A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/09/2013 06:57

Sob a tenda, casal de ciganos virou evangélico sem deixar o acampamento

Paula Maciulevicius
Cigano, Fábio se tornou evangélico junto com a família. (Foto: Cleber Gellio)Cigano, Fábio se tornou evangélico junto com a família. (Foto: Cleber Gellio)

Eles vestem calça jeans e camisa. Elas, saia e blusa. Não se oferecem para ler a mão e nem tampouco estão carregados de joias. Em Campo Grande, na região da avenida Guaicurus, um acampamento de seis famílias de ciganos pode ser visto de longe, pelas tendas armadas. No meio da manhã, em horário de expediente, o Lado B encontra, por acaso, o mais inusitado casal, Fábio e Paola deixaram de lado o que pregam hoje como idolatria e passaram a ser “servos de Deus”, como se apresentam. Pouco comum no meio, eles viraram evangélicos em meio ao estilo de vida em que nasceram.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Eles não se abrem de imediato. Sondam um pouco até que começam a contar a própria história. Com um costume patriarca, é o chefe da família, Fábio Aristides de 34 anos, quem primeiro narra toda a trajetória. Há três meses na Capital, eles passaram um ano em Caarapó e antes disso estiveram em Cascavel, no estado natal dele e da esposa, Paola Aristides, de 29 anos.

É mais fácil perguntar onde o casal não esteve. Da região Sul até Rondônia eles já passaram. Mas o divisor de águas foi há um ano, em Caarapó, quando o casal se converteu sem deixar de lado as raízes. “Antes a gente olhava a sorte, mas Deus chamou e numa graça, eu abandonei pela Bíblia”, testemunha ele.

O depoimento segue as palavras de qualquer religioso que tenha se encontrado na igreja. No entanto, a gente custa a acreditar que ouve o relato dentro de um acampamento cigano. É mais uma quebra de estereótipo que está mais enraizado em quem está de fora, do no sangue cigano.

“Eu dobrei meu joelho e pedi para Deus me libertar da idolatria, que eu queria misericórdia da minha alma depois da morte. Entrei na igreja e pedi um sinal pra Deus me chamar e ele me chamou pelas águas do santo batismo. Com a minha esposa, Deus chamou por um hino em sonho ‘Avantes do senhor, sem temer’ e ela nunca mais leu a mão de ninguém”.

 

Água utilizada pela família que em potes de plástico. (Foto: Cleber Gellio)Água utilizada pela família que em potes de plástico. (Foto: Cleber Gellio)
Tenda onde vive a família. (Foto: Cleber Gellio)Tenda onde vive a família. (Foto: Cleber Gellio)

Os dois que antes eram casados pela palavra, que no mundo cigano tem mais valor do que qualquer papel assinado, tiveram de passar pelo cartório depois de 11 anos como marido e mulher perante os costumes. A justificativa deles é que continuar como estavam era permanecer em ‘furnicação’.

Parte da conversa corre em português, no entanto, as frases ora são ditas em ‘romani’, o dialeto cigano, muito antigo, com palavras que lembram o grego, ou só parecem mesmo para quem ouve. “Somos uma família romani, nossos avós eram da Romênia, mas nós somos brasileiros, eles foram falecendo e ficou a geração de hoje”, conta.

O modo de vida deles não é particular do casal por ser evangélico. Embora a profissão mais masculina, de vendedor de roupas de cama, venha se encaixando nelas, é ainda pouco comum ver as mulheres fazendo algo que não seja a leitura de mãos. O costume é enraizado neles como o sangue cigano. “Como vai ser cigana se não lê a mão? Não é cigano. Nós, na verdade, somos evangélicos. Antes éramos ciganos, hoje somos um servo de Deus”, argumenta.

Fábio diz a todo momento que a vida de agora é diferente. Ele, a mulher e os dois filhos, de 3 e 6 anos, aguardam uma casa que, segundo ele, virá pela graça de Deus. O tempo em que moraram em Caarapó, eles alugaram casa. A vontade de voltar para quatro paredes é maior da parte dele.

“Nossa vida é muito sofrida, nós viajamos muito. Onde chega arma barraca e as pessoas não deixam a gente ficar. Eles não sabem que dentro da gente tem um coração que ama também. Já chegamos em lugar que meus filhos estavam com sede e não deixaram eu pegar água”, desabafa.

Não é só por isso, mas Fábio não detalha todos os motivos de querer uma casa fixa. Questionado se iria conseguir parar nela, ele já adianta “eu vou ter a minha, mas vou passar uns dois ou três dias fora, vendendo”.

A definição de cigano por ele vem da palavra, coisa escutada dos pais e avós já que o rapaz nunca frequentou escola que não fosse debaixo de tenda. “Ciganos, siga por anos, eles andam sem parar. Um cigano tem aquilo na veia. De vender, viajar e não aguentar ficar parado num lugar. Eu tenho orgulho e gosto muito das tradições”, resume.

A mulher dele, reservada ao extremo se pronuncia para defender que “quem está nessa vida, se ficar parado, fica doente. Eu em Caarapó não aguentava mais”.

Evangélica por influência do marido e depois do chamado de Deus, ela fala que quando foi procurar o que lhe faltava, ouviu do meio que aquilo não era para ela, não era para ciganos.

“Ser cigano tem o lado bom, somos pessoas livres, vocês, a sociedade prende muito. Tem que estudar, se formar, arrumar emprego. O que é ser cigano? Para mim, sinceramente não sei”.




Senhor Paulo Miranda, vejo que vc é entendido, então deve saber que para servir a DEUS não precisa ser hipócrita, mentiroso e muito menos fazer o que não quer, e na CCB nunca vi o que vc quer falar, ou se APARECER, me desculpa, comentário errado.
 
Itamar Fernandes em 18/09/2013 22:16:45
Quão bom e glorioso é conhecer verdadeiramente a Deus. Ele prostrou seus joelhos e orou, Deus o ouviu e o abençoou com o perdão. Claro que para conseguir a casa própria deverá passar pelas lutas, porque o que vem de Deus precisa do sacrifício, o sacrifício da nossa vontade, do nosso tempo, do nosso querer e sempre será no tempo de Deus, na vontade de Deus, para que a vitória seja mais que abençoada. Caro irmão, Deus abençoe sua vida e nunca desista, no mundo seremos perseguidos, mas mantenha-se na fé, que o Senhor Jesus esteja com você e sua família!!!
 
Carla Ferreira em 18/09/2013 10:16:13
senhores a diferença entre SEITAS e RELIGIOES, porque senão a coisa fica esquisita:
SEITA ====> é um termo que deriva do latim "secta" cujo significado é seguidor. O termo é utilizado para designar um grupo numeroso de uma determinada corrente religiosa, filosófica ou política que se destaca da doutrina principal. Sectário é um termo que designa o indivíduo que faz parte de uma seita. Uma seita pode também ser considerada uma "divisão", "partido" ou "facção".
RELIGIAO====>Religião é um conjunto de princípios, crenças e práticas de doutrinas religiosas, baseadas em livros sagrados, que unem seus seguidores numa mesma comunidade moral, chamada Igreja. Todos os tipos de religião têm seus fundamentos, algumas se baseiam em diversas análises, que explicam o que somos e porque viemos.
 
marcio barbosa em 18/09/2013 09:44:09
Creio que algumas criticas são em vão, é melhor chegar no dia final e ver que tudo que tentou fazer foi em um bem comum para ajudar e corrigir falhas, ou viver com a "Liberdade" atual que é "pintada" na sociedade e dai não ter mais tempo de voltar atrás?
Não sejamos hipócritas, ninguém consegue cumprir ou realizar tudo o que é certo pois somos humanos e 85% do que fazemos é cometer erros mais prefiro tentar fazer as coisas da maneira correta e ter 15% de tentativas validas.
Que Deus acompanhe essas pessoas que tomaram uma bela decisão e ajudem a separar o que é dito por Deus e o que é interpretado pelas pessoas.
 
Alisson Almeida em 18/09/2013 08:16:21
Quer dizer que os próprios praticantes de seitas evangélicas reconhecem que suas "igrejas" nao tem as bênçãos de Deus,ou seja um casamento celebrada por um pastor nao tem nenhuma validade perante o Senhor, ai eles precisam de um cartório, eu hein.
 
Paulo dias em 17/09/2013 21:52:23
MEU IRMÃO COM CERTEZA, VC. VAI LER TODOS OS COMENTÁRIOS A SEU RESPEITO E DA SUA FAMÍLIA., MAS NÃO LEVA EM CONSIDERAÇÃO A TODOS . A DECISÃO DE SE TORNAR UM EVANGÉLICO , NÃO VEM DA GENTE , EU ACREDITO QUE SEJA MAIS POR UM CHAMADO. E QUANDO SOMOS CHAMADO , ATÉ POR UM ESTRANHAS DAMOS ATENÇÃO , QUANTO MAIS QUANDO SOMOS CHAMADO PELO TODO PODEROSO O SENHOR DOS EXÉRCITOS. PORQUE COMO VC. DISSE A SEMENTE DO AMOR ESTA NO SEU CORAÇÃO. E AMAR É O MAIOR DOS DONS.
MEU AMADO O TUDO QUE EU PEÇO , É QUE VC. SUPORTE O SOPRAR DOS VENTOS. PORQUE O SENHOR DOS EXERCITO É CONTIGO COM CERTEZA.
 
ANTONIO RODRIGUES em 17/09/2013 20:55:05
Em Lucas cap 9 vers 23). “Aquele que quer ser meu discípulo, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz, a cada dia, e siga-me.” Este casal ,agora servos de Deus fizeram sua escolha.Feliz daquele que tem a liberdade de servir a Deus obedecendo os ensinamentos da Biblia serao abençoados aqui na terra e herdarao a vida Eterna em Gloria nos céus!
 
mariza reis em 17/09/2013 19:11:16
Plenamente de acordo com o comentário do Sr. Antonio Calloni
 
Felicio da Silva Ludgero em 17/09/2013 16:00:50
Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
2 Coríntios 5:17
Parabéns pela decisão!
 
Charlin Castro em 17/09/2013 15:50:41
Espero que não abandonem todos seus costumes. Eles podem ser "servos de Deus" e continuarem na estrada, sem problema algum. E espero que não tenham entrado para a "Congregação Cristã do Brasil", pois se trata de uma seita herética e seus próprios membros não percebem isso. Só percebem quando saem de lá e precisam de atenção psicológica.
 
Paulo Miranda em 17/09/2013 15:04:51
Caro, Kamél El kadri, se voçê leu e releu e não encontrou a dita passagem, é bom que voçê entre em um curso de interpretação de textos, afinal, nem tudo precisa estar explícito, muitas coisas podemos captar pelo contexto, óbvio, que isso é pra quem tem essa habilidade.
 
Antônio Calloni em 17/09/2013 14:31:28
Ser ciganos voce pode não saber, mas fique sabendo que voce e toda sua familia são filhos do pai celestial aquele que vai estar junto de voces onde estiverem,não é nescesario voces ficarem presos em um lugar ,não é presizo abandonar a tradição e os custumes de voces pra serem evangelicos, onde voces chegarem procurem uma igreja ela vai receber todos de abraços abertos,parabens pela decisão voces deram o primeiro passo agora é só deixar na mão de Deus ele cuida de tudo.que o pai de serguimento a todos voces..
 
Maria L osorio em 17/09/2013 13:57:10
Fico feliz por estas vidas terem conhecido Jesus, isto é o que importa, a obra completa quem vai realiza é o próprio Deus, tanta gente diz tanta coisa sem conhecimento, mas não faz nada para ajudar o próximo.
 
marcia maria em 17/09/2013 12:48:42
pela forma que o Fabio se expressa é quase certeza que a igreja em que eles se converteram é a nossa congregação cristã no Brasil!!
que Deus abençoe eles e de força para essa nova caminhada que eles irão enfrentar...
 
victor raul de barros valdes em 17/09/2013 11:48:46
É uma pena eles abandonarem as raízes lindas de um povo mágico e misterioso.
Tomara que mais pra frente não sejam cobrados espiritualmente por essa decisão.
Viva o povo cigano!
Optcha!
 
Ana Paula em 17/09/2013 10:38:36
Não há na Bíblia sagrada nada que fundamente a ideia de que para ser reconhecido por Deus, o casamento precise de uma certidão ou contrato, quer estabelecido pelos pais, pela religião ou pelo estado. A prova disto é que os casamentos que não foram realizados ou regidos por tais instrumentos, eram diante de Deus reconhecidos e válidos (Gn 1.27-28; 24.58-67; 29.21-30; 41.45; Ex 24.1; 1Sm 18.27; Rt 4.9-13; Mt 1.24-25, etc.) O contrato de casamento é mencionado apenas no livro apócrifo de Tobias 7.13, e mesmo assim com caráter descritivo e não prescritivo.No Brasil, a Igreja no seu princípio seguiu as diretrizes da Constituição Republicana de 24 de Janeiro de 1891, no art. 72, parágrafo 2°., que reconhecia apenas o "casamento civil", e do Código Civil que vigorou a partir do 1°/01/1917.
 
Kamél El kadri em 17/09/2013 10:30:13
Caro Antônio Calloni, lendo e relendo a matéria, não achei em nenhuma linha, que os mesmos entraram em alguma "seita protestante", simplesmente, disseram que estão seguindo as leis que está na bíblia, que é a mesma dos evangélicos e católicos. E aos que querem somente "iludir e tirar o dinheiro", existe em todas as religiões, depende do caráter que quem está à frente, como vimos os noticiários recente, da grande festa que fizemos ao nosso Papa, onde alguns simplesmente deram o calote ou sumiram com o dinheiros dos fiéis católicos. Então, não podemos aqui fazer juízo sem sabermos a realidade. e indiferente a qual igreja for, temos que sim glorificar a Jesus, pois é um "único", independente da religião. Vamos viver em Paz e em Cristo, sem preconceitos ou acusação infundada.
 
Kamél El Kadri em 17/09/2013 10:18:03
Mas é claro que tbm tem que casar no cartório! Não adianta cumprir a Lei de DEUS sem cumprir as leis dos homens... Ou seja, a lei civil.
 
Francieli Alves em 17/09/2013 09:59:04
Bom dia,
a igreja não manda Romeu, mas a biblia manda por incrivel que pareça os governantes estao no governo e no comando das leis pois foram instituídos por Deus (da mesma forma serão cobrados por igual) sendo assim temos que cumprir as leis, como diz a sabia frase "A CESAR O QUE É DE CESAR" creio que se aplique as leis também.
Infelizmente como tudo hoje, as "orientações" repassadas por alguma igrejas estão corrompidas, por isso como tudo que é criado tem um manual de instruções, assim temos o nosso que é a biblia, para alguns parece "chato" ler mais prefiro não assumir o risco de "queimar" e "danificar" o equipamento por preguiça de ler o manual.
Abraços
 
alisson almeida em 17/09/2013 09:57:32
Dá pena ver esse casal abandonar uma tradição milenar pra se enfiar numa dessas seitas protestantes que só sabem iludir e arrancar o dinheiro do povo.
 
Antônio Calloni em 17/09/2013 09:30:40
Para quem já conhece os ciganos sabem que eles não param em um só luga, são livres para irem de um lugar para outro, essa é a tradição deles e todos devem respeitar. Mas o que me chamou atenção foi o que eu nunca havia falar, que algum cigano se entregasse inteiramente a Deus, se voltasse para o mundo cristão e isso é muito bom, mais mesmo assim merece todo nosso respeito. Essa decisão deste casal vai mudar muito na vida deles e quem sabe seus companheiros sigam o exemplo deles e sirvam a Deus como seu único salvador.
 
Guiomar Soares Ferreira em 17/09/2013 09:27:58
Romeu Lutz, as igrejas tem que fazer com que a Lei de Deus e a dos homens sejam cumpridas, perante Deus basta o sim diante do pastor e da congregação, mas diante os homens e suas burocracias, voce tem que ser legalizado, ate para evitar problemas futuros. Então lhe falo que eu também sou evangélico, casei no civil e no religioso e isso e pratica comum, o meu casamento foi religioso com efeito civil, ou seja o Pastor teve o cunho do juizado de paz para fazer uma só cerimonia que englobe os dois, o que e comum hoje em dia e talvez as pessoas não se atentam para esse detalhe que se torna imperceptível numa cerimonia de matrimonio.
Grande abraço e fique na paz!!!
 
marcio barbosa em 17/09/2013 09:18:45
Romeu, a igreja está correta. O homem deve obedecer a lei do país em que vive, e no Brasil, o casamento que vale é o casamento civil, feito em cartório. O casamento religioso é uma formalidade tradicional. Nem todas as igrejas adotam.
 
Aldo Silva Rocha em 17/09/2013 09:17:41
A história desse casal é bem com disse Jesus em São João 6.37 e 44: Todo o que o Pai me dá virá à mim; e o que vem à mim de maneira nenhuma lançarei fora; (44) Ninguém pode vir à mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Esses dois versículos da Bíblia refletem exatamente no plano de salvação que Deus tem com os seus escolhidos na terra.
 
Olices Trelha em 17/09/2013 09:11:51
Amei a materia, passo todo dia nesse caminho, confesso que ficamos muito curiosos pra saber um pouco sobre esse povo, as vezes por muitas coisas que a gente escuta acabamos descriminando. Me partiu coração ler que o filho queria água e não deixaram ele pegar..
 
rejane cameschi em 17/09/2013 08:31:53
Romanos 14:11 Como está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua dará louvores a Deus.
 
Ronaldo Pissurno em 17/09/2013 08:20:02
Parabéns pelo novo desafio!!!! agora, é uma nova etapa da vida, peça a Deus o orientação para instruir na condução do seu Lar, na sua nova casa, Ele te ajudará a conquistar cada etapa da sua vida!!!! Prossiga nessa maravilhosa Missão de Deus!!! sempre avante!
 
Joel Genaro Martinez em 17/09/2013 07:50:53
Não conheço uma igreja que manda "passar pelo cartório" para casar, apenas um casamento celebrado na igreja, junto ao pastor e os demais fieis, já basta.
 
Romeu Luitz em 17/09/2013 07:43:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.