A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

12/06/2012 18:42

No Dia dos Namorados, eles correm para os presentes e elas para arrasar na noite

Paula Maciulevicius
Enquanto elas correm para se arrumar... (Foto: Rodrigo Pazinato)Enquanto elas correm para se arrumar... (Foto: Rodrigo Pazinato)
Eles ainda estão escolhendo o presente... (Foto: Rodrigo Pazinato)Eles ainda estão escolhendo o presente... (Foto: Rodrigo Pazinato)

Há pouquíssimas horas para o jantar do Dia dos Namorados, era um entra e sai deles e delas. Eles, nas lojas, elas nos salões e nas sessões de roupas íntimas das lojas de departamento. Na cabeça deles, o presente certo e na delas cabelo, pé e mão e depilação em dia.

Veja Mais
SPA um oásis na aridez da vida moderna. Você merece esse presente
Hotel para Pets tem quartos climatizados, piscina e recreação

A professora Andrea Cristina, 36 anos, já tinha comprado o presente. O que ela buscava nas araras da loja era algo para usar hoje. “Planejei o complemento do presente”, comentou.

Na recepção do salão de beleza, nem adiantava chorar que a atendente não tinha como encaixar se quer uma sobrancelha. “Não tem horário, está tudo lotado”, respondia. O salão bem que tentou arrumar mais gente para trabalhar, mas não conseguiu, explicava Gislaine Orro, 32 anos.

Aguardando a vez, a vendedora Vanessa da Silva, 26 anos, falou que só daria entrevista até que fosse chamada. Tinha pressa. “O presente eu já comprei, estou mesmo só esperando para depilar. Marquei com antecedência, se não sabia que não ia achar”.

No meio do cenário de corações e declarações de amor, um solteiro assume que está presenteando a si mesmo na data. (Foto: Rodrigo Pazinato)No meio do cenário de corações e declarações de amor, um solteiro assume que está presenteando a si mesmo na data. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Enquanto as mulheres correm para se arrumar, eles estão escolhendo o presente. O militar Wullivan Fogaça, 28 anos, ainda estava em dúvida entre óculos de sol e chocolate. “Chocolate é mais fácil, principalmente para quem deixou pra última hora”, brincava.

Olhando as opções, ele revela que não percebeu o truque, mas entendeu o recado. “Ela não pede presente, deixa à vontade. Mas quando foi chegando perto da data, ela começou a reclamar que precisava de óculos escuros, que o dela estava ruim. Acho que vou comprar”, relata.

Em “casa de ferreiro, espeto de pau”. O ditado cai bem ao gerente de loja de calçados, Felipe Artiaga Macedo, 24 anos. No discurso, falou do aumento nas vendas principalmente durante a tarde, quando os que deixaram para os 45 do segundo tempo, foram às compras. Ele em si, era um destes exemplos.

“Não comprei ainda. Acho que vou levar um sapato, como ano passado. Ela nem fica mais surpresa, mas o que vale é a intenção. Não pode é chegar de mão vazia”, riu.

Entre os solteiros há também o costume de presentear a si mesmo. Prática feita muito mais por mulheres, ou são elas que assumem mais. “Vou me dar de presente”, respondeu o estudante Kevin Oliveira, 18 anos. Depois de ser assaltado, ele contou que aproveitou a data, como solteiro, para se comprar um tablet.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.