A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

31/05/2016 06:25

Mãe também é fã e depois dos 50 vira tiete em show, levadas pelos filhos

Paula Maciulevicius
Autógrafo que Arlet conseguiu no LP da dupla Chrystian e Ralf. (Fotos: Arquivo Pessoal)Autógrafo que Arlet conseguiu no LP da dupla Chrystian e Ralf. (Fotos: Arquivo Pessoal)

Diante dos ídolos, Arlet e Maria Cristina voltam a ser adolescentes. Mães que já passaram da fase de levar filhos, agora é para elas que a atenção de casa se volta quando Chrystian e Ralf ou Zezé Di Camargo e Luciano anunciam show em Campo Grande. Além de fãs, elas vestem a camisa de tietes mesmo e até burlam a segurança para conseguir chegar pertinho deles.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

Arlet da Rocha Lovato, de 51 anos, garante que sabe se comportar. Mas ela mesma quem narra o que aprontou na última vez em que Chrystian e Ralf estiveram na Capital, ano passado. "Consegui a muito custo, fui subindo que nem louca no palco. Coisa que fã faz mesmo, sabe? Tinha uma escadinha na lateral, eu fiquei olhando, não tinha ninguém cuidando e foi quando saí correndo e acenei para eles", descreve.

Ralf olhou e por sinais, Arlet disse o que queria: um autógrafo no LP que tinha trazido de casa. "Aí ele pediu para o segurança levar e eu peguei no hotel no outro dia", conta.

Filha quem leva a mãe para o show. No caso, Ariane quem embarca na onda de Arlet. Filha quem leva a mãe para o show. No caso, Ariane quem embarca na onda de Arlet.

Quando os filhos eram adolescentes, era ela quem levava Ariane e o irmão ao shows, revezando com outras mães a responsabilidade pela turma de amigos. Mas foi só a filha chegar aos 20 anos, que os papeis se inverteram.

Hoje Arlet vai em todo e qualquer show, mas tem lá suas preferências: quer ir sentada em mesa e se não existe essa opção de ingresso, prefere então o camarote. "Para evitar muvuca", diz. Dona de casa, ela não só concorda como defende que mãe é mais que fã. "É hiper fã", brinca.

"Ela é fã mais que qualquer pessoa no mundo. Não sou ninguém perto do que ela é", compara a filha. Ariane Lovato, hoje com 31 anos, chega a pagar até R$ 500,00 em ingresso para levar a mãe. "Eu não acho estranho porque a gente foi criado com ela fã desde sempre. Quando ela quer, todo mundo tem que ir", brinca a filha.

Zezé Di Camargo e mão de Maria Cristina. Mãe e fã da dupla. Zezé Di Camargo e mão de Maria Cristina. Mãe e fã da dupla.

Como retribuição é que a filha Luciana comprou, de presente de Dia das Mães, o ingresso do show de Zezé Di Camargo e Luciano, para Maria Cristina. Foi só depois dos 50 que a mãe teve a oportunidade de ir à primeira apresentação da dupla que é fã. Em 2014, eles vieram e ela guarda até hoje a palheta ganhada.

"Foi o segundo show que fui na minha vida. O dia que a minha filha me falou, eu fiquei na maior felicidade do mundo", lembra Maria Cristina Cafure, de 56 anos.

Assistente social, ela sonhava com a noite da apresentação, ficou com a cara no palco e aproveitou até pelos shows que não foi. "Me esbaldei. Mãe também é fã e nós ficamos do lado deles, eu peguei na mão... Foi o melhor presente que já ganhei", garante. A filha também vê nos ingressos, o dinheiro mais bem gasto. 

"Ela é muito fã e eu acabo virando por tabela. Nunca fui ninguém específico como ela, que tem todos os CDs, mas eu cresci ouvindo Zezé Di Camargo com ela", conta a filha, Luciana Cafure, de 31 anos.

A filha embarcou e disse que realizou um sonho junto da mãe. "O engraçado é que ela é tiete, eu tive que ficar falando: 'calma mãe', porque ela queria pegar até na bota deles", brinca.

Curta o Lado B no Facebook. 

Maria Cristina e Luciana no melhor presente de Dia das Mães. Maria Cristina e Luciana no "melhor presente de Dia das Mães".



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.