A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

05/06/2015 06:23

Primos transformam Instagram sobre camionetes em marca de roupas e acessórios

Aline Araújo
A paixão por carros virou renda do mês. (Foto: Reprodução Facebook)A paixão por carros virou renda do mês. (Foto: Reprodução Facebook)

Paixão é uma coisa difícil de explicar né? Tem gente que gosta de carros antigos, não perde um encontro, gente que gosta só de Fusca, que tem amor incondicional pela bicicleta, que gosta de carros de luxo, e tem também olhos que brilham ao ver uma camionete.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

O estudante de Arquitetura, e agora empresário, Guilherme Gomes, sempre foi assim. Na verdade, ele gosta dos carros luxuosos, diferentes e difíceis de encontrar pela rua. Sempre que sabia de um tipo assim em Campo Grande, ele ia lá, conversava com o dono, tirava uma foto...Foi quando resolveu criar um página no Facebook, a “CG exclusivos”, para compartilhar com quem dividia a mesma paixão pelos os “achados” da cidade.

São vendidos cerca de 700 bonés por mês. (Foto: Reprodução Facebook)São vendidos cerca de 700 bonés por mês. (Foto: Reprodução Facebook)

Mas com a família adorando o campo, o coração sempre bateu mais forte pelos utilitários, as camionetes. E não é qualquer camionete, ganhão destaques aquelas modificadas, de quem gosta mesmo de investir e deixar o veículo personalizado.

A grande sacada de Guilherme foi convidar o primo Matheus Maia Palhano, 20 anos, que cursa Engenharia Civil, mas sempre foi vidrado em tecnologia, para entrar no negócio. A principio, trabalhar com mídia social para quem também gosta de veículos, sem muita pretensão, mas como passatempo mesmo.

Assim nasceu a “BF///MS”, segundo eles, a primeira página destinada a quem gosta de camionetes por aqui. BF vem de Big Foot, as barras significam a marca dos pneus e o MS, claro, a origem da ideia, apesar de hoje atingir muito mais as pessoas de outros estados.

A proposta deu tão certo que os dois resolveram aproveitar o momento e transformar o hobby, que antes era feito do computador de casa, no tempo livre, em negócio. Hoje têm sede própria e oito funcionários.

Primeiro eles aproveitaram o sucesso da página para transformar a “BF///MS”, criada em maio de 2013, em marca. O primeiro produto foi os adesivos, depois vieram as camisetas, as camisas e a grande estrela da marca, os bonés. Por mês, são vendidos cerca de 700 deles.

No começo, todo o trabalho era feito pelos meninos. “A gente recebia os e-mails, respondia, mandava fazer, embrulhava, postava, tudo sozinho. Agora é mais tranquilo, fizemos parceria com outra marca, a do Jaum Jaum, somos quatro sócios. Hoje nosso trabalho é a empresa e temos mais de 240 mil seguidores. Tudo explodiu muito rápido e a gente conseguiu aproveitar”, conta Matheus.

Gusttavo Lima com o boné da marca. (Foto: Reprodução Facebook)Gusttavo Lima com o boné da marca. (Foto: Reprodução Facebook)

Hoje eles recebem mais de 200 fotos por dia, das pessoas que gostam da marca e querem aparecer no Instagram ou no Facebook.

Dois funcionários são responsáveis pela seleção das imagens, mas nada vai para o ar sem o aval de Guilherme. A brincadeira ficou tão séria, e ganhou tanta visibilidade, que entre os fãs da página estão cantores como Cezar Menotti e Fabiano, Gusttavo Lima e o Munhoz, da dupla com o Mariano.

Eles garantem que quem mandou as fotos foram os artistas mesmos, por gostarem dá página e o marketing espontâneo acabou sendo uma surpresa até para os primos, assim como o sucesso da página.

Guilherme enche a boca para falar do sócio, que sem ele nada disso seria possível e agradece muito por ter abraçado a ideia, que hoje gera renda aos dois. E o trabalho não para, além de ampliar os produtos da rede, os dois têm grandes ambições.

Eles gostam mesmo é dos carros modificados. (Foto: Reprodução Facebook)Eles gostam mesmo é dos carros modificados. (Foto: Reprodução Facebook)
Dos pequenos aos grandes. (Foto: Reprodução Facebook)Dos pequenos aos grandes. (Foto: Reprodução Facebook)

“Nossa meta é 1 milhão de seguidores quando completarmos 3 anos. É muito legal ganhar reconhecimento por algo que você realmente gosta de fazer e eu sei que só deu resultado porque eu e o Matheus somamos forças e descobrimos um jeito de fazer essa engrenagem dar certo”, comenta Guilherme.

Matheus também ama a profissão que acabou seguindo, por um golpe do acaso. Ele pretende terminar o curso de Engenharia, mas para presentear os país coma conquista do diploma, porque descobriu na empresa criada com o primo uma trabalho que lhe traz satisfação.

Os bonés custam R$ 79,00, as camisetas R$ 89,00 e as polos R$ 109,90. E você pode conhecer um pouco do trabalhos dos meninos na página da BF///MS no Facebook.

Primos transformam Instagram sobre camionetes em marca de roupas e acessórios



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.