A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

11/05/2016 07:34

Com menos de R$ 80 ao dia, estudante curtiu o Nordeste e já planeja nova viagem

Thailla Torres
Quando desembarcou em Recife, tinha apenas R$ 300 no bolso. (Foto: Arquivo Pessoal) Quando desembarcou em Recife, tinha apenas R$ 300 no bolso. (Foto: Arquivo Pessoal)

Geralmente quando se fala em viajar pelo Nordeste, a primeira coisa que alguém imagina é preço alto. Mas o estudante de Direito Johnny Mike Rodrigues, de 21 anos, provou que nem sempre é preciso muito para aproveitar alguns dias nas praias.

Veja Mais
Oficina oferece de graça curso básico sobre veículos para mulheres
Escola para crianças de até 6 anos não vai fechar nem nas férias

Desde a infância, o sonho dele era conhecer o mar e só na semana passada o desejo se concretizou. Com apenas R$ 730,00 ele viajou de avião e passou 4 dias nas praias de Recife, em Pernambuco. Mas para se aventurar, ele precisou deixar de lado uma série de regalias. Com uma mochila nas costas, embarcou para Recife.

Para economizar, comprou em dinheiro apenas a passagem de volta, no valor de R$ 430,00. Para ir até lá, utilizou as milhas que há muito tempo vinha juntando e também aproveitou a hora certa. “Eu aproveitei uma promoção da companhia aérea” explica.

 

Conheceu belas praias. (Fotos: Arquivo Pessoal) Conheceu belas praias. (Fotos: Arquivo Pessoal)

Chegou em Recife com apenas R$ 300,00 na carteira. Com medo de que o dinheiro não desse, ele começou a procurar os serviços mais em conta na cidade.

“Eu tive muita sorte, quando desci do avião e fui aguardar um ônibus, surgiu a oportunidade de dividir um taxi com um casal”, conta.

Sabendo que no carro caberiam mais pessoas, ele pediu para o taxista um desconto e conseguiu seguir viagem com a nova dupla de amigos.

O estudante já programa as novas aventuras. (Foto: Arquivo Pessoal) O estudante já programa as novas aventuras. (Foto: Arquivo Pessoal)

Entre os passeio, Jonny visitou 7 praias em 4 dias de viagem. Nos dois primeiros, ficou hospedado em um hostel, fez amizades, comeu na beira da praia e passeou pelos pontos turísticos. “Comíamos em lugares mais baratos, aproveitamos a baixa temporada e fizemos passeios que não eram caros. Nos últimos dois dias, conseguimos até alugar um carro para ir a outras praias”, revela.

Para ele, foi difícil entrar na aventura, mas valeu. “Eu confesso que tinha muito receio e até preconceito desse tipo de viagem. Achava que tinha que ser tudo muito bem programado e sabendo exatamente para onde iria. Mas eu vi que se aventurar pode render experiências muito bacanas. Ao todo foram R$ 300,00 reais, voltei para a casa com apenas algumas moedas”, conta.

O estudante diz que percebeu que se aventurar é muito mais fácil do que se imagina. “Basta querer e ter vontade. É preciso se abrir para novos lugares e conhecer novas pessoas. Eu fiz vários amigos e fiquei pensando porque eu não fui antes. Já estou programando minhas próximas aventuras”, finaliza.




Se a pessoa souber ela consegue viver e aproveitar muito no Nordeste, fugindo é claro da área turística, outra dica é entrar nos sites de compras coletivas e ja chegar com tudo comprado, refeições, passeios e muito mais.
 
Mauro em 11/05/2016 17:05:17
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.