A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

18/07/2016 06:05

No contraturno da escola, Ellevar faz criança descobrir e fortalecer habilidades

Informe Publicitário
A Ellevar foi criada para descobertas todos os dias. Nos cubos coloridos, as texturas e cheiros são sempre uma surpresa. (Foto: Alcides Neto)A Ellevar foi criada para descobertas todos os dias. Nos cubos coloridos, as texturas e cheiros são sempre uma surpresa. (Foto: Alcides Neto)

A vontade de duas mães de garantir aos filhos o que for preciso para desenvolver suas habilidades acabou ganhando forma e endereço. Na Rua Padre João Crippa, um prédio de 360 metros quadrados, cheio de cor e estímulos, é um lugar de descobertas. Foi pensado por Laura Pimentel e Fabiana Vieira, com a experiência de quem tem três filhos super espertos e com energia de sobra para chegar muito longe nesta vida.

O Centro Infantil de Habilidades Ellevar acaba de ficar pronto e vai receber as crianças no contraturno escolar. O espaço chega a Campo Grande como alternativa ao velho “período integral”, para transformar a relação dos pequenos com o mundo. Não há conteúdo formal, nem hora de fazer tarefa, muito menos imposições ou padronização. No lugar da educação convencional, surgem aulas de teatro, dança, música, parede de escalada, brincadeiras tradicionais e muita tecnologia.

Pela manhã - de 7h30 às 11h30, ou à tarde - de 13h30 às 17h30, as turmas com, no máximo, 12 alunos, têm quatro oficinas ao dia. O trabalho é individualizado, elaborado para quem tem entre 2 e 8 anos de idade, independente da condição física ou intelectual, entender que muito do que foi taxado até agora como problema, na verdade, é um desafio bom de ser vencido.

São 5 salas para diferentes oficinas, como de dança e teatro. (Foto: Alcides Neto)São 5 salas para diferentes oficinas, como de dança e teatro. (Foto: Alcides Neto)
Parede de escalada é certeza de diversão entre a garotada. (Foto: Alcides Neto)Parede de escalada é certeza de diversão entre a garotada. (Foto: Alcides Neto)

Primeiro, é feita uma entrevista com os responsáveis. Depois, as crianças entram em dinâmica de 1 hora de jogos com a psicóloga. Com base no que foi dito e observado, os profissionais da Ellevar propõem quais habilidades e competências devem ser estimuladas.

“Muitas vezes, a criança tem uma expressão corporal mais aflorada, levanta e senta toda hora na sala de aula, por exemplo. O que pode ser problema na escola, aqui vai ser valorizado como um potencial. Temos que canalizar para que se transforme em algo útil”, explica a diretora executiva da Ellevar, Michelle Alencar Antunes.

Nesse caminho, um dos recursos empregados é a Programação Neurolinguística. As palavras ganham novos significados e assim vão fortalecendo a autoestima, criando gente poderosa e decidida. Fracasso, por exemplo, sai do vocabulário para entrar “resultado”. Assim como a dificuldade que virou desafio. Palavras como singularidade e igualdade têm valor incontestável por ali.

“Ao longo da vida, vamos criando estruturas e muitas delas ganham marcas negativas, são levantadas de maneira equivocada. Aqui, a ideia é formar novas estruturas. É motivar o senso crítico, a percepção corporal, a concentração e a disposição.”, diz Michelle.

O Centro oferece dois programas. O “Essencial” é realizado 2 vezes por semana, com oficinas de brinquedoteca, música, expressão corporal, psicomotricidade, tecnologias e artes. O “Seu Filho ao Máximo” ocorre 3 vezes por semana e contempla as 8 oficinas da Ellevar. Também há possibilidade de contratar apenas uma das oficinas, que vão das artes plásticas à música.

As turmas são formadas a partir dos interesses de cada criança, levando em conta a faixa etária, estágio de desenvolvimento e habilidades a serem reforçadas ou adquiridas. 

Equipamento usado na aula de musicalização tem tecnologia que emite som de vários instrumentos ao toque dos dedos.Equipamento usado na aula de musicalização tem tecnologia que emite som de vários instrumentos ao toque dos dedos.

Como todo mundo tem vez no Ellevar, o projeto preza não só pela acessibilidade aos ambientes, com elevador e rampas. A equipe buscou também tecnologias para que a falta de visão, audição ou mobilidade não atrapalhem o aprender brincando. O programa Timocco, por exemplo, funciona como videogame. É uma plataforma interativa de reabilitação, especial para crianças com paralisia cerebral ou transtornos de aprendizagem. 

O lugar é tão especial, que só visitando para perceber quanto é diferente e todo potencial do espaço. Por isso, a Ellevar terá um dia aberto às crianças nesta semana.

O Day Use será na próxima quarta-feira (20). Para participar, os responsáveis devem entrar no site do Ellevar, http://www.ellevarcih.com.br/tenho-interesse/ , preencher a ficha de interesse e esperar o sorteio, que será hoje mesmo, segunda-feira (18), às 18h. São 24 vagas gratuitas. O Centro entrará em contato com os sortudos e as crianças passarão a tarde em oficinas, com lanchinho oferecido pela equipe.

Para saber mais, entre no site ou apareça para uma visita. O Centro Infantil de Habilidades Ellevar fica na Rua Padre João Crippa, 2909. As matrículas estão abertas e as aulas começam no dia 1º de agosto. O telefone para contato é 3321-5551.

O maior objeto é criar crianças felizes. (Foto: Alcides Neto)O maior objeto é criar crianças felizes. (Foto: Alcides Neto)
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.