A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

16/06/2014 13:31

Bar abre em dia de jogo com “prato feito” português e Vinho do Porto

Ângela Kempfer e Anny Malagolini
Bar abre em dia de jogo com “prato feito” português e Vinho do Porto
Bar fica na Marques de Lavradio. (Fotos: Marcelo Victor)Bar fica na Marques de Lavradio. (Fotos: Marcelo Victor)

Normalmente, o bar na rua Marques de Lavradio só abre à noite. Mas hoje, como a seleção portuguesa entrou em campo, o “Nova Lisboa” serviu um "prato feito" especial na hora do almoço.

Veja Mais
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje

A porção é generosa e sofisticada: Bacalhau a Gomes de Sá, com arroz e salada, por R$ 17,00. Para acompanhar, cálice de Vinho do Porto, por R$ 6,00. Ainda há como opção o tradicional Caldo Verde, por R$ 8,00, e o Bolinho de Bacalhau, por R$ 2,00 a unidade.

Será assim até a vitória ou a desclassificação de Portugal na Copa do Mundo. Hoje, na estreia contra a Alemanha, o placar não foi nada bom, a torcida sofreu com goleada de 4 a 0 e até expulsão no time.

 Carlos Saraiva, 43 anos, está no Brasil há um ano (Foto: Marcelo Victor) Carlos Saraiva, 43 anos, está no Brasil há um ano (Foto: Marcelo Victor)

Mesmo assim, o dia serviu para reunir os portugueses que hoje vivem em Campo Grande. Emanuel Júlio Graça, de 46 anos, abriu o Nova Lisboa em 2011, mas há 24 anos vive no Brasil. Esperava uma vitória, claro, mas vai continuar preparando pratos tradicionais de Portugal otimista com uma virada ao longo do mundial.

O garçom Ricardo da Silva, 28 anos, chegou há menos tempo, está no Brasil desde 2012. Talvez por isso a tristeza diante do placar seja maior. “O time está muito ruim, mas a gente ainda mantém a esperança. Sei que não vai ganhar a Copa, mas deveria jogar melhor”, reclama.

Marcos Rodrigues, 45 anos, é brasileiro, mesmo assim pediu autorização ao chefe para ficar fora do serviço por duas horas, para ver o desempenho da seleção portuguesa. “Morei por 12 anos em Portugal. Coração é brasileiro, mas hoje é um pouco português também”, explica.

Emanuel Julio Graça, de 46 anos, abriu o Nova Lisboa em 2011. (Foto: Marcelo Victor)Emanuel Julio Graça, de 46 anos, abriu o Nova Lisboa em 2011. (Foto: Marcelo Victor)

Mãe e filha também apareceram no Nova Lisboa para acompanhar Cristiano Ronaldo e Cia. Maria Elisia Agnel e a estudante Anay Agnel moram perto do bar, têm parentes em Portugal e arriscam um comentário sobre a péssima estreia frente a Alemanha. “Gostamos muito de futebol, entendemos. A equipe está desanimada”, diz Anay.

Marido de brasileira, o vendedor Carlos Saraiva, 43 anos, está no Brasil há um ano e é muito mais categórico na avaliação. “Desgraça de time”. Mas continua otimista. “Dá para recuperar nos próximo dois jogos”.

Hoje a hora do almoço foi muito mais que um reforço à torcida. “Essa comida faz eu me se sentir em casa”.

O bar Nova Lisboa fica na Rua Marquês de Lavradio, 307, bairro Tiradentes.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.