A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

27/02/2016 07:56

Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

Val Reis
Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

1- Atacada no terminal

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

A estudante Ingrid Matzembacher, 21 anos, chorou ao contar publicamente que foi atacada em terminal de ônibus. No vídeo, ela diz que enquanto aguardava o ônibus foi abordada por um homem que lhe pediu dinheiro. Diante da recusa, ele passou a xinga-la e a persegui-la com as calças abertas.

Além do medo, ficou a indignação com as pessoas que estavam por perto, nada fizeram e, também, com a falta de segurança aos usuários do transporte público.

"Esperam acontecer uma coisa dessas, aí lota de Guarda Municipal dentro dos terminais. Quando abafa o caso, some todo mundo. Hoje, dez horas da manhã, aquele terminal cheio e não tinha um segurança lá dentro", comentou chorando.

O vídeo postado na página do Campo Grande News teve um alcance de mais de 1 milhão de pessoas. Foi o assunto mais comentado nas redes sociais esta semana. Se você perdeu, vale a pena rever no link.

Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

2. E o nosso indiozinho se foi...

Depois de meses morando na Santa Casa, o nosso indiozinho partiu.

O procedimento para corrigir uma anomalia congênita no coração foi realizado na terça-feira (23), e durou aproximadamente 4 horas.

Em seguida, Edemar foi encaminhado para o CTI, onde deveria se recuperar e ser acompanhado por 72 horas – período de maior risco após a cirurgia –, porém ele não resistiu e morreu no início da madrugada desta quinta-feira (25).

O post no Facebook teve 3,4 mil likes, 307 comentários e 592 compartilhamentos.

Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

3. No Coophasul, rodízio de restaurante inclui até 30 opções de pastéis

A notícia agradou. Uma vez por semana, no restaurante “Chawan”, o cliente pode comer à vontade até 30 opções de pastéis doces e salgados, sucos e também o sobá.

No Facebook a notícia teve quase 150.000 pessoas alcançadas.

Direto no portal, foram 9,1 mil compartilhamentos. Se você não viu e gosta de pastel, encontre as informações sobre o local no link

Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

4. A dor de uma criança comove o País

Ele tem apenas quatro anos e um corpo frágil que mostra toda a agonia do seu sofrimento. Queimaduras de charuto, pinga quente no rosto, espancamento com cabos de vassoura, chutes e socos, unhas arrancadas.

É uma dor enorme imaginar que a família que deveria proteger, o tratasse com tanta crueldade em rituais de magia negra. A história deste pequeno comoveu o País.

Só em uma matéria do Campo Grande News, o assunto teve um alcance de mais de 200.000 pessoas.

Vídeo visto 1 milhão de vezes superou indignação e tristeza nas redes sociais

5. Facebook libera 5 novos botões alternativos ao curtir

Desde quarta-feira (25), as páginas do Facebook estão recheadas de “reações”, como foram chamados os novos botões curtir do Facebook, enfim liberados no Brasil.

Os botões são “amei”, “haha”, “uau”, “triste” e “grr”, que transmitem um sentimento com relação a postagem.

No caso de publicações tristes, por exemplo, você pode usar o emoticon de “Tristeza”. Em alguma matéria impressionante, dá para usar o emoticon “Uau” e assim por diante. E aí, qual a sua reação ao curtir?




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.