A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

25/10/2014 07:25

A cor nunca foi tão pedida no salão, mas cabelo ruivo exige tempo e dinheiro

Aline Araújo
Cabelo mais cobiçado do Brasil e de Marina Ruy Barbosa. (Foto: Reprodução Facebook)Cabelo mais cobiçado do Brasil e de Marina Ruy Barbosa. (Foto: Reprodução Facebook)

Não é fácil. Quem não nasceu com a pigmentação desejada e apela para a coloração artificial precisa de muita disposição para cuidar dos cabelos. Com Marina Ruy Barbosa chamando atenção na pele de Maria Isis em Império, a mulherada tem corrido aos salões querendo ficar ruiva, mas antes de tomar essa decisão, é bom saber o que significa uma manutenção.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

O primeiro passo é encontrar um bom profissional, para não ficar com o cabelo de boneca falsificada, ressecado e com cor de água de salsicha. Depois, é indispensável estar disposta a investir tempo e dinheiro no tão sonhado cabelo da Ariel.

Jaqueline Rodrigues Araújo Torres, de 24 anos, já foi loira, morena e há pouco menos de um mês está apaixonada pelo seu novo cabelo ruivo. A coloração ficou linda, mas deu muito trabalho para o cabeleireiro João Oliveira Azambuja, de 31 anos. Exigiu dela a paciência de ficar seis horas no salão para a transformação completa.

A cor nunca foi tão pedida no salão, mas cabelo ruivo exige tempo e dinheiro
A cor nunca foi tão pedida no salão, mas cabelo ruivo exige tempo e dinheiro

A inspiração dela é bem mais contemporânea, vem da blogueira Bianca Andrade, do blog sobre maquiagem "Boca Rosa". Jaqueline sempre gostou de mudar o visual, colore os cabelos desde os 15 anos. “Já fui super loira, resolvi ficar morena e não gostei, foi quando levei as fotos dela porque queria ficar ruiva. Quando eu olhei no espelho me apaixonei pelos meus cabelos. Nunca pensei que eu ia gostar tanto de ser ruiva, porque eu amava ser loira”, comenta.

E tem que ser apaixonada mesmo. Uma transformação assim custa em média R$ 350,00, mais os retoques recomendados de 15 em 15 dias e os cuidados em casa.

Como o ruivo desbota muito mais fácil, os cuidados são redobrados. Jaqueline lava os cabelos, pelo menos, uma vez por semana com tonalizante misturado ao creme, para ajudar a manter a cor.

João, o responsável pelo brilho dos cabelos é especializado em loiros platinados. Por isso, ficou mais fácil acertar o tom esperado no ruivo.

 

A cor nunca foi tão pedida no salão, mas cabelo ruivo exige tempo e dinheiro

“O procedimento do ruivo é quase o mesmo procedimento do loiro. É 'abrir' (clarear) o cabelo com uma coloração e vir com vários tons de tintas até chegar a cor desejada. É difícil chegar na cor e também na textura que o cabelo fica em um dia só, hidratado, com balanço, maleável e bonito”, explica João.

Ele alerta que ter o cabelo assim não é para qualquer uma, é preciso dedicação. “É um pé dentro de casa e um pé dentro do salão. Em casa, tem de utilizar os produtos de manutenção indicados e voltar com frequência para os retoques”.

Segundo o cabeleireiro, ser ruiva tem suas vantagens em relação as loiras. Para manter o cabelo bonito e hidratado, as loiras têm que ir uma vez por semana ao salão. Já para as ruivas, duas vezes por mês são suficiente. “Se ela quer o cabelo bonito, tem que dar assistência. Cabelo loiro e ruivo é para as escolhidas. A pessoa tem que ter uma disponibilidade de tempo e financeira. Porém, nada que foge do normal. Uma pessoa que trabalha pode pagar”, garante.

João começou aos 13 anos lavando cabelos em um salão, depois comprou o seu primeiro kit de secador, toalha e tesoura e foi mostrar o seu trabalho de casa em casa. Quando se apaixonou pelos cabelos loiros, resolveu estudar a fundo sobre coloração. Hoje, tem o salão "Skandallo Feminino Hair", na Rua Anacá, 268, Moreninha III.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.