A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/01/2012 11:16

Nem o fast food consegue abalar a preferência pela esfirra tradicional

Ângela Kempfer
Funcionário tira esfirras do forno da Confeitaria Árabe. (Foto: Marlon Ganassin)Funcionário tira esfirras do forno da Confeitaria Árabe. (Foto: Marlon Ganassin)

As redes de fast food chegaram, mas não adianta. Nada substitui a esfirra (ou esfiha para os árabes) tradicional em Campo Grande, mesmo com preço mais alto que o da concorrência.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

“Não gosto de comer plástico. Lá (fast food) não tem gosto. Esfirra boa é a feita pelos árabes”, justifica o comprador assíduo Eriberto Goldin.

Na Confeitaria Árabe, um dos pontos mais tradicionais da cidade, há anos a receita é a mesma e o cuidado com os ingredientes também.

A proprietária, Madeleine Youssef Ibrahim, capricha desde que resolveu abrir as portas, 32 anos atrás. “A esfirra tem de ser molhadinha, mas não ensopada, o charuto também”, recomenda.

Ao deixar o Líbano aos 12 anos, depois de o pai ser morto na revolução de 58, ela não sabia cozinhar, só aprendeu com o casamento, aos 17 anos de idade.

Com o marido, montou a Confeitaria em um barracão deteriorado na 7 de Setembro. Com o tempo foi investindo na reforma, melhorando e hoje o ponto é um dos mais procurados de Campo Grande.

Madeleine abre a cozinha para uma fotografia e o cheiro empolga. Borbulhando, as esfirras abertas saem do forno.

Até hoje, ela mesma escolhe os ingredientes e compra carne sempre do mesmo fornecedor e sem mudar o corte. “Para o quibe cru, só aceito patinho. A esfirra tem de ser carne de primeira com alguma gordurinha”, ensina.

Com a instalação do fast food árabe na cidade, ao contrário do que se imagina, a proprietária diz que passou a receber mais clientes e elogios. “Eu nunca fui, mas meus filhos foram e não gostaram. Os clientes também dizem isso. Comentam que aqui pagam com gosto”.

Nem o fast food consegue abalar a preferência pela esfirra tradicional

Em família - A tradição é envolver toda a família no negócio. Na Confeitaria, trabalham os pais e os dois filhos, em um revezamento de segunda a sábado. Duas quadras depois, também na 7 de Setembro, 5 dos 6 filhos de José Thomaz trabalham no Thomaz Lanches.

A esfirra douradinha tem até recheio de banana com canela. Os sabores foram acrescentados ao longo dos anos, mas a receita também não mudou. Desde 1978, quando a lanchonete era uma portinha de esquina, no cruzamento com a Rui Barbosa.

O lugar vive cheio. “Venho duas vezes por dia. De manhã para tomar o café e de tarde para lanchar. Não tem igual”, comenta Luiz Leopoldo, de 70 anos, que sai do bairro Monte Líbano para comer a esfirra no Thomaz.

Na Dom Aquino, uma portinha ainda é o ponto tradicional da esfirra no Centro. Um pequeno corredor e as estufas recheadas de esfirras são suficientes. “Aqui custa R$ 1,75, no Habib’s é quase a metade do preço, mas aqui é feita em casa, é outro sabor”, justifica a estudante Tainara Felício, de 24 anos.

Na Dom Aquino, esfirra tradicional mudou de dono há 4 anos, mas o salgado continua bem caseiro.Na Dom Aquino, esfirra tradicional mudou de dono há 4 anos, mas o salgado continua bem caseiro.



Gosto dos dois tipos de negócios, os tradicionais e o fast food.
Não acho correto porque se gosta/prefere um ou outro, desrespeitar o preterido.
Gosto do Thomaz, Gosto do Habibs.
O Thomaz não tem drive trhu, nao atende após as 19:00 o delivery.
O Habibs foi uma grande conquista para Campo Grande, e vem melhorando muito.
 
Gilberto Ramos Silva em 26/01/2012 10:17:00
a esfiha do seu Thomaz e incomparavel, o atendimento e otimo, todos sempre prontos e com um sorriso no rosto, isso e o reflexo do patrao que valoriza seus funcionarios, com certeza seu thomaz trata os mesmos com dignidade e respeito e isso se reflete no bom atendimento e cordialidade que os mesmos nos atende, e tb mandar um abç pro zezao. obs: compra mais nescau ball q ja faz 3 dias q acabou kkkkk
 
mario ota em 26/01/2012 02:01:26
Muito mais que o sabor autêntico árabe, todos os comércios da 7 listados primam pelo bom atendimento e cordialidade. Infelizmente, algo cada vez mais raro em Campo Grande. Apesar de todos empresários e atendentes campograndenses concordarem que isto é fundamental, pouquíssimos se dispõem a fazê-lo de fato. Cotidianamente, mal recebemos um bom dia no comércio local. E pior, já nos acostumamos.
 
Eldes Ferreira em 25/01/2012 12:06:25
Adoro o Thomas Lanches, as esfirras são maravilhosas e o atendimento então, precioso demais!! todos de parabénsss...
 
Ilma Teodoro em 25/01/2012 11:15:15
A Confeitaria Árabe é perfeita! O molho para comer com a esfiha também! E o Thomaz? Perfeito também! Tenho que alternar para aproveitar o que tem de melhor em todos!
 
Etna Gutierres em 25/01/2012 09:04:35
realmente nao tem igual nenhum lugar é igual thomas Lanches delicioso salgados mesmo la tem tdo de bom maravilhas
 
rosilene leonel em 25/01/2012 05:23:17
Claro, que a Confeitaria Árabe é muito melhor. Mas o Habib's, não é tão ruim assim, acho que o pior lá é o atendimento, não conheço ninguém que não reclame, aí o pessoal acaba desanimando, ainda mais tendo tanta oferta.
 
Katia Beatriz em 24/01/2012 12:51:15
Adoro a simpatia do pessoal e principalmente a confiança!!! Isto faz a diferença!!
 
Geni Correa em 24/01/2012 12:05:12
Sensacional o comentario do rapaz que diz que não gosta de comer plastico , tá coberto de razão .
 
francisco fernandes em 24/01/2012 11:26:18
Parabéns pela matéria, gostaria de aproveitar e mandar um abraço / parabéns ao Sr. José ao Zezu e também para o Cado.
 
Guilherme Arruda em 24/01/2012 11:04:39
Nao podemos malhar os fast-foods, pois sao uma realidade de crescimento, empregabilidade e ivestimentos pesados sao feitos para te-los. Se fosse assim, ninguem iria mais nos bares, botequins de Sampa. Tem espaço para todos e gostos. Um pao com mortadela (Bauru-SP) e melhor que comida arabe, e o buteko la vive mais lotado que os cinemas de Campo Grande. Parabens a todos! Campo Grande e grande!!!
 
Woldner Tavares em 24/01/2012 10:50:32
Adorooo ir comer as esfirras do Thomaz.....que delicia de lugar que delicia de atendimento,ali é tudo familia...Sr Thomaz sempre com um sorriso nos labios,o Zezão e o Ricardo.... isso sem contar o sabor que é simplesmente divinooo....delicia de esfirra de escarola com bacon....só de falar já me deu vontade!!!!
 
Ana Lucia em 24/01/2012 10:32:13
Eu prefiro a esfiha da sete muito boa sempre quentinhas
 
Rosa Marlene da Silva em 24/01/2012 10:00:00
parabens a todos que trabalhão na confeitari, são pessoas maravilhosas,beijos a todos e a dona madalena.
 
leandra martins de freitas em 24/01/2012 08:13:11
olha o salgadeiro que gatinho,que as esfirras são boas eu sei e o rapaz também .
 
leandra martins em 24/01/2012 08:08:48
opa eu como todos os dias na confeitaria arabe, é so delicia , {eu faço parte dos funcionarios} kkkkkkkk
 
Eugenio correia em 24/01/2012 07:46:30
Mashallah!!! as esfihas dos Brimos!!! Deliciosas, não troco as esfihas por nenhum TRASH FOOD.
 
Fabiana Rocha em 24/01/2012 06:02:18
adoro as esfiras la vc mesmo se serve , saboreia e vai ate o caixa pagar tudo de primeira parabens dona mardelene e equipe, quem nao foi vai lla conferir
 
adriana rodrigues em 24/01/2012 05:20:02
Esqueceram de colocar ai a "Esfiha da 7", que também é bom demais ...
 
Gilson Flores em 24/01/2012 05:13:40
A unica coisa que não gosto na Thomaz Lanches é o Zezão torcer pelo Flamengo. Afora isso, td lá é de primeira. Aliás, só de lembrar, já me deu fome. Acho que daqui a pouco vou pra lá.
 
Victor Hugo Cabral Ortiz em 24/01/2012 04:13:39
Estou morando em outro estado, mas tenho saudade da esfiha e do arroz marroquino feitos pela Sra Madeleine.
 
nely caceres em 24/01/2012 04:11:16
Quantas pessoas o Fast Food Emprega mesmo ? Um estado que tinha apena gado no pasto, e que grandes empresas chegam no Estado para gerar emprego e crescimento, parabéns aos investidores que acreditam em nosso estado. Agora "plástico", será que existe dentro de uma cozinha um funcionário contratado para pesar saco plástico e colocar na carne? Parabéns também aos arabes que ajudam esse estado crescer
 
cristina pereira em 24/01/2012 01:42:10
verdade, o salgado do Thomaz lanches são ótimo.
 
Thiara Galvarro em 24/01/2012 01:39:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.