A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

30/07/2016 07:10

Bailarina abre acervo pessoal de 30 anos de dança em bazar neste fim de semana

Paula Maciulevicius
Maria Helena abriu seus armários, onde estão figurinos que contam a dança de Mato Grosso do Sul. (Foto: Marina Pacheco)Maria Helena abriu seus armários, onde estão figurinos que contam a dança de Mato Grosso do Sul. (Foto: Marina Pacheco)

São três décadas de dança guardados nos armários de Maria Helena Pettengill. Aos 51 anos, a bailarina abre seu acervo pessoal para um bazar na própria sala de casa. Figurinos e acessórios que contam a história da dança de Mato Grosso do Sul, do flamengo ao contemporâneo.

Veja Mais
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%
Buffet que virou grife tem clima de campo em plena Chácara Cachoeira

A ideia surgiu da necessidade de se realizar várias coisas ao mesmo tempo. Primeiro, a casa é grande. Depois, a filha caçula, a também bailarina Nathalia Pettengill, está em Madrid e deve seguir carreira lá após a aprovação num conservatório de dança. Tudo isso fez com que Maria Helena sentisse que era preciso, como ela mesma explica, mudar a energia da casa.

Flores e acessórios de cabelo, a partir de R$ 5,00. (Foto: Marina Pacheco)Flores e acessórios de cabelo, a partir de R$ 5,00. (Foto: Marina Pacheco)
Xales estão na média de R$ 50,00. (Foto: Marina Pacheco)Xales estão na média de R$ 50,00. (Foto: Marina Pacheco)
Brincos estão a partir de R$ 5,00. (Foto: Marina Pacheco)Brincos estão a partir de R$ 5,00. (Foto: Marina Pacheco)

"E nesses 30 e tantos anos de dança, a gente vai acumulando muita coisa de material, de figurinos e tudo foi conspirando para você fazer alguma coisa", completa.

Diretora artística do Embrujos e bisneta de espanhóis, é Maria Helena Pettengill quem atende os amigos, mostra as pessoas e serve um chá. "O diferencial é de ser na minha casa e segundo que tudo tem muito cuidado, é separado, etiquetado e lavado e tem todo aquele carinho", descreve a bailarina.

Nas araras da sala estão abanicos, que são os leques, camisetas de flamenco, da grife criada para o Embrujos, saias e blusas no estilo cigano, mantones e muitos figurinos de dança contemporânea.

O bazar vai funcionar neste sábado e domingo, das 14h às 20h, na Rua Dr. Arlindo de Andrade, nº 58, no bairro Amambaí.

Curta o Lado B no Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.