A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

11/11/2014 12:23

Futura mamãe escolhe vai e vem da 14 de Julho para sessão de fotos inusitada

Paula Maciulevicius
Fernanda, estudante de Zootecnia, está a espera de Joaquim Luis e a ideia era fazer um ensaio diferente. (Foto: Elivelton Almeida)Fernanda, estudante de Zootecnia, está a espera de Joaquim Luis e a ideia era fazer um ensaio diferente. (Foto: Elivelton Almeida)

O cruzamento da Rua 14 de Julho com a Avenida Afonso Pena virou o cenário. Motoristas, pedestres e comerciantes, personagens do enredo que ainda está para nascer. Na última quinta-feira, a futura mamãe Fernanda Oliveira, de 22 anos, registrou o oitavo mês de gestação assim: em pleno Centro da cidade.

Veja Mais
Para quem só conhece Sidra, sommelier ensina que existe espumante bom e barato
Loja reinaugura com liquidação de jeans por 39,90

É de praxe que mamães façam a sessão de ensaio antes do filho vir ao mundo como lembrança da gravidez. A escolha pelo local há muito tempo vem fugindo dos estúdios fechados e ganhando cada vez mais espontaneidade. Parques, praças, lagos, o que manda é o ar livre, os elementos da natureza e a iluminação que vem de cima, o sol.

Fernanda, estudante de Zootecnia, está a espera de Joaquim Luis e a ideia era fazer um ensaio diferente, que surpreendesse a ela e futuramente ao filho. "Fiquei com muita vergonha, mas com o tempo foi passando e eu fui gostando. As pessoas foram interagindo, foi diferente", explica.

Quem passava não escondia a curiosidade. (Foto: Elivelton Almeida)Quem passava não escondia a curiosidade. (Foto: Elivelton Almeida)
Ela andou tranquilamente pelas ruas. (Foto: Elivelton Almeida)Ela andou tranquilamente pelas ruas. (Foto: Elivelton Almeida)
Um pouco envergonhada, Fernanda foi se soltando a medida em que sorrisos iam saindo. (Foto: Elivelton Almeida)Um pouco envergonhada, Fernanda foi se soltando a medida em que sorrisos iam saindo. (Foto: Elivelton Almeida)

Quem passava na rua no momento em que as fotos eram tiradas não escondia a curiosidade. O fotógrafo, ainda iniciante na carreira, Elivelton Almeida, ficou "camuflado" entre os pedestres, fotografando a barriga, a mãe e a reação do público. A avó e o pai da criança também seguiam as cenas. "Tinha bastante gente curiosa, que ao me ver de costas, queria ver de frente, para entender o que estava acontecendo", relata Fernanda.

O fotógrafo está há quatro meses no ramo. Foi ele quem propôs o ensaio um tanto peculiar. "Pensei em algo diferente, que chamasse atenção. Já vi noivas fazendo, mas gestantes não", conta ao Lado B. Além da barriga, o vestuário do dia foi o que mais despertou a curiosidade dos olhos das ruas.

Elivelton quem montou o look: saia longa e top brancos e ainda um véu. "Simboliza a questão de ser mãe, que é um dom. Eu pensei como se as mães fossem anjos que dão à luz aos filhos. Queria algo doce, que trouxesse paz e o branco faz esta representação", explica.

O balanço do véu, com o semáforo, carros e o vai-e-vem das pessoas fez do registro uma imagem fora do comum. A sessão, no Centro, durou em média 30 minutos. "Fiz ela caminhando, deixei ela andar e no fim a Fernanda se sentiu super à vontade, saiu sorrindo nas fotos. As pessoas pensavam que ela era noiva e quando viam 'Joaquim Luis' ficaram surpresas".

O meninão que está por vir é o primeiro filho de Fernanda. A descoberta da gravidez veio na oitava semana, depois de exames. Ela não tinha preferência, fosse menino ou menina, ela estaria feliz e realizada. "O que viesse, ótimo", diz. A escolha do nome é uma homenagem aos bisavôs, Joaquim é por parte de mãe e Luis, por parte de pai.

14 de Julho com a Avenida Afonso Pena virou cenário para o ensaio. (Foto: Elivelton Almeida)14 de Julho com a Avenida Afonso Pena virou cenário para o ensaio. (Foto: Elivelton Almeida)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.