer roupa pode, assim como a doação. Mesmo sendo dessa forma, ele afirma que não há roubos lá. “Se a peça servir pode levar, mas só pega quem realmente precisa aqui, nunca vi alguém que não parecesse precisar ir embora com uma roupa daqui”, garante.

Quem quiser é só deixar as roupas por lá. O lava jato Alegrete fica na rua Alegrete, 932. Informações pelo telefone 3211-3262.

No lugar, além do lava jato, funcionava um restaurante, que deve reabrir no início do ano que vem (Foto: Fernando Antunes)No lugar, além do lava jato, funcionava um restaurante, que deve reabrir no início do ano que vem (Foto: Fernando Antunes)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.