A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

18/12/2014 06:34

Papai Noel faz anúncio em classificado e vai entregar presentes de Corcel II

Elverson Cardozo
Papai Noel chega de Corcel II e tocando sininho. (Foto: Marcelo Calazans)Papai Noel chega de Corcel II e tocando sininho. (Foto: Marcelo Calazans)

Wandeclei de Lourdes Dias, 33 anos, é porteiro de um condomínio em Campo Grande. Durante a semana, ele atende moradores e visitantes. Fora do horário de trabalho, nas folgas, monta, em eventos, mesas para vender fondue e crepe.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

A renda extra ajuda na despesas. Mas dinheiro nunca é demais. Neste final de ano, ele encontrou outra forma de reforçar o orçamento: virou Papai Noel. Sem trenó e sem as renas, o homem anda a cidade, com a mulher a filha, ouvindo “Jingle bells” e dirigindo um Corcel II 79/80.

Foto do anúncio que gerou críticas no Facebook. (Arquivo Pessoal)Foto do anúncio que gerou críticas no Facebook. (Arquivo Pessoal)

A ideia de encarnar o “Bom velhinho” partiu de uma brincadeira, no Natal do ano passado, quando uma amiga o convidou para animar a festa da filha. Na época, o porteiro tinha em casa uma fantasia doada por parente. Diante da proposta, ele não pensou muito. Colocou o figurino, foi para o evento e voltou com R$ 100,00 no bolso.

Como viu que deu resultado, Wandeclei resolveu tentar outra vez. Este ano, alugou uma fantasia por R$ 50,00, tirou fotos a caráter e fez um anúncio em uma página de classificados do Facebook.

A caracterização não agradou todo mundo. Muita gente tirou sarro por achar o Papai Noel um tanto tabajara, mas, para ele, o problema está nos outros, que não entendem e nem cultivam o espírito natalino.

Por outro lado, teve quem adorou. “No dia 24 minha agenda está lotada, das 18h a meia noite. O pessoal agendou para eu eu ir à casa deles entregar presentes para as crianças. Vou ficar uma hora em cada”, conta, ao dizer que, depois, vai aparecer vestido de Papai Noel na casa dos parentes e aí, sim, compartilhar da ceia.

Percurso - No dia das entregas, o trabalho começa às 18h, na Moreninha, depois ele vai para o Rita Veira, Monte Castelo e, por último, no Joquei Clube. “Vou chegar com caixa de som, musiquinha de Natal, tocando sininho e chamando as crianças”, adianta.

Ele fala que a intenção não é ganhar dinheiro, só arrancar sorrisos, mas cobra, no mínimo, R$ 70,00 por uma hora de serviço. O valor chega a R$ 120,00 se a visita for tarde, depois das 23h.

“É o gasto com a gasolina que tenho. Moro na Moreninha. Os Papais Noéis de hoje cobram pelo menos R$ 150,00”, tenta explicar.

Wandeclei diz que encarna o Bom Velhinho para arrancar sorrisos e distribuir alegria, mas cobra por isso. (Foto: Marcelo Calazans)Wandeclei diz que encarna o Bom Velhinho para arrancar sorrisos e distribuir alegria, mas cobra por isso. (Foto: Marcelo Calazans)

Apesar de dizer que ignora as críticas, Wandeclei diz que pretende melhor a caracterização. Vai começar trocando a barba sintética por outra mais natural. Também vai comprar a própria fantasia. "Ficar alugando não dá”, afirma.

Ele também já tem planos para 2015: “Minha intenção é fazer uma equipe porque eu cancelei muita gente este ano. Recebi muitas ligações”. O porteiro também quer decorar o carro. A princípio, apenas com pisca-pisca.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.