A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

06/09/2013 06:12

Trinta e cinco anos depois, turma tenta achar ex-colegas para festa em outubro

Ângela Kempfer
Gilda mostra foto dos ex-colegas de Paraguaçu Paulista. (Fotos: João Garrigó)Gilda mostra foto dos ex-colegas de Paraguaçu Paulista. (Fotos: João Garrigó)

Há 35 anos, Gilda chegava a um internato no interior de São Paulo para começar os estudos ao lado de gente que nunca havia visto antes. Três anos depois, a turma de amigos terminou os cursos técnicos e alguns nunca mais tiveram contado. Mas como não há distância que as redes sociais não diminuam em 2013, falta pouco para uma festa servir ao reencontro.

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

Em Campo Grande, a ex-estudante do CTA de Paraguaçu Paulista organiza a vida para voltar ao lugar onde funcionava o internato e rever os ex-colegas. Já combinou com outra ex-aluna que também vive aqui para as duas irem juntas em outubro.

“O Facebook aproximou a gente. Fica muito mais fácil hoje encontrar as pessoas. Vai falando com um, que lembra do outro, e logo a gente tem um grupo de novo”, avalia. O desafio é continuar localizando pessoas, porque estão espalhados pelo Brasil, muitos em Mato Grosso do Sul.

Há 16 anos, eles também tentaram reunir a turma do passado, mas sem o auxílio das redes sociais, tudo era muito mais difícil e poucos participaram do encontro para recordar os velhos tempos em Paraguaçu. “Naquela época, a gente deve de apelar para endereços e telefones antigos, foi difícil encontrar as pessoas”, lembra.

Como agora o objetivo de localizar as pessoas foi cumprido, ela sentiu a necessidade de compartilhar a experiência e, talvez, receber informações sobre outros “desaparecidos”.

“Alguns hoje moram em Manaus, outros em Cuiabá, Rondônia”, conta. Remanescentes foram encontrados até no Pará e vão ter ajuda dos ex-colegas para participarem da festa. “estamos fazendo vaquinha para pagar as passagens”, diz Gilda.

Gilda com o jaleco assinado pelos colegas em 1981, quando o curso terminou. Gilda com o jaleco assinado pelos colegas em 1981, quando o curso terminou.

Unidos - Em 1976, quando ela deixou a casa dos pais para estudar,  muitos jovens saiam de Mato Grosso do Sul para cursos técnicos públicos em Paraguaçu Paulista, de Economia Doméstica para as meninas e Agropecuária para os meninos.

Para Gilda, que saiu de fazenda em Anaurilândia, tudo naquele tempo foi uma grande descoberta, por vezes triste, por outras inesquecíveis de tão boas, o que uniu a turminha do internato.

Na vontade de reunir todo mundo, algumas notícias foram um encontro com o presente. “Descobrimos algumas mortes, o que decepciona”, comenta. Em um dos casos, um colega de Cuiabá foi localizado a tempo, mas com câncer, morreu meses depois do convite. “Na reta final ele morreu. Foi uma aproximação que durou pouco”, lamenta Gilda.

Para quem ficou tanto tempo sem se ver, a conversa pode ser curta, mas Gilda duvida. “Tem muita coisa para lembrar, coisas que a gente aprontava. Uma sessão nostalgia”.

O medo de ser avaliada também pesa, afinal, o último contado foi na juventude. “Tem gente que eu vejo pelo Facebook e que eu nunca reconheceria na rua”. Mesmo assim, ela jura que vai sem medo e levará na mala jaleco que usava naquela época e guarda as assinaturas de despedida.

“Claro que eu não quero fazer feio. Mas só vou investir em uma roupa. Vou ‘metida’. Não quero que alguém olhe e diga que estou acabada”, brinca Gilda.

A festa será nos dias 19 e 20 de outubro, em Paraguaçu Paulista.




Gilda como sempre, UNICA, parabéns pela matéria!! Amo você!
 
Fabiana Neri em 07/09/2013 13:37:23
Parabéns Gilda desejo boa sorte que seu encontro seja de muitas alegrias com seu grupo.como foi também o nosso em fevereiro passado deste ano.turma 1975.
 
jair moreira em 07/09/2013 08:26:58
A Gilda já participou de dois encontros anteriores, na década de 1990, e é sempre muito bom reencontrá-la. Desta vez não será diferente. Quanto mais o tempo passa mais sinto vontade de rever pessoas tão marcantes em minha vida. Em outubro, se Deus quiser, estaremos mais uma vez reunidos em Paraguaçu Paulista.
 
Edilson Moura em 06/09/2013 22:28:55
A Gilda já participou de dois encontros anteriores, na década de 1990, e é sempre muito bom reencontrá-la. Desta vez não será diferente. Quanto mais o tempo passa mais sinto vontade de rever pessoas tão marcantes em minha vida. Em outubro, se Deus quiser, estaremos mais uma vez reunidos em Paraguaçu Paulista.
 
Edilson Moura em 06/09/2013 22:28:10
Lindo!! Lindo!! amei a matéria...Colega aproveita a matéria e tenta achar os 4 dai do MS que estão faltando
Jose Maria dos Santos - Isaias dos Santos - Jair Rodrigues da Silva e João Silva Ferreira, quem sabe não encontramos...
 
Sonia Guerra em 06/09/2013 20:17:40
A tecnologia é uma grande aliada nessas horas .Encontei esse mes uma pessoa que conheci em 1993 em Curitiba num show de Paul.Parabéns pela iniciativa
 
paulo lessa em 06/09/2013 20:03:12
Vc ta podendooo heinn ... gatonaaa ... é muito bom rever e lembrar de momentos que nos fizeram felizes ... saudade é eterna .... curta muitooo .... :) bjs
 
Vânia Silva em 06/09/2013 17:38:56
Oi Gilda voce não deve se lembrar de mim, mas eu estava terminando quando voce entrou. Sou de Paraguaçu Paulista e não morava no internato e agora moro em Campo Grande MS e morei um bom tempo em Anaurilandia. Fico feliz por voce. Parabens e que tenham sucesso no encontro.
 
Regina Célia Mistieri Valentim em 06/09/2013 16:54:11
Desejo, que tudo seja alegria e felicidade,
gostaria muito de ter notícias depois da festa.
boa viagem e parabéns pela iniciativa!!
 
Mirella Forti Cossignani em 06/09/2013 14:41:16
Parabéns Gilda, pela brilhante ideia de reunir os ex-colegas, ai como eu queria rever os
amigos da escola Dom Antonio Jose dos Santos e João Mendes Junior da cidade de Assis SP. Como devem estar os amigos que fizeram parte da minha vida. Conheço muita gente em Assis que estudaram em Paraguaçu Paulista. Estive la no final de semana passada. Saudadessss .Aproveite Gilda e divirta-se, bjosss
 
Claudia Pires em 06/09/2013 12:46:51
Ei Gilda estudei fui interna no colégio presbiteriano de Paraguaçu Paulista na época do Tio Nicanor (Diretor), tinhamos os Professores, Toninho, Dalva, Thomaz, Osvaldo (lindo, Prof de desenho KKKKKK) que saudade!!!!!!! tinha uns colegas de Fátima do Sul filhos do Reverendo Pedro o Silas que hoje esta em Brasilia, sempre falo com ele, e as suas irmãs. Que época vc estudou la?
 
Elza Maria em 06/09/2013 09:56:04
uauuuu.....falou bonito, você ta podendo mesmo, é bonita por dentro e por fora, quero ver alguém dormir nestes dois dias do encontro, quantas coisas boas para recordar,e que venha logo dia 19 de 10, ate la amiga.
 
venina guerra em 06/09/2013 09:54:24
Parabéns dona Gilda que Deus abençoe que a senhora consiga realizar seu sonho
 
jairo amarante da silva em 06/09/2013 09:51:12
Que matéria gostosa de se ler!
E Gilda, queridona. Que ideia fantástica, aposto que serão mil surpresas..
E pode ir 'metida' mesmo - você está podendo!!!
 
Karine Pavão em 06/09/2013 08:26:35
Parabéns pela matéria. Conheço a Gilda, e tive o prazer de trabalhar com ela no Detran-MS, pessoa de grande valor. Temos que marcar uma festa para reunir a nossa turma do Detran.
 
Jackson Garay Ribeiro de Oliveira em 06/09/2013 07:07:07
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.