A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

04/06/2014 13:55

Brechós virtuais para crianças vendem de brinquedos a roupas ainda com etiqueta

Anny Malagolini
Sapatilha Zara Baby ainda com etiqueta vendida a R$ 40,00. Sapatilha "Zara Baby" ainda com etiqueta vendida a R$ 40,00.

Comprar roupa para criança é complicado. O crescimento é sinônimo de muita peça sem usar. As roupas se “perdem” rápido, então, algumas mães resolveram criar grupos no Facebook que funcionam como um brechó online.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

Um deles é o “Brechó das Crianças”, criado há um ano e dois meses, por Andressa Fontana Fonseca, de 26 anos, que com a primeira filha, percebeu o quanto as roupas tinham pouco uso. “É a minha primeira filha e no começo não tinha muita noção, mas percebi nos primeiros meses o tanto de roupa que ela ia perdendo”, conta.

Assim que notou que as roupas ainda com etiqueta já não serviam na filha, hoje com um ano e meio, ela buscou na internet brechós, mas não encontrou nada em Campo Grande. Por isso, resolveu abrir o grupo fechado virtual.

O brechó é restrito no Facebook. Para participar, é preciso solicitar autorização. Hoje, a página conta com 7 mil usuários. E para organizar tanta gente, uma das regras básicas para a venda dos produtos criada por Andressa chega em forma de pergunta: “Você colocaria essa roupa no seu filho?” Foi o jeito que ela encontrou para que os colaboradores não anunciem peças em mau estado.

Além da 'rotatividade' de roupas que são novas, a ideia é principalmente uma forma de economizar na compra de enxovais e até brinquedos.

Um casaco masculino da 'Zara', por exemplo, está a venda por R$ 50,00, mas há peças a partir de R$ 10,00. Além de usados, muitas roupas ainda estão com a etiqueta.

Ana Paula Muniz, de 23 anos, é mãe de um menino de 2 anos, e também aderiu à compra no brechó. Segundo ela, a economia foi grande. "Eu ainda tenho a preocupação de comprar roupas maiores para ele não perder fácil, mas o preço é bem menor pela loja online; roupa de criança é carissima", reclama. 

Em Campo Grande há duas páginas no Facebook, que também são especializadas em conteúdo infantil. Os brechós “Mamãe bebê” e “Kids”.

Brinquedo custa R$ 20,00.Brinquedo custa R$ 20,00.
Jaqueta da Zara é anunciada a R$ 50,00. Jaqueta da Zara é anunciada a R$ 50,00.
Casacos também da Zara custam R$ 30,00, cada. Casacos também da Zara custam R$ 30,00, cada.
Roupas custam a partir de R$ 10,00Roupas custam a partir de R$ 10,00



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.