A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

15/04/2016 06:15

Quando a gente sorri e agradece, a vida fica muito mais leve e agradável

Mariana Monge
Após tanta mensagem boa na oficina, os sorrisos foram inevitáveisApós tanta mensagem boa na oficina, os sorrisos foram inevitáveis

Nesta semana, promovi uma oficina motivacional para a equipe que eu coordeno, formada por três meninas, cada uma com seu jeito peculiar e seus sonhos pessoais. E a ideia do encontro, além de quebrar a rotina, era de exercitar a autoestima. Enquanto a Liv (atriz e cantora) conduzia um bate papo muito bacana com elas, eu fiquei no computador, responsável pelo “play” da trilha sonora da oficina.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

Teoricamente, nada daquilo era pra mim, pois foi tudo pensado, elaborado e voltado para elas. Mas, intrometida que sou, fiquei o tempo inteiro de olhos atentos e ouvidos abertos. E a cada palavra, eu percebia como a autoestima é um exercício complexo, diário e essencial para todo mundo e em todos os campos da nossa vida.

Além do proveitoso bate papo, Liv maquiou as meninas.Além do proveitoso bate papo, Liv maquiou as meninas.
E o sorriso ao final do momento foi o melhor resultado!E o sorriso ao final do momento foi o melhor resultado!
Fez com que enxergassem a beleza particular de cada uma.Fez com que enxergassem a beleza particular de cada uma.

No meio de tantas falas importantes naquela manhã, alguns pontos me chamaram bastante a atenção. Pode parecer besteira, mas um sorriso, mesmo que um pouco capenga, de fato tem o poder de mudar o ânimo, quiçá o dia. E não é que um simples lápis nos olhos, um rímel nos cílios e um batom nos lábios dá um tapa na melancolia?!

Mas o que mexeu realmente comigo foi a analogia entre a nossa felicidade e um trem no trilho. Às vezes, perdemos o foco de nós mesmos e descarrilamos. Ser feliz e encontrar a paz interior são exercícios diários e constantes, que exigem muito de nós . Manter nosso trem no caminho é desafiador e volta-e-meia precisamos dar aquela rebolada para as coisas entrarem nos eixos.

Nem sempre os dias caminham bem. E é nesta hora que precisamos focar no que há de bom em nossa vida. Porque sempre há algo bom, mas de repente este algo esteja tão intrínseco na nossa rotina que não conseguimos sequer enxergar o quanto temos a agradecer.

E aí entra outro ponto interessante que foi citado na oficina e que eu guardei comigo... Na vida, nem sempre estamos onde desejamos, onde sonhamos e até onde lutamos para estar, mas ainda assim, devemos agradecer pelas possibilidades que tivemos até chegar onde estamos.

O meu desejo, por exemplo, é ser uma escritora com textos publicados em vários jornais, revistas, livros, canais, blogs... Mas eu me sinto imensamente feliz por hoje eu conseguir dividir os meus sentimentos, pensamentos e experiências com cada pessoa que trompa com um texto meu, por acaso ou não...

Quando lembro de mim aos 18 anos me imaginando aos 30, vejo que bem pouco do meu trajeto saiu conforme meus planos. Aliás, bem pouco também se cumpriu daquilo que imaginei há um ano. Alguns aspectos estão bem melhores, outros nem tanto, outros terrivelmente piores... E assim, levo a vida!

E como não há nada na vida que não possa piorar, acredito que cabe a mim mesma fazer a diferença nos meus dias. E neste percurso, descobri que a gratidão tem 90% de responsabilidade por dias melhores.

Por fim, com o coração completamente agradecido e um banho de autoestima, sorria e desfile pela vida, espalhando amor e caridade onde quer que você passe. Talvez isso não resolva a conta negativa no banco, nem os problemas da empresa, tampouco a situação política do país... Mas com certeza, te fará uma pessoa mais leve e mais agradável (para si e para os outros), e isso já é meio caminho andado.

Ah, e sobre a oficina... Foi tudo isso e o trabalho por aqui tem rendido bem mais!

Mariana Monge é jornalista e colaboradora do Lado B. Mais textos na página da autora.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.