A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

07/11/2014 11:19

Rapaz furta R$ 6 só para voltar ao presídio e reencontrar o “grande amor”

Helio de Freitas, de Dourados
Danilo Ferreira disse que tem relacionamento de um ano dentro da Phac e não quer mais ninguém (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Danilo Ferreira disse que tem relacionamento de um ano dentro da Phac e não quer mais ninguém (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

Para poder voltar ao presídio, onde ficou por um ano e lá conheceu o “grande amor de sua vida”, Danilo Maurício Souza Ferreira, 19 anos, o Danilinho, furtou uma bolsa na tarde de ontem em Dourados, a 233 km de Campo Grande, menos de uma semana depois de ganhar a liberdade.

Veja Mais
No Tiradentes, brasão do Chapecoense surge na rua como uma homenagem do bairro
Com quadros de amigos e fotos do passado, casa de Isac é pura recordação

Para garantir o retorno, ele pegou R$ 6 em moedas da bolsa que estava em um carro deixado com o vidro aberto, no centro da cidade, mas não tinha preocupação com a quantia, garante. Ele jura que queria mesmo era ser preso. "Só quero voltar para os braços do meu amor", justificou depois.

A dona do carro viu o rapaz furtando a bolsa e o avisou que chamaria a polícia. “Pode chamar, eu disse, aí saí andando, corri umas duzentas quadras, mas a força tática me pegou. Levei uns tapas, mas está tudo bem, tudo pela ordem”.

Na delegacia, Danilo chorou e disse que estava com saudades do companheiro, que não via há seis dias. Preso em flagrante pela Polícia Militar, a justificativa para o crime foi surpreendente. Contou que no período em que ficou na PHAC (Penitenciária de Segurança Harry Amorin Costa) conheceu outro interno, e “se casou”.

“Amor, muito amor”, respondeu o rapaz ao ser perguntado por qual motivo queria tanto voltar para a penitenciária.

Nesses seis dias longe do presídio, Danilo ficou sozinho e sentiu a falta do companheiro que continuou na prisão. “Gosto muito dele, amo muito ele, só quero ele. Não quero mais ninguém, sou apaixonado por ele”, afirmou Danilo em entrevista à rádio 94 FM.

Danilinho é um “velho conhecido” da polícia douradense. Natural de Deodápolis, a 66 km de Dourados, foi preso pela primeira vez na cidade no dia 17 de maio do ano passado, após furtar seis barras de chocolate em um supermercado do Centro. Dez dias depois, mais uma prisão, dessa vez no Jardim Novo Horizonte, onde tentou furtar uma bicicleta.

“Eu só fui preso por 155 [artigo do crime de furto no Código Penal]. Não cometo assalto, não mato ninguém, não tenho coragem de fazer nada, só furto”, afirmou o rapaz, que foi novamente autuado em flagrante pelo crime que já tinha sido preso outras duas vezes.

A polícia informou que ele deve ficar alguns dias numa cela do 1º Distrito Policial e logo será levado para o presídio. Danilo disse também que é dependente químico: “crack, pó, maconha, pedra e bebida. Eu estou perdido, mas quero ele, só amo ele”, afirmou sobre o “amor” que ficou no presídio.

Danilinho é imobilizado por policial militar após furtar bolsa para poder voltar ao presídio e encontrar “grande amor” (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Danilinho é imobilizado por policial militar após furtar bolsa para poder voltar ao presídio e encontrar “grande amor” (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

Danilinho fala com convicção e chegou a chorar durante a entrevista. "Quero passar o resto da vida com ele. Amor é gostoso. Quem ama cuida".

O amado foi preso por homicídio e tráfico e há um ano os dois começaram a namorar no presídio, inclusive, com o consentimento das famílias, garantiu o rapaz. "Eles me respeitam muito e minha família também respeita ele", contou.

Se fosse pela vontade de Danilinho, ontem mesmo ele iria para o presídio, tamanha era a vontade do reencontro. "Eu falei para ele que em menos de 6 dias eu tava de volta", lembrou.

Mas nem tudo é doçura na conversa do apaixonado. Caso encontre o "marido" com outro, o tom deve mudar bastante, avisou: "Eu mato os dois".

Por fim, termina com ternura, mandando um "beijinho". Veja o vídeo com a entrevista completa concedida ao jornalista Sidnei Bronka:




Este ta cheio de problema!
 
Roma em 07/11/2014 13:02:35
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.