A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

03/03/2014 06:46

Bar cria noite para universitários assumirem o palco com trabalho autoral

Anny Malagolini
Jaqueline foi a única de quarta passada a se apresentar com a banda Jaqueline foi a única de quarta passada a se apresentar com a banda

Desde que o bar “Rockers” foi aberto, por Diogo Manciba, ele viu na proximidade com a UFMS um público certo de universitários. Agora, é local também para mostrar a qualidade musical de quem ainda está na faculdade. Com letras que falam sobre a vida acadêmica, protestos, amor e boêmia, enfim, as noites de quarta são para quem vive no meio acadêmico.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

A ideia era criar um ambiente para a música autoral e nas noites de quarta-feira, geralmente, três atrações são escolhidas para tocar no bar. Não há uma regra para participação só de acadêmicos, mas a maioria é de universitários. “É um ponto de encontro”, define.

Estudantes até 1 hora da manhã não pagam, comprovando na entrada com carteira da universidade ou da biblioteca. Depois deste horário, é cobrado R$ 10,00.

Para os músicos, o lugar se tornou um dos primeiros divulgadores de quem quer seguir a carreira musical. A ideia não é ganhar dinheiro e sim divulgar as composições. Por ser no meio da semana, a quarta-feira não é um dos dias mais rentáveis e o cachê é divido entre os músicos, de acordo com a portaria do bar.

Marina Peralta, de 21 anos, é acadêmica do 6º semestre de Psicologia e começou a se apresentar no bar no ano passado. Sob influências do samba, reggae e rap, a cantora afirma: “Rockers é referência para quem está começando. Não tem mais o clima universitário, já superou isso”, avalia.

Amigo de várias bandas, Diego explica que viu a necessidade de um local onde os músicos pudessem expor suas composições, com o clima despojado. Para ele, a aceitação da música autoral e a pouca experiência dos artistas, não é coisa fácil, mas ele acredita que a ideia deu certo pela saturação da música local. “Todo mundo está saturado da mesmice”.

Jaqueline Costa, de 23 anos, é estudante de Direito, da Uniderp. Ela conta que já se acostumou a se apresentar em restaurantes e lanchonetes, com um repertório tomado por músicas “alheias”. Recentemente, Jaqueline foi convidada a apresentar no bar as músicas que ela escreve desde os 15 anos e, enfim, viraram a grande atração da noite. “O pessoal sabe da importância da arte e o intuito é divulgar”.

Dentro da cena, os músicos ganharam público, o que foi essencial para a carreira da cantora Lilian Maira, de 22 anos. Lilian participou da seleção do The Voice Brasil. O vídeo encaminhado por ela foi escolhido para o programa e a jovem passou para a etapa seguinte, na cidade do Rio de Janeiro. Ela conta que sem dinheiro para bancar a viagem e hospedagem, os fãs a ajudaram a recolher dinheiro para a audição.

A estudante de Economia, Inês Silva, de 23 anos, é frequentadora do bar, antes mesmo de começar a faculdade. “Sempre foi um ponto de encontro universitário, tudo inovador, ideias que fogem do que o campo-grandense estava acostumado”, conta, a estudante, que até sabe algumas letras “de cor”.

O Rockers fica na avenida Manoel da Costa Lima, 34, e funciona de quarta-feira a sábado, a partir das 22 horas.

 

 

Apesar de não ser universitária, Lilian Maíra se apresenta todas as quartas. Apesar de não ser universitária, Lilian Maíra se apresenta todas as quartas.
Os shows começam às 22 horas. Os shows começam às 22 horas.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.