A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/11/2015 12:12

Amigos organizam festival e trazem Tiago Iorc por uma cidade mais alternativa

Adriano Fernandes
Poesia não é para compreender, mas para incorporar. Entender é parede: procure ser árvore... As poesias de Manoel de Barros serviram de inspiração para a página Árvore-ser.(Foto:Marcos Ermínio)"Poesia não é para compreender, mas para incorporar. Entender é parede: procure ser árvore..." As poesias de Manoel de Barros serviram de inspiração para a página Árvore-ser.(Foto:Marcos Ermínio)

A admiração por Manoel de Barros uniu os estudantes Alysson Ladislau, Carol Oruê, Damares Costa e Silas Zózimo. Inspirados em um dos poemas dele, criaram a página de divulgação cultural Árvore-Ser, no Facebook. Depois veio o produtor Cauê Gutierrez Camargo, que há um ano montou o Estúdio Manhattan, por onde já passaram artistas como Marina Peralta, Gustavo Vargas e agora ousa, trazendo o cantor Tiago Iorc, na próxima sexta-feira. 

Veja Mais
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana
Ex-jogador de futebol abre diversão diferente: o jogo de sinuca com os pés

Todos estão na faixa dos 21 aos 26 anos e em comum, além da juventude, também militam por uma Campo Grande cada vez mais alternativa, quando o assunto é vida cultural.

No próximo dia 5 de dezembro, eles fazem o “I Festival Árvore-Ser Cultural” e pretendem reunir as mais diversas manifestações artísticas da música, literatura e artes plásticas. O evento será nos fundos de um casarão na Vila Alba.

Na música, artistas como Ju Souc e Do Valle, já confirmaram presença. Haverá também declamação de poesias, exposição de fotografias, desenhos, literatura e discotecagem. Mais informações pela página do Árvore-ser ou no evento, pelo link.

A ideia é arrecadar dinheiro para a criação do site do coletivo “Árvore-Ser”, que há pouco mais de um ano divulga no Facebook temas como literatura, música, dança, cinema e teatro. A proposta da página e do site é tornar acessível toda a produção artística que enriquece o Estado, mas ao mesmo tempo não é de conhecimento do grande público.

Alysson, criou ao lado de mais três amigos a página de divulgação cultural Árvore ser. (Foto:Marcos Ermínio)Alysson, criou ao lado de mais três amigos a página de divulgação cultural Árvore ser. (Foto:Marcos Ermínio)

“Sempre sentíamos falta de bons eventos culturais na cidade, até percebermos que na verdade, o que faltava era maior divulgação. Espaços sejam na mídia, quantos em órgãos de cultura, preocupados em dar vazão aos eventos de qualidade. Mas que ninguém ouvia falar”, explica Alysson.

Para Cauê, o cenário alternativo da cidade não só tem valor, como também tem um público que carece de novidades. “A cultura do sertanejo é muito forte no Estado e por isso nunca houve um foco na divulgação do cenário alternativo. Mas Campo Grande tem esse outro lado cultural e é isso que queremos mostrar”, afirmou.

O Estúdio Manhattan, funciona também como produtora, com seis salas de captação, mixagem e edição de som, além de ter também um bar e espaço para a realização de eventos.

Amanhã será um grande dia para ele, com o show da turnê Troco Likes, de Tiago Iorc. Trazer o grupo Cinco a Seco também é um projeto para o futuro.

A apresentação de Tiago Iorc será no Teatro Dom Bosco, às 21h. Os ingressos custam R$ 100,00 (inteira) e são vendidos no Estudio Manhattan (Rua Silveira Martins 1281, Vila Alba) ou na Loja Cavalera (Rua Antonio Maria Coelho,3497)

Curta a página do Lado B no Facebook. 




Vocês são demais! Estão trazendo Tiago Iorc e vendo a possibilidade de trazer Cinco a Seco. Campo Grande, definitivamente, está precisando de pessoas assim. Podem contar com minha presença em todos os eventos!
 
Lais em 12/11/2015 13:12:21
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.