A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

18/01/2015 07:32

Para bancar hobby, rapaz vende réplicas de carros antigos em miniaturas

Aline Araújo
Paixão virou maneira de sustentar hobby.  (Foto: Arquivo Pessoal)Paixão virou maneira de sustentar hobby. (Foto: Arquivo Pessoal)

A paixão por carros antigos virou negócio. Para garantir uma renda extra e a possibilidade de viajar, foi que nasceu, meio por acaso, a Minimania Miniaturas, empresa especializada em miniaturas de colecionadores. São carrinhos, motos, aviões e chaveiros.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

Márcio Aguita Borges, de 34 anos, trabalha no financeiro de uma empresa de Campo Grande, além de ser apaixonado por miniatura desde os 14 anos, quando começou a desmontar e montar carrinhos. O tempo passou e em 2001 ele conseguiu realizar o sonho de ter o primeiro carro antigo, um Fusca de 1961, que o levou a ser um dos pioneiros do clube do Fusca. 

Os carros são ricos em detalhes, do banco ao volante. (Foto: Arquivo Pessoal)Os carros são ricos em detalhes, do banco ao volante. (Foto: Arquivo Pessoal)

Desde então ele também passou a colecionar réplicas de carros antigos. A coleção chegou a 200 carrinhos, da escala 1:18. A convite de um amigo, Márcio foi expor no encontro de carros antigos da Base Aérea da Capital e ali veio a ideia de vender.

De início, ele separou 50% da coleção para venda e viu que a atividade valia à pena. O próximo passo foi de entrar em contato com fornecedores e assim, Márcio encontrou na venda dos itens colecionáveis uma forma de custear as viagens para os encontros de carro que tanto gosta de ir.

Depois de transformar o hobby em negócio, ele viaja para até 25 encontros de carros antigos por ano. Além das miniaturas prontas, Márcio também personaliza e faz os carros ficarem iguais aos do dono. Já teve até um exemplo de miniatura viajando para Holanda.

Fusca feito por encomenda e personalizado. (Foto: Arquivo Pessoal)Fusca feito por encomenda e personalizado. (Foto: Arquivo Pessoal)
A camionete também. (Foto: Arquivo Pessoal)A camionete também. (Foto: Arquivo Pessoal)

As viagens possibilitam a Márcio conhecer clientes e amigos, além de se dedicar a uma atividade que gosta. “Minha esposa que não gostou muito da história das viagens no começo, mas agora já me apoia, porque sabe que eu gosto”, comenta.

Entre os itens que vende hoje na feira ele tem peças que custam de R$ 5,00, no caso dos chaveiros, até carrinhos de R$ 150,00. Os personalizados são um pouco mais caros e dependem do que o cliente quer. O estoque tem miniatura de instrumentos musicais e plaquinhas também.

Marcio em uma das feiras que participa pelo País.  (Foto: Arquivo Pessoal)Marcio em uma das feiras que participa pelo País. (Foto: Arquivo Pessoal)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.