A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

04/08/2013 12:54

Ponte do Parque trancafia amor de outros dois casais em cadeado

Paula Maciulevicius
Que término nenhum possa abrir o amor que foi literalmente colocado na ponte. (Foto: Cleber Gellio)Que término nenhum possa abrir o amor que foi literalmente colocado na ponte. (Foto: Cleber Gellio)

Na semana que passou o Lado B contou a história de Renato Pavan, 27 anos e Vanessa Feitosa, 28, anos, o casal que literalmente colocou o amor na ponte, trancou o cadeado e jogou as chaves fora, no lago do Parque das Nações Indígenas. A ideia tirada das pontes tradicionais por ‘trancafiar’ amores, na França e Itália, parece virar moda entre os apaixonados. Hoje, outros dois cadeados dividem espaço e selam amor dos casais Luiz Karon e Jhennifer Torres e Jader e Márcia.

Veja Mais
Casal deixa o amor registrado em ponte, coloca cadeado e joga as chaves fora
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração

Quem passa pelo Parque subindo em direção à concha acústica se depara com os cadeados na parte baixa da grade, do lado esquerdo. Da gravação mais simples, com caneta mesmo, até a que exigiu apoio profissional, são casais que quiseram registrar o amor um pelo outro.

Não dá para saber qual dos dois veio primeiro, depois de Renato e Vanessa. O que leva o nome de Jader e Marcia escrito em caneta tem a data 2 de agosto de 2013, o que sugere que foi colocado ali na última sexta ou que o casal começou a namorar agora. No outro, Luiz Karon e Jhennifer Torres tem o que a gente acredita ser a data quando tudo começou, dia 5 de fevereiro de 2010.

Dessa vez a gente não contou a história dos casais em questão, mas dá para imaginar o romantismo que vivem esses quatro apaixonados. Para a dupla 'precursora', Renato e Vanessa, o significado era além do valor econômico, envolveu o sentimento e amor de um pelo outro e a materialização da ideia de que o coração deles só se abre com uma única chave.

Pela tradição, o lago agora ganhou duas chaves com outros protagonistas num enredo de amor. Que término nenhum possa abrir o amor que foi literalmente colocado na ponte.




Nada se cria, tudo se copia.... Pont dês Arts (PARIS)
 
Mauricio Secco em 07/09/2013 15:43:02
A poluição Antonio e Rafael está nas suas faltas de sensibilidade!
 
Luis karon em 05/08/2013 18:17:22
LINDOOOO!!!! Parabéns ao casal que começou!!!
Vai ser mto legal isto aqui em Campo Grande!!!!
Um cantinho dos eternos namorados no parque era o que faltava...
 
Dandara Lins em 05/08/2013 15:46:53
Gente, esse Rafael e esse Antonio levaram um "fora"?
Romantismo ainda existe sim! Viva o amor!
 
Beth Saltão em 05/08/2013 10:48:17
Quanta bobeira e falta de criatividade. Quero ver o quanto vão durar essas relações. Inveja dos outros casais que fizeram e pura falta de criatividade, e os caras fazem isso só pra agradar as iludidas das namoradas.
 
Rafael Santos em 04/08/2013 14:46:37
Pronto, agora arrumaram outro jeito de poluir o visual dos passeios publico, teve a época do desenho de coração com flecha feito a faca nas pobres arvores, depois em pichações nos muros, e agora cadeados, que se alguém não tiver o bom censo de tira-los, aí ficarão muito provavelmente até depois que esse amor simbolicamente por eles trancados, tenha se exaurido, lamentável.
 
Antonio Mazeica em 04/08/2013 13:55:25
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.